Cinemaskope

Time do Londrina visita escola social da zona norte

27 de fevereiro de 2019

Na próxima quinta-feira, (28), os jogadores vão partilhar experiências no Centro Educacional Marista Irmão Acácio

O futebol, paixão nacional, será tema de um encontro especial para crianças e adolescentes que vivem em áreas de vulnerabilidade social de Londrina (PR). Nesta quinta-feira (28), a equipe do Londrina Esporte Clube vai visitar o Centro Educacional Marista Irmão Acácio, que atende gratuitamente crianças e adolescentes de 6 a 18 anos. O objetivo do encontro é a partilha de experiências sobre o esporte e a profissão.

Os jogadores Anderson Oliveira, Luquinha e Germano, um dos ídolos da história do Londrina, acompanhados do técnico Alemão, são presenças confirmadas no bate-papo. “Será um grande dia para nós. Assim como os alunos, nós também tivemos nossos sonhos, e compartilhar um pouco da nossa história é também incentivar para que eles alcancem seus objetivos, seja no esporte ou em qualquer outra área”, comenta Alemão.

Bola na trave também ensina

Além de ser uma atividade física, o futebol também pode ser utilizado como uma ferramenta de aprendizado. No Centro Educacional Marista Irmão Acácio as atividades esportivas incluem a aplicação de jogos coletivos e cooperativos que buscam valorizar o respeito com o outro. “Os jogos podem ensinar a ideia de cooperação, de jogo limpo e do quanto é importante perceber o outro não só em campo, mas na vida também”, explica o educador Evandro Camargo de Souza.

A expectativa para o encontro é grande. Os adolescentes já prepararam suas perguntas, e contam com a oportunidade de conhecer os jogadores. “Esse encontro vai promover a troca de experiências e o incentivo para que eles corram atrás dos seus sonhos”, reforça Souza.

CEM Londrina

O Centro Educacional Marista Irmão Acácio faz parte da Rede Marista de Solidariedade (RMS) que, através de ações nas áreas da educação e da assistência social, beneficia mais de 7 mil crianças, adolescentes e jovens em unidades do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul.  O Centro em Londrina atende cerca de 300 crianças e jovens, entre 06 e 16 anos, em tempo integral. Mais informações: www.solmarista.org.br.

Você pode gostar também