Author

Tiom

Browsing

O desafio de Guilherme Neder em dar vida ao personagem de Tyrone Power (fotos marquito oliveira)

Um dos clássicos do diretor Billy Wilder, “Testemunha de Acusação” (1957) embarca no projeto “O Fotograma Revisitado”, que traz nossa assinatura. O filme inspirado numa das mais famosas peças teatrais da escritora Agatha Christie trazia no elenco Tyrone Power e uma Marlene Dietrich no auge de sua maturidade. Considerado um dos melhores filmes judiciários de todos os tempos agora ganha uma revisão com a colaboração do scouter e fotógrafo Marquito de Oliveira que traz o esportista e modelo Guilherme Neder no papel de Power. Já o grande desafio é ainda definir quem vai viver La Dietrich. O famoso vestido preto que a atriz usou deverá ser redesenhado pela renomada estilista Oracy Munhoz da Rocha Lacerda. O make up será produzido pelo mestre Viktor I da Vimax Art Hair Beauty. A produção será supervisionada pela ZOLI Eventos exclusivos.

Revisitando um clássico poderoso do suspense do mestre alemão Billy Wilder

 

foto joel rocha
A POLACA
O Festival Cine Tornado 2020, em parceria com o Spcine Play, está apresentando uma mostra com cinco documentários do cineasta Fernando Severo, três deles em co-direção com outros realizadores. Os filmes ficam em cartaz até o dia 17/12, com acesso gratuito na plataforma Looke através do link:
 
https://www.looke.com.br/movies/dist/spcine/cine-tornado-convidados 
 
Fernando Severo é realizador de mais de quarenta filmes como diretor, roteirista e montador, que receberam dezenas de prêmios em festivais nacionais e internacionais. Foi diretor do Museu da Imagem e do Som do Paraná de 2011 a 2016.  É doutorando e pesquisador em cinema, com diversas publicações e participações em eventos nacionais e internacionais nas áreas de audiovisual e comunicações. Dedica-se também a atividades didáticas,  exercidas nas últimas décadas em instituições como a Universidade Estadual do Paraná, PUCPR, Universidade Positivo, Universidade Tuiuti e Centro Europeu.  
 
Filmes da mostra:
 
A Polaca (2013, 70 min.)
Uma original história de amor está por trás do quadro “A Polaca”, considerado pela crítica o melhor retrato brasileiro pintado na década de 1930. O filme entrelaça a história de seu autor, Guido Viaro, pintor italiano radicado em Curitiba e de sua musa de origem polonesa, Hedwiges Mizerkowski.
 
Festa de Separação (co-direção de Evaldo Mocarzel) (2012, 25 min.)
O filme registra e expande o documentário cênico “Festa de Separação”, concebido e encenado pela atriz Janaina Leite o músico Fepa, discutindo os meandros de sua relação amorosa e o processo de separação do casal.
 
Helmuth Wagner – Alma da Imagem (co-direção de Ingrid Wagner) (2009, 50 min.)
Radicado em Curitiba desde a infância, o fotógrafo catarinense Helmuth Wagner (1924-1988) deixou um extraordinário legado fotográfico sobre a natureza, a cultura e o povo do Paraná. Unindo perfeição e inovação técnica a um grande domínio da expressão artística, suas fotos influenciaram várias gerações de fotógrafos e lhe valeram inúmeras premiações nacionais e internacionais.
 
O Significador de Insignificâncias (co-direção de Diego Lopes) (2014, 15 min.)
O multi-artista Hélio Leites une artes plásticas, poesia e performance para criar ações minimalistas de intervenção urbana. Chamado pelo poeta Paulo Leminski de “significador de insignificâncias”, recicla materiais destinados ao lixo e constrói com eles um universo próprio repleto de novos significados.
 
Xetá (2010, 20 min.)
Durante o desordenado processo de colonização do noroeste do Paraná, nos anos 40 e 50, foi avistada uma população indígena que até então havia tido pouquíssimo contato com o homem branco. Em pouco tempo o povo Xetá foi expulso de suas terras e disperso para outros locais. A quase extinção dos Xetá acabou contribuindo para provocar um desastre ecológico irreversível na região.

Hoje é dia de Rock ! Hoje é dia de Feijoada do Detroit Pub .Que tal desfrutar de um almoço diferente neste SÁBADO (12/12) Aqui no DETROIT teremos mais uma vez a FEIJO🤘ROCK! Venha curtir esse prato delicioso da culinária brasileira com a gente, você não vai se arrepender! 👊

❗ Lugares limitados! Reserve pelo Whats: 41 98840-5704
🍸 1 CAIPIRINHA cortesia na compra da feijoada
☑ R$ 29,90 p/ pessoa

Conforme decreto da PMC, estaremos abertos com limite de pessoas e todos os cuidados recomendados para combater o Covid-19. Venha com sua máscara!

