Cultura

Um pirata em terras paranaenses

Pinterest LinkedIn Tumblr

Com todos os cuidados com que a época de pandemia ( COVID -19 ) exige, distanciamento social e mascarados , a equipe do filme reduzida começou as gravações pela cidade.

 

Começou este mês, as gravações do documentário realizado pelo cineasta Estevan Silvera, sobre um verdadeiro pirata que morou por muitos anos na cidade de Curitiba.

Histórias de fantasmas, de motim a bordo, pirataria, e de batalhas em alto mar; povoam a imaginação das pessoas há muitos anos, com narrativas irrigadas por tempestades devastadoras, duelos espetaculares, naufrágios, acidentes náuticos e combates cruéis. É juntando todas estas narrativas que povoam nossas imaginações; que Estevan Silvera pretende realizar um documentário inédito, para poder divulgar uma grande história e tentar criar um interessante filme, sobre um colossal episódio acorrido com um lendário Pirata que viveu na cidade de Curitiba entre os anos de 1820 / 1880.

A lenda do pirata Zulmiro, contada à séculos por nossos moradores e historiadores, narra a história de um cidadão nascido no condado de Cork ( sul da Irlanda ), aproximadamente entre 1790 / 1800, que com apenas 25 anos de idade tornou–se um oficial da marinha inglesa, e mais tarde transformou–se em um destemido pirata. Documentos comprovam, que ele teria chegado ao nosso litoral, proveniente de uma recondução onde fora aprisionado por um certo capitão Keppel da marinha Inglesa, e deixado em nossa costa; sendo que seus últimos dias de vida foram vividos na cidade de Curitiba.

Esta história ficou conhecida devido ao livro, escrito pelo historiador Marcos Juliano Ofenbock ( capitão Ofenbock ) a lenda de que Zulmiro, teria residido no Sítio do Mato, hoje Bosque do Gutierrez ( antiga propriedade do comerciante Manoel Cunha ), e teria escondido um tesouro em um túnel construído por jesuítas, na região onde atualmente está instalado o Bosque , no bairro Vista Alegre. E o possível baú de ouro, escondido por Zulmiro, já fora procurado sem êxito por inúmeros pesquisadores e forasteiros, tornando – se assim, cada vez mais, uma lenda de um pirata que viveu e morreu em Curitiba .

O suposto tesouro do pirata inglês, que despertou a curiosidade dos moradores da cidade, que acreditam, que teria ele escondido  em um túnel na região central da cidade,  povoa a mente de vários estudiosos deste assunto, que é uma grande história a ser contada, mas segundo as descobertas de Marcos Ofenbock o tesouro encontra – se  na ilha da Trindade.

Estas histórias narradas por marcos Juliano Ofenbock deste lendário Pirata Inglês, e onde provavelmente estaria escondido seu tesouro, além de mostrar um mapa descoberto na cidade, onde estaria possivelmente o tesouro enterrado de Zulmiro, serão contadas no filme que tem apoio do Positivo e da Sauí Cultural.

Comentários estão fechados.