Tag

teatro guaira

Browsing
“Há alguns anos, vimos surgir no mundo, um novo gênero musical, o classic crossover (crossover clássico), uma denominação atribuída aqueles que com muita habilidade, fazem transições perfeitas entre árias de ópera e musica popular, dando nova leitura a grandes clássicos da música mundial, a músicas pop, rock e até a músicas próprias (inéditas).
Um dos grupos percursores deste gênero, finalmente se apresentará no Brasil em 2020, os The Ten Tenors, grupo formado em 1995 e que reúne 10 dos melhores e mais carismáticos tenores do mundo.
Após 25 anos, mais de 2.500 shows ao redor do mundo e mais de 3,5 milhões de ingressos vendidos, os The Ten Tenors prometem um show incrível com muita empatia, qualidade vocal diferenciada e repertorio extenso que certamente agradará aos amantes da boa música. O repertório inclui clássicos como: A Thousand Years, Unchained Melody, Somebody to Love, Love is in the Air e Nessun Dorma.
Cameron Barclay, Daniel Belle, Michael Edwards, Keane Fletcher, Nigel Huckle, Nathan Lay, Boyd Owen, JD Smith, Sam Ward e James Watkinson, formam o grupo que já dividiu o palco com artistas como Lionel Richie, Rod Stewart, Andrea Boccelli, Willie Nelson, Alanis Morissette e Christina Aguilera e participou dos mais importantes programas de televisão pelo mundo, tendo lançado até hoje 15 CDS e 4 DVDs.
Os shows fazem parte da turnê “Love is in the Air” e acontecerão nas seguintes datas: dia 19 de março em Curitiba no Teatro Guaíra, dia 20 de março em Belo Horizonte no Palácio das Artes, dia 21 de março no Rio de Janeiro no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e no dia 22 de março em São Paulo no Unimed Hall.

“No sábado, dia 26 de outubro, o palco do Guairão recebe o maior espetáculo da América Latina em homenagem a Michael Jackson”.

O significado e o legado de Michael Jackson ainda permanecerão vivos por muitas gerações. Prova disso é o sucesso do show “Tributo ao Rei do Pop”, estrelado por Rodrigo Teaser e considerado o maior espetáculo da América Latina em homenagem ao astro norte-americano, que retorna a Curitiba após um ano devido ao grande sucesso na capital paranaense. Com realização da Prime, a apresentação que recria toda a estrutura das principais performances do Rei do Pop, acontece no sábado, dia 26 de outubro, no palco Teatro Guaíra  (R: Conselheiro Laurindo, s/n) às 21h15. O processo de pesquisa e investimento para a concepção do show durou dois anos, contando, inclusive, com entrevistas feitas com os integrantes originais da produção do Michael Jackson.

No repertório, grandes clássicos como “Billie Jean”, “Thriller”, “Beat it”, “Smooth Criminal”, “Black or White”, entre outros, na voz e performance de Rodrigo Teaser e banda ao vivo. O show conta com elementos que compunham a produção de Michael Jackson como bailarinos, efeitos pirotécnicos e especiais, elevadores de palco e vídeos produzidos especialmente para o show.

As coreografias, assim como os arranjos e figurinos, são reproduções exatas dos originais. Inclusive é o único show da América Latina com o aval do bailarino e coreógrafo LaVelle Smith, responsável pelas principais performances de Michael Jackson. No final de 2014, LaVelle fez uma participação especial em uma das apresentações de Rodrigo Teaser. Foi a primeira vez que ele subiu em um palco desde a morte de Michael Jackson.  Em 2016, ele participou do show em Curitiba. LaVelle também já trabalhou com Beyonce, Janet Jackson, Rihanna, Rolling Stones, Ricky Martin, Chris Brown, entre outros artistas. Segundo LaVelle, o Tributo ao Rei do Pop se destaca pela riqueza de detalhes, a união de muitos talentos e o compromisso sério em fazer um verdadeiro tributo a seu amigo, o Rei do Pop. Ainda segundo LaVelle, além do estudo e dedicação, Rodrigo traz semelhanças que vão além daquelas que o público pode notar e isso o torna ainda mais especial.

A trupe que consiste o espetáculo é formada por 8 bailarinos, uma super banda com bateria, teclados, guitarra e baixo, 2 backing vocals e todos os elementos cênicos, como telão de led e efeitos pirotécnicos.

Considerado o maior tributo já feito na América Latina e um dos maiores do mundo, o show demandou dois anos de pesquisa e investimento para chegar o mais próximo da realidade que era assistir ao show de Michael Jackson.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$60,00 (meia-entrada) a R$230,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium – R$230,00 (inteira) e R$120,00 (meia-entrada) / Plateia A – R$210,00 (inteira) e R$110,00 (meia-entrada)/ Plateia B – R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão A– R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão B – R$140,00 (inteira) e R$75,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão A – R$120,00 (inteira) e R$65,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão B – R$110,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.  Clube Prime possui 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. PROMOÇÃO 1 +1 – Na compra de 01 bilhete, o cliente ganha outro no mesmo setor.  Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. ****Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, –  e quiosques instalados nos shoppings Mueller, Estação e São José – de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  e pelo portal www.diskingressos.com.br.