 Av. Presidente Arthur da Silva Bernardes, 816 – Portão, Curitiba – PR, 80320-300

Uma das mais respeitadas produtoras de eventos, Ilse Lambach está celebrando 20 anos de atuação na área. E para marcar  essa data traz ao público uma exclusiva coleção de taças de cristal gravadas a mão, inspiradas na natureza, no vôo dos pássaros que nos fazem contemplar a vida do alto de sua beleza. Todo o lucro com a venda será revertida em prol do Museu Oscar Niemeyer. Uma coleção exclusiva e limitada

Bergerson Presentes

Loja: Al. Presidente Taunay, 45 – Batel

Site: www.bergersonpresentes.com.br

WhatApp: (41) 9 99 29 97 14

https://www.instagram.com/tv/CIlP6TLBNae/?igshid=4kjhab26v8pb

 

 O Natal está chegando e queremos presentear quem amamos. Novidade do Bolos do Padre Sabor&Afeto é OUROTONE: Massa de panetone com bombons ouro branco , recheado com chocotone preto. Cobertura de chocolate Branco e bombons. Uma doce lembrança para vc ou quem vc deseja um Natal mais afetuoso. Peso de 1kg no valor de R$55,00. Encomendas com 2 dias de antecedência. Reservas pelo ZAP 41 9290-2105

Com o propósito de incentivar o uso de recursos tecnológicos do cotidiano para produção de curtas-metragens, o
concurso “CELULAPA – Prêmio FAEL de Curta no Celular”, vem anualmente estimulando jovens e adultos a produzirem seus conteúdos.
Através do próprio aparelho celular, é possível criar um obra que posteriormente pode ser enviada ao Festival de Cinema da Lapa.
O vídeo que deve ter curta duração, necessita ser inédito e atender a alguns requisitos.
Neste ano especificamente, o concurso que premiou 3 obras, teve sua hospedagem de gravação no aplicativo TikTok, elemento que possibilitou a ampla participação de pessoas, dada a popularidade do aplicativo.

A organização do concurso é feita exclusivamente pela FAEL, patrocinadora do concurso, que possibilita a cada ano novas experiências para as pessoas, unindo criatividade e tecnologia.

“Para nós que somos uma faculdade, cultura e educação andam juntas, faz parte da nossa atividade trabalhar com extensão e assim chegar mais perto da comunidade, por esse motivo patrocinamos o CELULAPA”, destaca Luiz Carlos Borges da Silveira Filho, Diretor Executivo da FAEL. (FOTO)

Os vídeos premiados desse ano são:

1° lugar “Qual o seu segredo”, de Silvia Regina de Haro Figueiredo.
(R$3.000,00)

2° lugar “Beijo Roubado”, de Luciana Scholz.(R$2.000,00)

3° lugar “Natal na Pandemia”, de Ana Karla dos Santos Hymowski.
(R$1.000,00)

Para o ano que vem, a próxima edição do CELULAPA já está confirmada.
Ainda em seu discurso, Luiz Filho ressaltou que em 2021 a Faculdade FAEL novamente patrocinará o concurso.

 

 

 

Depois de estrelar seu maior sucesso de público, “Imitação da Vida” (1959), a atriz Lana Turner continuava em forma. Em 1965 quando os ventos de mudança agitavam Hollywood ela foi convidada pelo diretor Alexander Singer, para o papel principal de “O Amor Tem Muitas Faces”. Rodado em cenários paradisíacos de Acapulco no México, o filme era um misto de drama e policial e Lana mostrava vigor usando figurinos da premiada Edith Head.

 

A nossa eterna Miss Mônica Gulin dá uma repaginada na personagem no ensaio fotográfico que faz parte do projeto “O Fotograma Revisitado” que traz nossa assinatura. Os primeiros ensaios aconteceram no tradicional Clube Curitibano – Sede Concórdia, na lente do fotógrafo Matheus de La Palm. Mônica em total forma física graças a sua atuação como esportista, dá o toque de glamour nos cenários vintage do Clube.

Ao seu lado destilando charme posa o engenheiro Marcos Jacques fazendo sua estréia no universo do cinema.

