Cinemaskope

TCP Log recebe cargas projetos para expansão da fábrica da Klabin

Pinterest LinkedIn Tumblr

A TCP Log, subsidiária logística da TCP (empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá), recebeu, em maio, um carregamento de peças que serão utilizadas na ampliação do Projeto Puma II da Klabin, localizado em Ortigueira, cidade a 226 quilômetros de distância de Curitiba. A operação, que incluiu a descarga, transporte e armazenagem das peças, teve a duração de aproximadamente 13 horas.

As 22 peças têm origem na Finlândia e pesos que variam entre 2.600 quilos a 22.500 quilos, exigindo uma preparação logística anterior à operação.  “A TCP Log fez todo o planejamento prévio, desenhando e simulando toda a operação para que não houvesse nenhum imprevisto. Além do nosso planejamento rigoroso, seguimos SLAs que são previamente alinhados caso a caso e ao final de cada execução, comprovamos nossa eficiência através dos indicadores”, explica Thomas Limas, vice-diretor Comercial da TCP.

“A preparação de cada etapa permitiu que não nos deparássemos com dificuldades ou surpresa durante as execuções. A experiência do nosso time dedicado para essas operações, somada à nossa sensibilidade para compreender o que de fato importa para nossos clientes – com todas as suas peculiaridades, fazem com que as operações de carga projeto ocorram de modo natural e tranquilo para nós”, complementa.

Durante o processo de transbordo do navio para o cais, a equipe da TCP Log utilizou os guindastes de bordo e equipamentos próprios da TCP: dois guindastes MHC com capacidade de 100 toneladas e dois Reach Stacker. Já o transporte até o armazém foi realizado com carretas especiais, da frota própria do Terminal, e que têm capacidade para transportar cargas com excesso de dimensão e peso (acima de acima de 90 toneladas).

CARGA PROJETO

A TCP Log é referência na operação de carga projeto na região Centro-Sul do País, realizando a gestão e operação logística portuária de grandes equipamentos importados de países da Ásia, Europa e América do Norte. A subsidiária logística da TCP conquistou essa posição com amplos investimentos em infraestrutura e tecnologia, com parcerias com armadores e no treinamento contínuo da equipe operacional.

A empresa atende exportadores e importadores em serviços como armazenagem, movimentação e transporte, todos eles 100% gerenciados por SLAs e KPIs que buscam permanentemente segurança e excelência.

Sobre a TCP

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – um dos maiores terminais de contêineres da América do Sul – e a empresa de operações logísticos TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística para cargas localizadas no Sul e Sudeste do Brasil.

Responsável pelo maior investimento do setor portuário Brasil na atualidade, onde estão sendo aplicados mais de R$ 550 milhões nas obras de ampliação da capacidade de movimentação do terminal dos atuais 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões de TEUs/ano, a TCP está se preparando para atender a demanda de mercado brasileiro pelos próximos 30 anos.

Desde março de 2018, a TCP integra o portfólio da China Merchants Port Holding Company (CMPort), o maior e mais competitivo desenvolvedor, investidor e operador de portos públicos da China. Atualmente, as operações e investimentos da empresa se estendem pelas áreas costeiras em Hong Kong, Taiwan, Shenzhen, Ningbo, Shanghai, Qingdao, Tianjin, Dailian, Zhangzhou, Zhanjiang e Shantou. A empresa também vem ampliando sua presença no Sul da Ásia, na África, no Mediterrâneo e na Austrália.

Em março de 2020, o portfólio global de portos da CMPort abrangia 6 continentes, 26 países e regiões e 50 portos. Em 2019 a CMPort movimentou 110 milhões de TEUs.

Comentários estão fechados.