SERVIÇO:
RODRIGO TEASER em TRIBUTO AO REI DO POP
Quando: 26 de outubro de 2019 (Sábado)
Local: Teatro Guaíra (R: Conselheiro Laurindo, s/n)
Horários:  Abertura do Teatro:  20h15 / Início dos shows: 21h15
Duração do show: 
cerca de 90min
Ingressos: 
variam de R$60,00 (meia-entrada) a R$230,00 (inteira), de acordo com o setor.
Plateia Premium – R$230,00 (inteira) e R$120,00 (meia-entrada);
Plateia A – R$210,00 (inteira) e R$110,00 (meia-entrada);
Plateia B – R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada);
1º Balcão A– R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada);
1º Balcão B – R$140,00 (inteira) e R$75,00 (meia-entrada);
2º Balcão A – R$120,00 (inteira) e R$65,00 (meia-entrada);
2º Balcão B – R$110,00 (inteira) e R$60,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.  Clube Prime possui 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular.
PROMOÇÃO 1 +1 – Na compra de 01 bilhete, o cliente ganha outro no mesmo setor
Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.
***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
****Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.
 É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro.
Forma de Pagamento: Dinheiros e cartões de crédito/débito Visa e Mastercard.
Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, –  e quiosques instalados nos shoppings Mueller, Estação e São José – de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h)  e pelo portal www.diskingressos.com.br.
**Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: Livre
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 33173283 / www.maisumadaprime.com.br
Realização: Prime

 

 

 

 

“A cantora desembarca na capital paranaense no próximo dia 21 de setembro com a turnê que celebra 20 anos de carreira. O show, no palco do Guairão, será só com os sucessos de sua trajetória”.

foto marcos hermes

20 anos de ofício música. A  primeira década ganhava palcos e ouvidos entre paredes e praças paulistanas, a segunda, fez ecoar a voz que surpreendeu grandes nomes da música nacional e internacional. Maria Gadú que passou os últimos quatro anos ausente do cenário musical vem a Curitiba neste mês com a turnê que comemora os seus 20 anos de carreira, revivendo as principais composições da sua trajetória. Com realização da Prime, ela faz única apresentação no próximo dia 21 de setembro no palco do Teatro Guaíra (R: Conselheiro Laurindo, s/n) às 21h15.

Acompanhada pela sua banda original, Gadú vai emocionar a plateia com algumas faixas retiradas da sua megaelogiada obra de estreia, que saiu há uma década e contabiliza mais de 250 mil cópias vendidas em todo o país, como “Linda Rosa”, “Dona Cila”, “Altar Particular” e “Shimbalaiê”, um dos hits imprescindíveis da sua discografia.

Entre outros tantos sucessos, como “Oração ao Tempo” e “Linha Tênue”, a cantora ainda vai trazer na bagagem algumas surpresas e até mesmo novidades, como o single recém-lançado “Mundo Líquido”, que ganhou um lindíssimo videoclipe gravado na Amazônia.

A turnê “Gadú 20 Anos”, com apenas 30 datas, serve para matar a saudade dos fãs, contando histórias e transbordando corações. No palco, Maria terá ao seu lado Fernando Caneca (guitarra), Gastão Villeroy (baixo), Maycon Ananias (teclado), Doga (percussão) e Cesinha (bateria).

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$190,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium – R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada)/ Plateia A – R$170,00 (inteira) e R$90,00 (meia-entrada)/  Plateia B – R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada)/  1º Balcão – R$130,00 (inteira) e R$70,00 (meia-entrada)/  2º Balcão – R$90,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada). A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime, Clube Disk Ingressos e  Clube da Alice possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. PROMOÇÃO 1+1 – Na compra de 1 ingresso no valor da entrada inteira, o cliente ganha mais um.Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ***Já está incluso o valor de R$10,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, – e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro Guaira (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e também pelo site (www.ingressos.tguaira.pr.gov.br/bilheteria/vendainternet). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.

SERVIÇO:
MARIA GADÚ
Quando:
 21 de setembro de 2019 (Sábado)
Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (R: Conselheiro Laurindo, s/n)
Horários:
Abertura do Teatro: 
20h / Início do show: 21h15
Duração do show: cerca de 90min
Ingressos: variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$190,00 (inteira), de acordo com o setor.
Plateia Premium – R$190,00 (inteira) e R$100,00 (meia-entrada);
Plateia A – R$170,00 (inteira) e R$90,00 (meia-entrada);
 Plateia B – R$150,00 (inteira) e R$80,00 (meia-entrada);
1º Balcão – R$130,00 (inteira) e R$70,00 (meia-entrada);
2º Balcão – R$90,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime, Clube Disk Ingressos e Clube da Alice possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado.
PROMOÇÃO 1+1 – Na compra de 1 ingresso no valor da entrada inteira, o cliente ganha mais um.
**Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
***
Já está incluso o valor de R$10,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.
***É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.
Forma de Pagamento: Não serão aceitos cheques, apenas dinheiro e cartões de débito e crédito Visa, Mastercard, Dinners e RedeShop
Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, – e quiosques instalados nos shoppings Mueller , Estação e São José – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e também pelo site (www.ingressos.tguaira.pr.gov.br/bilheteria/vendainternet).
Classificação etária: Livre
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 3304-7953 / www.maisumadaprime.com.br
Realização: Prime