John Garfield e Lana Turner

O caudaloso romance “The Postman Always Rings Twice” (1934) de James Cain teve várias versões para o cinema. A mais aplaudida é a versão de 1946, dirigida por Tay Garnet e trazia no elenco John Garfield e Lana Turner. Uma história de traição, ganância e crime e considerada uma das 100 melhores histórias pela Modern Library’s. Um clássico do cinema “Noir” agora entra para o projeto “O Fotograma Revisitado 2021”, que traz nossa assinatura. Para viver o papel de Garfield  foi selecionado o modelo e  estudante de Teatro na PUC (Grupo de teatro Tanahora, dirigido por Chico Nogueira)  Vinicius Coutinho enquanto o papel de Turner está indefinido ainda. A produção será da ZOLI Eventos Exclusivos. O ensaio fotográfico está previsto para o primeiro semestre de 2021.

Vinicius Coutinho vai dar vida ao “angry man” John Garfield

fotos matheus de la palm

A Superintendente de Cultura no Pr, Luciana Casagrande Pereira, Fernando Severo curador do Festival e Maria Inês Borges da Silveira, Coordenadora Geral do Festival de Cinema da Lapa

 

A noite de abertura do 13° Festival de Cinema da Lapa, já pôde apontar o acerto da equipe com a escolha pelo drive-in.

Com foco na segurança de todos os participantes, a celebração da sétima arte neste atípico 2020, constrói um importante marco para o Município da Lapa.O evento se torna o primeiro festival paranaense a aderir o formato drive-in em sua realização.Além disso, registra-se como pioneiro em drive-in na Lapa.

“São 13 edições de um evento que coloca a Lapa em posição importante dentro do audiovisual feito no Paraná”, destacou a Superintendente de Cultura do Paraná – Luciana Casagrande Pereira, durante o discurso de abertura.

Ainda marcada por muitas emoções, a noite de quinta-feira, 03 de Dezembro, possibilitou que parte dos participantes pudessem assistir a um filme pela primeira vez dentro da comodidade do próprio carro.
O longa-metragem exibido ontem, “Três Verões”, teve grande adesão da população, que com seus veículos movimentou o campo da Associação Recreativa da JBS.

“A persistência da Maria Inês Borges da Silveira, Coordenadora Geral do Festival de Cinema da Lapa, e sua equipe, fez com que o evento permanecesse”.
Destacou o Prefeito da Lapa – Paulo Furiati.

O evento acontece de 03 a 09 de Dezembro, sendo possível assistir no drive-in (Associação Recreativa da JBS) até dia 06, e a outra parte da programação – online no site do Cine Passeio:
www.cinepasseio.org

O Festival é promovido pelo Ministério do Turismo, Instituto Histórico e Cultural da Lapa, Instituto Borges da Silveira, e conta com o patrocínio da Caminhos do Paraná, Governo do Estado, Copel, BRDE.
Apoio master:
Faculdade Fael, Fecomércio – SESC, Prefeitura Municipal da Lapa.
A produção do festival é feita pela A Labirinto, Duplo Produções, e Santa Bárbara.
A curadoria é do cineasta Fernando Severo.

Silio Kaviski em “Cenas de um Sonho Selvagem ” (1991)

De 03 a 09 de dezembro dentro da programação da 13a edição do Festival de Cinema da Lapa PR acontece no site do festival a “Mostra Resgate –  A desilusão em VHS – O Cinema Experimental de Tiomkim”. São os primeiros exercícios audiovisuais do produtor Tiomkim produzidos entre 1989 e 1991. Eles estão praticamente inéditos há mais de 30 anos e apesar de terem recebidos prêmios em festivais em SP, Vitória e Curitiba foram muito pouco vistos e incompreendidos em sua época. Tiomkim é um dos pioneiros da video-arte no PR e fazia parte do grupo de cineastas que começaram a produzir videos na bitola VHS no final dos anos 80. Entre eles, Fernando Severo ( o pai da video arte no PR), Beto Carminatti, Paulo Munhoz, Estevan Silvera, Fernanda Morini, Carlos Henrique Tullio, Irmãos Schumann, dentre outros.

“Cinemascorpos” (1989), “Imagens em Fuga ” (1990) e “Cenas de um Sonho Selvagem” (1991), são os três curtas que foram recuperados e digitalizados pelo fotógrafo Matheus de La Palm. Foram reeditados com a inclusão de uma nova trilha sonora. Em seus exercícios audiovisuais Tiomkim se inspira nos mestres do cinema underground como Kenneth Anger, Maya Deren, Jonas Mekas, Stan Brakhage, entre outros. As imagens recheadas de erotismo e transgressão trazem rápidas participações de nomes da cultura paranaense como : Edilson Viriato, Silvio Kaviski, Claudia Singer, Eliane Karas, irmãos Schmann, Valéria Geronasso, Danubia Montealegre, Adriana Tabalipa, entre outros.