foto mauricio valladares

“O power trio carioca desembarca na cidade no sábado, dia 27 de julho, com um  show apenas dos grandes hits da carreira. A apresentação acontece no palco do Guairão”.

Pelo menos um hit em cada um dos 20 discos e oito DVD´s, apresentações emblemáticas, shows fora do país, ícone do rock dos anos 80 e 36 anos de história fonográfica. Com todas estas credenciais, Os Paralamas do Sucesso tem lugar de destaque na vitrine da música brasileira. Com realização da Prime, o grupo retorna a Curitiba, no sábado, dia 27 de julho, para única apresentação no  Teatro Guaíra (R: Conselheiro Laurindo, s/n) às 21h15. Na bagagem, os sucessos de todas as fases do grupo e também abrem espaço para artistas que os influenciaram.

Já se passaram três décadas desde o lançamento do disco de estreia Cinema Mudo (1983), mas os Paralamas do Sucesso está muito longe de pendurar as chuteiras. Há quatro anos, a banda lançou a caixa “Paralamas do Sucesso 1983 – 2015”, uma coleção de 20 CDs com 18 álbuns e mais dois inéditos para a box. O trio fez uma releitura da bem sucedida carreira com o relançamento de todos os discos remasterizados e com embalagens em digifile.

Os Paralamas foi formado no Rio de Janeiro. Herbert Vianna (guitarra, vocal), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria) continuam fazendo o que mais gostam de fazer – estar no palco. Os três fundadores da banda que nunca trocou de formação, caso único no Brasil – mais o tecladista João Fera e a dupla dos sopros, Bidu Cordeiro (trombone) e Monteiro Júnior (sax), estão percorrendo as principais cidades do país. Na direção, Claudio Torres e José Fortes, empresário da banda desde o início da carreira.

O repertório deve incluir hits como “Alagados”, “Meu Erro”, “Lanterna dos Afogados”, “Romance Ideal”, “Ela Disse Adeus”,  “Cuide Bem do Seu Amor”, “Vital e Sua Moto”, entre outras.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$56,00 (meia-entrada) a R$236,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium – R$236,00 (inteira) e R$121,00 (meia-entrada)/ Plateia A – R$216,00 (inteira) e R$111,00 (meia-entrada)/  Plateia B – R$196,00 (inteira) e R$101,00 (meia-entrada)/  1º Balcão A – R$166,00 (inteira) e R$86,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão B – R$146,00 (inteira) e R$76,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão A – R$126,00 (inteira) e R$66,00 (meia-entrada) / 2º Balcão B – R$106,00 (inteira) e R$56,00 (meia-entrada). A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois ingressos por. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ***Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, – e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro Guaira (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e também pelo site (www.ingressos.tguaira.pr.gov.br/bilheteria/vendainternet). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.

Os Paralamas do Sucesso são:

Herbert Vianna (voz e guitarra)
Bi Ribeiro (baixo)
João Barone (bateria e vocais)

João Fera (teclados)
Bidu Cordeiro (trombone)
Monteiro Jr (sax)

SERVIÇO:
OS PARALAMAS DO SUCESSO
Quando:
 27 de julho de 2019 (Sábado)
Local: Teatro Guaíra – Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (R: Conselheiro Laurindo, s/n)
Horários:
Abertura do Teatro: 
20h / Início do show: 21h15
Duração do show: cerca de 90min
Ingressos: variam de R$56,00 (meia-entrada) a R$236,00 (inteira), de acordo com o setor.
Plateia Premium – R$236,00 (inteira) e R$121,00 (meia-entrada);
Plateia A – R$216,00 (inteira) e R$111,00 (meia-entrada);
Plateia B – R$196,00 (inteira) e R$101,00 (meia-entrada);
1º Balcão A – R$166,00 (inteira) e R$86,00 (meia-entrada);
1º Balcão B – R$146,00 (inteira) e R$76,00 (meia-entrada);
2º Balcão A – R$126,00 (inteira) e R$66,00 (meia-entrada);
2º Balcão B – R$106,00 (inteira) e R$56,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.
*Clientes Clube Prime possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois ingressos.
**Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
***
Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos.
***É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.
Forma de Pagamento: Não serão aceitos cheques, apenas dinheiro e cartões de débito e crédito Visa, Mastercard, Dinners e RedeShop
Pontos de Venda: Disk Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, – e quiosques instalados nos shoppings Mueller , Estação e São José – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), na bilheteria do teatro (de terça a sábado, das 12 às 21 horas) e também pelo site (www.ingressos.tguaira.pr.gov.br/bilheteria/vendainternet).
Classificação etária: Livre
Informações p/ o público: (41) 33150808 / 3304-7953 / www.maisumadaprime.com.br
Realização: Prime