13a edição do Festival de Cinema da Lapa (PR)

Mostra Resgate – O Cinema Experimental de Tiomkim

No site do Festival – https://www.festivalcinemalapa.com.br/

De 03 a 09 de dezembro

Classificação Indicativa – 16 anos

Eliane Karas em “Cinemascorpos” (1989)

My Pet Care começa a operar em novembro com plano único de R$64,90 mês e inclui vacinas anuais, vermífugos, consultas ilimitadas e atendimento a urgências e emergências em casa

Não é exagero afirmar que nos últimos anos os pets passaram a fazer parte da família do brasileiro. Para se ter uma ideia, em 2018 foram contabilizados no país 54,2 milhões de cães e 23,9 milhões de gatos, de acordo com números levantados pelo IBGE e atualizados pela inteligência comercial do Instituto Pet Brasil.

Este cenário colocou bichanos e peludinhos como foco de atenção de muitos tutores (antigamente chamados de donos), ainda mais entusiasmados para darem mais qualidade de vida aos bichinhos. Dessa maneira, os serviços do segmento pet passaram por um grande incremento, especialmente na atenção à saúde do animal, área em que se vê médicos veterinários e prestação de serviços cada vez mais especializados.

A partir de novembro, Curitiba recebe o primeiro plano de cuidado veterinário domiciliar do Brasil. O My Pet Care é uma inovação no setor, com plano único de R$64,90, que inclui urgências e emergências 24h, e também todo o tipo de atendimento que possa ser realizado na casa do tutor, como consultas, vacinas e exames, nos 365 dias do ano.  A partir do segundo pet, o plano oferece desconto de 30%.

O aspecto econômico teve especial atenção no desenvolvimento do modelo de negócio, que visa trazer mais comodidade às pessoas. O cliente pode chamar quantas vezes precisar, sem limite para atendimentos. Tudo isso com valor mensal menor que uma consulta simples. “O My Pet Care nasceu de pessoas que possuem e amam animais de estimação. Somos a união de grandes especialistas em medicina veterinária com profissionais muito bons em gestão empresarial, com objetivo de oferecer um atendimento completo com foco na saúde geral do animal”, sentencia o diretor geral do My Pet Care, Bruno Mello Ferreira.

Para os cães, o plano inclui as vacinas polivalente, antirrábica, de prevenção contra traqueobronquite infecciosa canina e vacina para prevenção da giardíase. Para os gatos, são duas vacinas anuais: quádrupla felina e antirrábica. Para as duas espécies, acontece ainda a administração de anti parasitário oral, semestralmente.  Além disso, a implantação do microchip também faz parte do plano – o que garante maior tranquilidade segurança para os pets e seus tutores.

O My Pet Care conta com veterinários especialistas em diversas áreas e capacitados para realizar procedimentos na própria casa do cliente. Ainda, uma UTI móvel com estrutura completa estará pronta para atender casos, do mais simples ao mais complexo.

Daniel Cooper, um dos médicos veterinários à frente do projeto, esclarece que quando necessário, o plano faz também o encaminhamento do animal para um hospital conveniado. “O atendimento em casa garante mais tranquilidade e conforto não somente para o tutor, mas para o pet em si. O ambiente de um consultório veterinário pode ser muito estressante para o animal, por isso, atender no domicílio pode resultar até em uma consulta mais efetiva em muitos casos”, esclarece ele. Em um primeiro momento, os encaminhamentos serão feitos para o Hospital Veterinário Batel, porém outros parceiros estão em fase de credenciamento, com expectativa de fechar o primeiro ano com 10 hospitais credenciados.

Serviço agrega conceitos de APH

O Atendimento Pré-Hospitalar (APH) corresponde a todo atendimento, seja de urgência, emergência ou simples consulta, que ocorre fora do ambiente hospitalar. Um tipo de atendimento muito difundido na saúde humana (exs.: empresas de socorro médico e Samu). “Agora, o princípio de estar presente com qualidade quando o paciente mais precisa será aplicado aos pets. Ou seja, oferecer toda a demanda de atendimento médico veterinário que o animal de estimação precisa e que pode ser feito no conforto e comodidade das residências, o que corresponde à grande maioria das demandas de saúde dos pets”, esclarece Bruno, que presta consultoria de planejamento e gestão para empresas de APH em todo o país.

Como funciona

O funcionamento do plano My Pet Care é simples. Equipes de atendentes e médicos veterinários estão de plantão 24h por dia. O cliente chama sempre que precisar, sem limite de chamados, pagando apenas a mensalidade.

Primeiro, o plano é contratado pelo site ou por telefone. Depois que o pagamento é processado, é agendada a primeira consulta, quando o pet recebe os primeiros cuidados e os tutores todas as orientações. A partir daí, o cliente pode solicitar atendimento sempre que precisar por meio do telefone 4007-1309. Se o caso for urgência ou emergência, uma equipe vai na hora até o local. Se for uma consulta, o cliente agenda a melhor data e horário, e o atendimento será feito na residência.

O plano oferece ainda desconto em internações e procedimentos hospitalares nos principais hospitais veterinários credenciados de Curitiba; desconto em serviços e produtos de petshop; desconto em clínicas e laboratórios especializados, conteúdos de saúde e cuidados exclusivos e remoções e transportes, com agendamento.

Sobre o My Pet Care

O My Pet Care é o primeiro plano de cuidado veterinário domiciliar do Brasil, sediado em Curitiba. Com mensalidade fixa, além de urgências e emergências 24h, 365 dias do ano, o plano cobre todo tipo de atendimento que possa ser realizado na casa do tutor, como consultas, vacinas anuais, colocação de microchip e exames. Com a atuação de veterinários especializados e capacitados para realizar procedimentos em domicílio, o My Pet Care conta com UTI móvel pronta para atender casos, do mais simples ao mais complexos.

O programa “Cinemaskope, A Maravilhosa Música do Cinema” que vai ao ar neste domingo (29) às 22 horas pela Paraná Educativa FM 97.1 traz a trilha sonora o drama de Elia Kazan, “Boneca de Carne (Baby Doll) (1956), um triunfo na carreira da atriz Carroll Baker com roteiro de Tennessee Williams. A música foi composta pelo jazzista Kenyon Hopkins. Uma homenagem a performer, youtuber, produtora musical Bibi Baby Doll. No momento ela faz parte do elenco do curta de sci fi “Cronômetro” produzido por alunos do Curso de Cinema do Centro Europeu. Confiram também a crônica cinematográfica de Ricardo Klass que vai falar sobre a cantora ativista Nina Simone.

Serviço:

Cinemaskope, a Maravilhosa Música de Cinema

Trilha sonora do drama “Boneca de Carne”, com músicas criadas por Kenyon Hopkins

Paraná Educativa FM 97.1

Dia 29/11/220  –  22 horas

Produção: Tiomkim

Colaboração: Ricardo Klass

Edição: Joaci Santos

Apoio cultural:  ZOLI Eventos Exclusivos

Em 2057 a população mundial chega a 12 bilhões de habitantes. Para resolver uma crise de recursos sem precedentes é criado O Cronômetro, um sistema que regula o tempo de vida de cada indivíduo através de um esquema de seleção implacável.

Com esse enredo de ficção científica, um dos gêneros mais amados pelo público, os alunos do Curso de Cinema Centro Europeu estão desenvolvendo um dos raros filmes de ficção científica feitos no Paraná. O trabalho é resultado do método de ensino do curso, que dá grande destaque para a realização prática. Estudando disciplinas relacionadas a todas as áreas da criação audiovisual os alunos desenvolvem diversos projetos, orientados em sala de aula e nos sets de filmagem por profissionais de sucesso em suas áreas.

Da esquerda para a direita Antonio Pereira( diretor), Vinicius Coutinho( ator), Jess Souza( atriz), Luigi Nones, (diretor) e Rafa Muniz,( roteirista).

O roteiro de “Cronômetro” foi escrito por Rafa Muniz e a direção está a cargo de Luigi Nones e Antonio Pereira. Um dos destaques do elenco é o ator Vinicius Coutinho, do grupo de teatro Tanahora, da PUCPR, um dos mais tradicionais do estado que tem a coordenação do diretor de teatro e ator Chico Nogueira.

Para criar uma atmosfera futurista cyberpunk foram criados cenários especiais pelo artista plástico Luiz Gustavo Moreira, computação gráfica a cargo da designer Bruna Faccin e aplicadas técnicas de holografia.

A transgressora e performática Bibi Baby Doll

 

CRONÔMETRO – FICHA TÉCNICA

Roteiro: Rafa Muniz

Elenco: Vinicius Coutinho, Jess Souza, Lamis Taouil Bedewi

Direção: Luigi Nones e Antonio Pereira

Assistente de direção: Rafa Muniz

Produção Executiva: Duda Miler

Direção de Produção: Leandro Cavassin Neto

Assistente de produção: Layne Barbosa

Direção de Fotografia: Aléxia Sts

Operação de câmera: Lucca Vianna

Assistente de Câmera: Beca Blanda

Operação de som: Luciano Paquet

Direção de arte: Anna Coelho

Edição: Luigi Nones

Edição de som: Thomas Bandres

Platô: Micael Giovanny

“E Afrodite desce do Monte Olimpo para vir à Terra julgar os mortais”

 

Quase duas décadas depois a atleta e ex-Miss Mônica Gulin retorna a Foz onde em 1993 foi coroada Miss Paraná, representando Curitiba. Desta vez ela volta a convite do produtor Danilo D’Avila para fazer parte da comissão de jurados do Miss Paraná 2020 que acontece no dia 24 no Cataratas Thermas Resort & Convention. Ensaio fotográfico produzido na sede Concórdia do Clube Curitibano na lente de Matheus de La Palm para o projeto “O Fotograma Revisitado”, de Tiomkim.