foto elisa mendes

Uma nova versão do clássico de Chique Buarque e Paulo Pontos, Gota d’Água [a seco], chega a Curitiba para duas únicas apresentações, nos dias 09 e 10 de março, no Teatro Guairão, trazendo no elenco os atores Laila Garin e Alejandro Claveaux, com adaptação de Rafael Gomes e Direção musical de Pedro Luís. O espetáculo, que conta com 13 prêmios, tem patrocínio exclusivo da BB Seguros e os ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos.

Sobre o musical:

            Em dezembro de 1975, Bibi Ferreira subia ao palco do Teatro Tereza Rachel, no Rio de Janeiro, para estrear Gota D’Água,transposição da tragédia grega Medeia, de Eurípedes, para a realidade de um conjunto habitacional do subúrbio carioca. Com um arrojado texto em versos de Chico Buarque e Paulo Pontes, e canções como Basta um dia, o espetáculo marcou época e se tornou um clássico moderno do Teatro Brasileiro.

            Mais de quatro décadas depois, a história voltou à cena como uma adaptação absolutamente inédita do diretor Rafael Gomes. Batizada de Gota D’Água [a seco], a nova versão estreou no Rio de Janeiro em maio de 2016. O espetáculo chega a Curitiba nos dias 09 e 10 de março, no Teatro Guairão. No palco, Laila Garin e Alejandro Claveaux são acompanhados por cinco músicos, sob a direção musical de Pedro Luís.

            Como ‘a seco’ do título já indica, a montagem busca chegar à essência da história, por meio dos embates entre os protagonistas, Joana e Jasão, ainda que outros personagens do original também apareçam na adaptação. Mesmo com parte da trama sociopolítica reduzida na versão, Rafael Gomes reitera que a sua leitura da peça é focada em sua natureza política, cruelmente atual. “A Gota D’Água original possui uma trama política bastante latente em seu embate entre opositores e oprimidos. Ao concentrar a história em Joana e Jasão, em suas ideologias, ações e sentimentos, eu gostaria ainda assim de falar sobre essa política mais essencial da vida, do dia a dia, essa que a maioria das pessoas sublima, esquece ou finge que não é com elas, achando que ser político é somente saber apontar o dedo para o adversário e se manifestar eventualmente por aquilo que interessa, de forma um tanto quanto individualista”, afirma o diretor, que manteve toda a estrutura formal da peça e inseriu novas canções e pequenas citações de letras de Chico Buarque em algumas passagens do texto.

Sobre o diretor:

            Gota D’Água [a seco] é o primeiro espetáculo que Rafael Gomes dirigiu fora de sua companhia, a Empório de Teatro Sortido, de onde trouxe alguns colaboradores para esta montagem, como o cenógrafo André Cortez (Prêmio Shell por Um Bonde chamado Desejo, 2015) e o iluminador Wagner Antônio. Rafael foi convidado pela produtora Andréa Alves, da Sarau Agência, e por Laila Garin para embarcar no projeto.

Estrela de Elis

Musical, Laila Garin experimenta agora um novo desafio em cena: além de interpretar a mítica personagem eternizada por Bibi Ferreira, dá voz a músicas que não faziam parte da peça original, como Eu te Amo, Baioque e Cálice. Revelado no projeto Clandestinos, Alejandro Claveaux interpreta o personagem que já foi de Roberto Bonfim e Francisco Milani (na temporada paulistana, em 1977).

Uma tragédia carioca, embates universais

Chico Buarque e Paulo Pontes começaram a trabalhar no texto original a partir de uma transposição que Oduvaldo Vianna Filho (1936-1974) havia feito para a televisão. A feiticeira Medeia virou Joana, moradora do conjunto habitacional Vila do Meio-Dia, mãe de dois filhos, frutos de seu casamento com Jasão, alguns anos mais novo do que ela. Compositor popular, Jasão é cooptado pelo empresário Creonte, que o ajuda a fazer sucesso, e termina por largar Joana para se casar com a filha do milionário. A trama passional – que culmina na vingança de Joana – tem como pano de fundo as injustiças sociais pelas quais os moradores do local passam, vítimas da exploração de Creonte, todo-poderoso da região.

Por conta deste acúmulo de tensões, Rafael Gomes elegeu o embate como o conceito central de sua montagem. Não somente o embate amoroso, que está no cerne da trama do casal, mas também o social, em um sentido mais amplo, e, principalmente, o íntimo. “São as batalhas internas a que as circunstâncias externas nos sujeitam. Jasão no conflito entre o que está ganhando e o que está deixando para trás, assim como Joana na decisão entre ir às últimas consequências para se vingar ou simplesmente seguir vivendo – o embate entre o humano e o divino, o terreno e o espiritual’, conclui o diretor.

Com esta nova e enxuta adaptação, as músicas que não estavam no original entram justamente para servir à dramaturgia, ao contar partes da história, revelar melhor o caráter e as contradições das personagens, além de amplificar alguns contextos e situações que precisaram ser sumarizados. A entrada de Pedro Luís na direção musical vem ao encontro da vontade de não fazer necessariamente um musical tradicional. “É um arejamento, um olhar diferente. Pedro fez com as canções, todas já tão conhecidas e consagradas, o que eu pretendo fazer com a dramaturgia: dar uma nova dimensão, jogar uma luz por um lado que não estamos acostumados a ver. Isso não implica em uma ambição de ‘melhorar’ nada, apenas de tentar pensar e criar por um caminho menos óbvio”, ressalta Rafael.

Música, letra e teatro

Laila Garin sempre teve a carreira teatral atravessada pela música, seja em shows paralelos ou na série de espetáculos musicais que protagonizou recentemente. Após ter iniciado a vida artística em Salvador, sua cidade natal, ela se mudou para São Paulo e trabalhou com Luiz Carlos Vasconcelos, a Cia. Piolim, antes de ficar por sete anos na Casa Laboratório, dirigida por Cacá Carvalho e a Fondazione Pontedera. Após o período na capital paulista, fixou residência no Rio de Janeiro, onde estrelou Eu Te Amo Mesmo Assim (2010), musical supervisionado por João Falcão, diretor de Gonzagão – A Lenda (2012), do qual Laila fez parte por algumas temporadas.

A sua recriação do mito Elis Regina em Elis – A Musical (2013) provocou um verdadeiro fenômeno teatral de público e crítica, coroado com todos os principais prêmios de atuação do País: APCA, APTR, Bibi Ferreira, Cesgranrio, Quem, Reverência e Shell. No último ano, ainda esteve em O Beijo no Asfalto, versão musical de Claudio Lins para o clássico de Nelson Rodrigues, e estreou na TV na novela Babilônia, de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga.

Andréa Alves abraçou a empreitada de revitalizar a tragédia e as canções de Gota D’Água após produzir a recente montagem de Ópera do Malandro, em cartaz por quase dois anos com enorme sucesso popular. À frente da Sarau Agência desde a sua fundação, em 1992, também é a responsável pelo Festival Villa-Lobos e os musicais Grande Otelo – Eta Moleque Bamba!, Gonzagão – A Lenda e Auê, nova criação da Cia. Barca dos Corações Partidos.

Da mesma forma, a música sempre foi um elemento determinante no teatro de Rafael Gomes. Seu texto de estreia, Música Para Cortar os Pulsos (prêmio APCA de Melhor Peça Jovem, 2010), era estruturado a partir de citações musicais e trechos de letras, enquanto nos espetáculos seguintes a trilha sonora sempre exerceu um relevante diálogo com a dramaturgia, caso de Gotas D’Água Sobre Pedras Escaldantes (2014) e Um Bonde Chamado Desejo (2015), que acaba de lhe render o Prêmio Shell de Melhor Direção. Ele considera Gota D’Água [a seco] o seu primeiro musical, embora prefira pensar na montagem como uma “peça com música”.

“Quando Andréa e Laila me convidaram para este trabalho, para além de todo deleite imediato que seria trabalhar com ambas, a ‘questão Chico Buarque’ também calou fundo. Não só pelos motivos óbvios, de Chico ser esse artista gigante, mas porque minha trajetória no teatro está carimbada pela obra dele. A primeira peça que fiz na vida foi como assistente de direção e dramaturgista de Calabar, em 2008, numa montagem dirigida por Heron Coelho. E já dirigi uma releitura de Cambaio, que chamamos também de Cambaio [a seco], em caráter de evento, com apenas sete apresentações”, conta Rafael, que sempre foi admirador de musicais, “de Brecht a Sondheim, passando pelos filmes da Disney e Bob Fosse. Espero que este seja o primeiro de vários”, ressalta.

Incentivo à Cultura

            O espetáculo tem patrocínio exclusivo da BB Seguros. “Acreditamos que a cultura proporciona muito mais do que momentos de lazer e entretenimento. Por meio das Leis de Incentivo Fiscal, apoiamos e patrocinamos iniciativas culturais, viabilizando a realização de importantes espetáculos em cartaz no País”, afirma Fernando Barbosa, presidente da Brasilseg, uma empresa BB Seguros.

            Desde 2012, os projetos incentivados pela companhia já impactaram 20 milhões de pessoas. “Encaramos esses apoios como uma maneira ímpar de promover o conhecimento, criando uma sociedade mais desenvolvida e que se apropria de sua história”, afirma.

Prêmios:

VENCEDOR DO PRÊMIO CESGRANRIO: Melhor Atriz em Musical – Laila Garin.