Estão iniciando os testes para o projeto fotográfico/livro “O Fotograma Revisitado 2021” de nossa autoria. Na lente primorosa  de Matheus de La Palm, o ator e modelo Marinho Valente revive George Peppard e a modelo Julia Dallabona vive Carroll Baker. Cena extraída de “Os Insaciáveis ” (1964), de Edward Dmytryk. Para dar mais charme a cena foram utilizados figurinos do Museu da Moda Ney Souza. A cena será finalizada com a supervisão da jornalista Camila Gino, que vai incluir um cenário criado por arquiteto de renome de Curitiba. A produção final será da ZOLI Eventos Exclusivos.

 

A Mostra faz parte da programação da 13a edição do Festival da Lapa.  Os curtas foram produzidos há 30 anos atrás e revelados pela primeira vez em formato digital.

Mostra de curtas-metragens premiados realizados pelo diretor e produtor audiovisual Tiomkim, um dos pioneiros nas áreas do cinema experimental e da vídeoarte no Paraná. Vão ser exibidos pela primeira vez em quase três décadas trabalhos do inicio de sua carreira, produzidos na bitola VHS e restaurados em formato digital. A mostra faz parte da 13a. Edição do Festival da Lapa que acontece de 03 a 06 de dezembro de 2020 na cidade da Lapa PR.

Serviço:

Mostra Resgate de Tiomkim

13a Festival da Lapa

De 03 a 09 de dezembro

Local: Cine Passeio

www.cinepasseio.org

 

Eliane Karas em “Cinemascorpos”

Programação:

“A DESILUSÃO EM VHS – O CINEMA EXPERIMENTAL DE TIOMKIM”
Produção e direção: Tiomkim
Restauração digital: Matheus de La Palm.
Classificação indicativa: 14 anos

1. CINEMASCORPOS (1989) (12’min)

Performances com atores e não atores em espaços alternativos de Curitiba. Co-direção de Antonio D’Alves. Com Claudia Singer, Sonia Chagas, Robert Ianke, Luiz Augusto Loureiro, Pierre Cabral, Fabio Guimarães , Eliane Karas, Tatiana Rodrigues e Gesner Oliveira.

* Menção Honrosa no Festival VideoBrasil (1989/SP)

2. IMAGENS EM FUGA (1990) (14’ min)

Colagem de imagens produzidas em VHS e inspiradas pelos filmes de Jonas Mekas.

 

Silvio Kaviski em “Cenas de um Sonho Selvagem”

3. CENAS DE UM SONHO SELVAGEM (1991) (3’ min)

Homenagem ao cineasta Kenneth Anger.
Com Silvio Kaviski.

Prêmio de Melhor Edição no Festival de Video de Vitória (ES) (1991).
Prêmio de Melhor Videoarte no Salão Curitiba VII (1991).

Sobre a Mostra nas palavras de Tiomkim:

Com o surgimento do video doméstico VHS nos anos 80 começei a produzir exercícios audiovisuais com uma câmera VHS emprestada do jornalista Aramis Millarch. Ainda era um equipamento super caro, mas resolvia. Enquanto produzir em película também era caro, o vídeo apesar da qualidade inferior de imagem, dava para se criar alguns trabalhos experimentais. Eu seguia os passos de meus idolos do cinema experimental, como Maya Deren, Norman Mc Laren, Kenneth Anger e Jonas Mekas. E eu ainda tinha um manual que me acompanhava que era o livro “Uma Introdução ao Cinema Underground”, de Sheldon Renan. Meu maior prazer era sair nas ruas de Curitiba e convencer os amigos (atores e não atores) a posarem para a câmera VHS. Personalidades do meio cultural chegaram a participar dos exercícios audiovisuais como Regina Vogue, Mozart Machado, Claudia Singer, Claudia da Natividade, Edilson Viriato, Eliane Karas, Rita Pavão, entre outras.

A curitibana Juno acaba de abrir um processo seletivo para a contratações de desenvolvedores front e backend

 

 A partir de segunda-feira, dia 16 de novembro, o Pix está chegando para tornar as transações financeiras mais práticas e ágeis. Criado pelo Banco Central, o sistema de pagamentos instantâneos será uma opção junto com TED, DOC e cartões crédito e de débito, permitindo que pessoas e empresas façam transferências e recebam pagamentos em até 10 segundos usando aplicativos de celular.