VENCEDOR DO PRÊMIO BIBI FERREIRA: Melhor Atriz em musical – Laila Garin e Melhor Desenho de Luz – Wagner Antônio

VENCEDOR DO PRÊMIO CENYM: Melhor Trilha Sonora Original ou Adaptada – Pedro Luis e Melhor Canção Original ou Adaptada – Cálice, por Laila Garin (voz) e Pedro Luís (arranjos).

VENCEDOR DO PRÊMIO ARTE QUALIDADE BRASIL: Melhor atriz em Musical – Laila Garin.

VENCEDOR DO PRÊMIO MUSICAL CAST: Melhor Musical Brasileiro, Melhor Direção – Rafael Gomes e Melhor Atriz – Laila Garin.

VENCEDOR DO PRÊMIO REVERÊNCIA – Melhor Atriz em musical – Laila Garin.

VENCEDOR DO PRÊMIO APLAUSO BRASIL: Melhor Atriz – Laila Garin. Melhor Iluminação – Wagner Antônio e Melhor Arquitetura Cênica – André Cortez.

Ficha técnica:

GOTA D’ÁGUA [A SECO] – De Chico Buarque e Paulo Pontes. Adaptação e direção: Rafael Gomes. Com Laila Garin e Alejandro Claveaux. Direção Musical: Pedro Luís. Cenografia: André Cortez. Iluminação: Wagner Antônio. Figurinos: Kika Lopes. Direção de Produção: Andréa Alves. Diretor assistente e direção de movimento: Fabrício Licursi. Design de som:Gabriel D’angelo. Preparação e arranjos vocais: Marcelo Rodolfo e Adriana Piccolo. Assistente de direção musical: Antônia Adnet. Assistente de cenografia: Rodrigo Abreu. Coordenação de Produção: Leila Maria Moreno e Vivi Borges.

Serviço:

GOTA D`ÁGUA [A SECO]

Datas: 09/03 (sábado) às 21h e 10/03 (domingo) às 19h.

Local: Centro Cultural Teatro Guaíra (Teatro Guairão) – Rua XV de Novembro, 971 – Centro,

Curitiba.

Classificação: 14 anos.

Duração: 100 minutos.

Gênero: Musical.

Ingressos:

R$ 100,00 – inteira | R$ 50,00 meia-entrada (plateia A)

R$ 80,00 inteira | R$40,00 meia-entrada (plateia B)

R$ 60,00 inteira | 30,00 meia-entrada (Balcão 1)

R$ 40,00 inteira| R$20,00 meia-entrada (Balcão 2)

Lotação: 2.163 lugares

Vendas: diskingressos.com.br

O programa “Cinemaskope, A Maravilhosa Música do Cinema” que vai ao ar neste domingo (20) às 22 hs na PARANÁ EDUCATIVA FM 97.1 traz com exclusividade a trilha sonora de “Tommy”, a Ópera Rock, criação clássica do grupo The Who. A versão para o cinema chegou ás telas em 1975 com direção de Alan Parker. O programa também traz a trilha original do policial “Peter Gunn” (1967), criação musical de Henry Mancini e na crônica de Ricardo Klass o tema é a canção My Way,  grande exito na voz de Frank Sinatra. imperdível !

 

Tommy em Curitiba

O musical  de grande sucesso, Tommy”, que é baseado na ópera rock do The Who, desembarca em Curitiba no dia 23 de março, no grande auditório do Teatro Guaíra. O espetáculo que conta com todos os personagens do filme, originalmente dirigido por Ken Russel, mescla músicos, vocalistas e atores profissionais, reconhecidos no cenário mundial. O filme é trazido à vida no palco, com projeções, imagens emocionantes e uma iluminação incomparável, com cada membro do elenco e todos os músicos envolvidos para uma apresentação impecável, feita atentamente para trazer esta obra-prima profissionalmente para espectadores de todo o mundo. O show que estará em turnê pelo país em março de 2019, passará ainda pelas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Florianópolis, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. Outros países da América Latina como Chile, Paraguai e Peru também poderão se emocionar com o musical. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site do Disk Ingressos

cayo vieira

 

No dia 8 de novembro, às 20h, a Curitiba Companhia de Dança, escola de dança da capital paranaense, apresenta o seu espetáculo inédito “Relações”, que aborda os relacionamentos humanos por meio da coreografia do carioca Carlos Laertes.

A apresentação, que é dividida em duas partes, promove a investigação coreográfica das relações dentro das grades dos academicismos clássicos e contemporâneos, observando a experiência do desejo humano pelo outro e o seu estado inicial, realçando o equilíbrio entre a libertação e a alienação.

No primeiro momento, o palco é dividido em dez estruturas metálicas, que espelham o ambiente de cada intérprete, passando uma ideia mais árida da superfialidade cotidiana, ambientando guetos, ruas e vielas.

Já no segundo ato, uma rampa de dois metros e meio de altura, muda a perspectiva dos dançarinos e do público, trazendo lembranças de várias relações, positivas ou negativas, e oferecendo relatos físicos sobre o desejo, encontros e dominações perante uma atmosfera de perigo.

“A linguagem do corpo é a primeira forma que o homem descobriu para se relacionar com o outro, seja uma pessoa, um animal ou um objeto. Relações nos cercam como labirintos, sejam elas curtas, duradouras, infindas ou até imperceptíveis. Relacionar-se é estar vivo”, comenta o coreógrado Carlos Laerte, que trouxe a ligação entre o cinema e a linguagem do corpo como fragmento do desejo, discussão e relação.

Os ingressos estão disponíveis com valores a partir de R$16 (meia) e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou diretamente na bilheteria do Centro Cultural Teatro Guaíra.

O espetáculo “Relações” é realizado pela Curitiba Companhia de Dança e dos Amigos Apoiadores da Dança de Curitiba. Parte da renda arrecadada será doada para o Pequeno Cotolengo.

**Estudantes, doadores de sangue, professores, portadores de necessidades especiais (PNE), portadores de câncer, pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da indústria também são beneficiados com meia-entrada.

Ficha Técnica:
Direção Geral: Nicole Vanoni
Concepção, Dramaturgia e Coreografia: Carlos Laerte
Assistente de Direção: Claudio Fontan
Ensaiadores: Claudio Fontan e Eunice Oliveira
Professora: Viviane Cecconello
Professora da técnica de Alexander: Sheila Tramujas
Figurino: H-AL / Alexandre Linhares e Thifany F.
Cenário: Carlos Laerte
Trilha Sonora: Luciano Salvador Bahia
Edição Trilha Sonora: Dj Marcão
Execução cenográfica: Reinaldo Rocha e Élio Chaves
Iluminação: Fabia Regina
Produção: Bia Reiner
Realização: Curitiba Cia de Dança e Amigos e Apoiadores da Dança de Curitiba
Elenco/Curitiba Cia de Dança: Ane Adade, Clarissa Moura, Danilo Silvestre, Davi Mero, Edgar Marques, Frederick Nicolás, Hamilton Félix, Jaruam Miguez, Leonardo Silveira, Marcela Pinho, Nayara Santos, Nicole Vanoni, Patrich Lorenzetti, Rubens Vital, Tatiana Araújo.
Estagiário: Mario Gilberto

Sobre a Curitiba Cia De Dança – A Curitiba Cia de Dança foi criada em 2013 por Nicole Vanoni e um grupo de artistas de origem e experiências diferenciadas, que se aglutinam ao redor da ideia de experimentação, pesquisa e criação em dança contemporânea, e na diversidade de experiências com coreógrafos diferentes. A primeira obra coreográfica da Cia, “A Lenda das Cataratas”, com concepção de Rafael Zago, surgiu em 2014 e participou de festivais no Brasil e no exterior. Em 2017, a apresentação “Memória de Brinquedo”, uma vitoriosa parceria entre a Cia e o renomado coreógrafo brasileiro Luiz Fernando Bongiovanni, surgiu para retratar as preocupações e provocar o espectador em relação ao mundo moderno e tecnológico. Em 2018, a Curitiba Cia de Dança estreia, no Oeste do Paraná, o espetáculo “Cirandas” baseado nas cirandas de Villa-Lobos e, para o final do ano, prepara o espetáculo “Relações” do coreógrafo carioca Carlos Laerte.

Serviço:
Curitiba Cia de Dança apresenta “Relações”
Data: 8 de novembro (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Centro Cultural Teatro Guaíra ( Rua XV de Novembro, 971 – Centro)
Valor: R$16 (Meia ) / R$26 (inteira)
**Estudantes, doadores de sangue, professores, portadores de necessidades especiais (PNE), portadores de câncer, pessoas acima de 60 anos
e trabalhadores da indústria também são beneficiados com meia-entrada.

Realização: Curitiba Companhia de Dança e Amigos Apoiadores da Dança de Curitiba
Classificação: Livre
Evento oficial: https://www.facebook.com/events/2190588107934306/

foto cayo vieira

No dia 8 de novembro, às 20h, a Curitiba Companhia de Dança, escola de dança da capital paranaense, apresenta o seu espetáculo inédito “Relações”, que aborda os relacionamentos humanos por meio da coreografia do carioca Carlos Laertes.

A apresentação, que é dividida em duas partes, promove a investigação coreográfica das relações dentro das grades dos academicismos clássicos e contemporâneos, observando a experiência do desejo humano pelo outro e o seu estado inicial, realçando o equilíbrio entre a libertação e a alienação.

No primeiro momento, o palco é dividido em dez estruturas metálicas, que espelham o ambiente de cada intérprete, passando uma ideia mais árida da superfialidade cotidiana, ambientando guetos, ruas e vielas.

Já no segundo ato, uma rampa de dois metros e meio de altura, muda a perspectiva dos dançarinos e do público, trazendo lembranças de várias relações, positivas ou negativas, e oferecendo relatos físicos sobre o desejo, encontros e dominações perante uma atmosfera de perigo.