Essa nova modalidade de pagamento tem exigido muita dedicação das empresas dos setores financeiro e bancário e, por isso, a fintech Juno teve um grande aumento de demanda para seu time de Tecnologia da Informação no último trimestre. Diante desse grande desafio e urgência, a Juno acaba de abrir vagas para a contratação de desenvolvedores(as) de frontend e backend, que tem a maior parte desenvolvida em JAVA sendo consumido via plataforma web, app e API. Os interessados podem fazer o cadastro nas vagas da Juno disponíveis pela Gupy por meio do link: https://juno.gupy.io/.

A Juno, Instituição de Pagamentos autorizada pelo Banco Central (BC), tem como objetivo facilitar pagamentos, reduzir a burocracia e democratizar serviços financeiros. A empresa é uma solução completa para a emissão de cobranças e recebimento de pagamentos para MEIs, e-commerces, marketplaces, empresas de qualquer tamanho e, também, para pessoas físicas.

A Juno surgiu para desmistificar os serviços financeiros e não deixar que boas ideias sejam travadas pela papelada. Ou seja, visa fazer com que todo empreendedor possa crescer e transformar o mundo da sua maneira, dando para cada negócio as ferramentas necessárias para que eles elevem o seu potencial ao máximo. A solução da Juno tem mais de 30 mil clientes ativos, mais de R$ 5.5 bilhões processados e mais de 106 milhões de cobranças emitidas.

“Estamos em busca de profissionais de T.I. que querem vestir a camisa da empresa e fazer parte dessa revolução no mercado de pagamentos”, explica a Team Leader de Recrutamento e Seleção da Juno, Caroline Rissio.

 Sobre a TI da Juno

  • A tecnologia trabalhada é de ponta, com códigos desenvolvidos de maneira limpa, testes automatizados e cobertura superior a 95%;
  • A Juno é um produto estável, já consolidado no mercado e permite uma cultura de escalabilidade, performance e entrega de novas soluções;
  • A valorização da qualidade de vida dos colaboradores é um dos grandes pilares da fintech, por isso, os horários de trabalho são flexíveis com demandas bem distribuídas e, para algumas posições, o trabalho pode ser remoto;
  • O time conta atualmente com 40 pessoas na área de Tecnologia da Informação da Juno, que dividem a responsabilidade por grandes entregas e aproveitam bem o tempo de lazer.

Mais informações no site ww.juno.com.br.

Além das mais de 25 opções de recheios doces, o novo cardápio oferece quatros diferentes tamanhos de açaí e três sabores de milkshake

 

 O açaí é a companhia preferida dos brasileiros para os dias mais quentes de Verão. Isso porque, além de refrescante, ele combina com diversos ingredientes, como frutas, grãos e chocolates. A partir da próxima segunda-feira, dia 16 de novembro, os fãs da iguaria poderão provar a grande novidade da rede Bangalô dos Pastéis: açaí com onze opções de acompanhamentos. A novidade estará disponível, inicialmente, nas unidades do litoral paranaense, nas cidades de Guaratuba e Matinhos.

São duas categorias de acompanhamentos: “Tradicional”, que contempla morango, banana, granola, leite em pó, paçoca, leite condensado e confete; e “Premium”, com opção de Nutella, doce de leite, ouro branco e sonho de valsa. Os copos estarão disponíveis em quatro tamanhos: 200ml (R$ 8,00), 300ml (R$ 10,00), 500ml (R$ 15,00) e 700ml (R$ 23,00), que englobam de dois a quatros acompanhamentos inclusos. Os adicionais levam um acréscimo de R$ 2 a R$ 4.

Além do açaí, o novo cardápio oferece três opções de Milkshake, nos sabores chocolate, morango e baunilha, em copo de 400ml (R$ 11,90). Todas as opções são sem açúcar, sem conservantes e sem gorduras. “Há um tempo vínhamos pensando em lançar sobremesas mais refrescantes, porque é o tipo de produto que o cliente mais procura no verão. Fomos trabalhando essa ideia até que encontramos as opções e sabores perfeitos. Temos certeza que o novo cardápio irá agradar a todos que vierem conferir”, conta Augusto Pedrotti, sócio proprietário da rede Bangalô dos Pastéis.

O novo cardápio Bangalô dos Pastéis estará disponível a partir de segunda-feira, dia 16 de novembro, inicialmente nas unidades Guaratuba e Matinhos, no litoral paranaense. Mais informações no site oficial do Bangalô dos Pastéis (www.bangalodospasteis.com.br).

*Por Gustavo Loiola

 

Provavelmente você acompanhou nos últimos dias a corrida eleitoral para a presidência dos Estados Unidos. O processo pode até parecer estranho e antiquado, mas não se preocupe: é assim mesmo. Contudo, mesmo que a maioria dos votos dos americanos não seja a principal arma da democracia estadounidense – na eleição passada, por exemplo, a maioria dos americanos votou por Hilary Clinton, porém devido ao sistema eleitoral Trump foi eleito – dessa vez foi diferente. A população norte americana conseguiu expressar o que queria e se engajou em votar.

 

Impulsionados pela pandemia, os Estados estimularam diferentes formas de votação, como o voto pelo correio ou antecipado, o que aumentou a participação. Celebridades e pessoas públicas participaram ativamente na discussão sobre o poder do voto, fazendo com que pessoas que antes não votavam decidissem efetivamente externar a sua opinião. O resultado nós já sabemos. Biden foi o presidente mais votado da história dos Estados Unidos e isso representa muita coisa.

 

Não quero aqui discutir sobre a pessoa Joe Biden, mas o que a escolha dele representa na sociedade em que vivemos. Em seu primeiro discurso como presidente eleito, ele clamou pela união em um país completamente dividido, reforçando que simpatizantes dos “partidos opostos” não são inimigos uns dos outros, mas sim que todos são parte de uma mesma nação. É uma fala similar a de Thomas Jefferson, terceiro presidente dos Estados Unidos, que em um momento de crise buscou juntar o país.

 

Biden tem um grande trabalho pela frente nesse sentido. A falta de confiança na mídia, no poder público e na própria sociedade é algo que tem assolado a democracia de muitos países e efetivamente causado uma série de problemas. Aliada a discursos inflexíveis ou posições extremistas de todos os lados, a falta de confiança colabora e muito para o caos social.

 

Os movimentos anti-racistas impulsionados pelo caso de George Floyd levantaram uma grande e importante discussão nos Estados Unidos que, de certa forma, impactou diretamente no resultado das eleições. As manifestações que aconteceram nos quatro cantos do país estimularam discussões profundas na sociedade norte americana e um silêncio falou mais alto do que todos: o do próprio presidente. Biden já se posiciona na temática há algum tempo. Como vice de Barack Obama, já se aproximava das pautas raciais e afirmava a existência de racismo estrutural nos Estados Unidos, com propostas para resolver esses problemas, como políticas para reduzir o encarceramento, lidar com disparidades baseadas em raça, gênero e renda no sistema judiciário e reabilitar prisioneiros libertados.

 

Ainda nessa pauta, o governo Biden terá uma grande protagonista que é a sua vice Kamala Harris. Além de senadora e defensora dos direitos civis e LGBTQ+, ela é a primeira mulher a assumir a vice-presidência, carregada de representatividade também por ser negra e asiática-americana. Harris nasceu numa família de imigrantes, com a mãe indiana e o pai jamaicano. A inspiração de sua mãe, que foi uma grande pesquisadora e ativista, foi lembrada em seu discurso, ao dizer que ela é a “primeira mulher a assumir o posto, mas que com certeza não seria a última”.

 

A posição de união também envolve os Estados Unidos com o resto do mundo. Nos últimos anos, o país se isolou e deixou de participar de discussões importantes com o resto das nações. Além da saída do Acordo de Paris, muitos pactos multilaterais foram quebrados e também algumas guerras comerciais foram travadas, prejudicando a economia e a prosperidade global como um todo. Em uma sociedade como a nossa, colaboração é um imperativo para construir os pilares que embasam o desenvolvimento sustentável.

 

Por fim, temos a situação do Coronavírus. A pandemia atingiu milhares de americanos e a falta de apoio social e econômico por parte do governo tem levado o país a mais uma grande crise. Biden era vice de Barack Obama quando, em 2009, administrou o pacote de recuperação econômica que colaborou para reerguer a economia, experiência hoje necessária. Sua proposta para essa retomada é criar novas oportunidades econômicas no país, especialmente relacionadas à economia verde, e restaurar as proteções ambientais e os direitos à saúde, como o “ObamaCare” e alianças internacionais.

 

Venceu a sensatez. Porém a única certeza existente é que vivemos em um mundo VUCA – volátil, incerto, complexo e ambíguo – e a sociedade se transforma de maneira ágil e dinâmica. Não é possível afirmar como Biden vai se comportar diante de toda essa situação, porém podemos prever que ele terá, além dos seus mais de 75 milhões de eleitores, um mundo inteiro que agora é expectador e deposita esperanças em um novo presidente. Se tudo correr bem, bom para o Brasil e bom para o mundo.

 

*Gustavo Loiola é Mestre em Governança e Sustentabilidade, coordenador de Relações Internacionais no ISAE/FGV e Chair do PRME (Principles for Responsible Management Education) para América Latina e Caribe.