“A linguagem do corpo é a primeira forma que o homem descobriu para se relacionar com o outro, seja uma pessoa, um animal ou um objeto. Relações nos cercam como labirintos, sejam elas curtas, duradouras, infindas ou até imperceptíveis. Relacionar-se é estar vivo”, comenta o coreógrado Carlos Laerte, que trouxe a ligação entre o cinema e a linguagem do corpo como fragmento do desejo, discussão e relação.

Os ingressos estão disponíveis com valores a partir de R$16 (meia) e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou diretamente na bilheteria do Centro Cultural Teatro Guaíra.

O espetáculo “Relações” é realizado pela Curitiba Companhia de Dança e dos Amigos Apoiadores da Dança de Curitiba. Parte da renda arrecadada será doada para o Pequeno Cotolengo.

**Estudantes, doadores de sangue, professores, portadores de necessidades especiais (PNE), portadores de câncer, pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da indústria também são beneficiados com meia-entrada.

Ficha Técnica:
Direção Geral: Nicole Vanoni
Concepção, Dramaturgia e Coreografia: Carlos Laerte
Assistente de Direção: Claudio Fontan
Ensaiadores: Claudio Fontan e Eunice Oliveira
Professora: Viviane Cecconello
Professora da técnica de Alexander: Sheila Tramujas
Figurino: H-AL / Alexandre Linhares e Thifany F.
Cenário: Carlos Laerte
Trilha Sonora: Luciano Salvador Bahia
Edição Trilha Sonora: Dj Marcão
Execução cenográfica: Reinaldo Rocha e Élio Chaves
Iluminação: Fabia Regina
Produção: Bia Reiner
Realização: Curitiba Cia de Dança e Amigos e Apoiadores da Dança de Curitiba
Elenco/Curitiba Cia de Dança: Ane Adade, Clarissa Moura, Danilo Silvestre, Davi Mero, Edgar Marques, Frederick Nicolás, Hamilton Félix, Jaruam Miguez, Leonardo Silveira, Marcela Pinho, Nayara Santos, Nicole Vanoni, Patrich Lorenzetti, Rubens Vital, Tatiana Araújo.
Estagiário: Mario Gilberto

Sobre a Curitiba Cia De Dança – A Curitiba Cia de Dança foi criada em 2013 por Nicole Vanoni e um grupo de artistas de origem e experiências diferenciadas, que se aglutinam ao redor da ideia de experimentação, pesquisa e criação em dança contemporânea, e na diversidade de experiências com coreógrafos diferentes. A primeira obra coreográfica da Cia, “A Lenda das Cataratas”, com concepção de Rafael Zago, surgiu em 2014 e participou de festivais no Brasil e no exterior. Em 2017, a apresentação “Memória de Brinquedo”, uma vitoriosa parceria entre a Cia e o renomado coreógrafo brasileiro Luiz Fernando Bongiovanni, surgiu para retratar as preocupações e provocar o espectador em relação ao mundo moderno e tecnológico. Em 2018, a Curitiba Cia de Dança estreia, no Oeste do Paraná, o espetáculo “Cirandas” baseado nas cirandas de Villa-Lobos e, para o final do ano, prepara o espetáculo “Relações” do coreógrafo carioca Carlos Laerte.

Serviço:
Curitiba Cia de Dança apresenta “Relações”
Data: 8 de novembro (quinta-feira)
Horário: 20h
Local: Centro Cultural Teatro Guaíra ( Rua XV de Novembro, 971 – Centro)
Valor: R$16 (Meia ) / R$26 (inteira)
**Estudantes, doadores de sangue, professores, portadores de necessidades especiais (PNE), portadores de câncer, pessoas acima de 60 anos
e trabalhadores da indústria também são beneficiados com meia-entrada.

Realização: Curitiba Companhia de Dança e Amigos Apoiadores da Dança de Curitiba
Classificação: Livre
Evento oficial: https://www.facebook.com/events/2190588107934306/

Única sessão acontece no Teatro Guaíra

A garotinha de três aninhos danada de esperta, seu amigo urso e toda a turma que as crianças assistem na telinha estão de volta a Curitiba em um espetáculo que tem música, brincadeira e muita diversão. Masha e o Urso Live Show acontece dia 3 de junho, no Teatro Guaíra em uma produção local da Messe Produções Culturais. O musical, concebido pela HK Entretenimento, traz todos os personagens da animação com figurinos idênticos à série russa e cenários cheios de detalhes.

O espetáculo mostra um dia divertido de Masha, que vive perto de uma estação ferroviária abandonada na Ferrovia Transiberiana, e seus alegres passeios pela floresta onde ela encontra o Coelho, o Porco, os Lobos e, claro, seu paciente e melhor amigo, o Urso. Tudo é apresentado a partir das canções originais, muitos efeitos de iluminação e cenários pra lá de coloridos.  Sua prima de Moscou, Dasha, também participa do espetáculo.

Os ingressos já estão à venda pelo Disk Ingressos a R$ 40 a meia entrada. A meia entrada é válida para doadores de sangue, estudantes, idosos, PNE´s, professores, portadores de câncer e cartão fidelidade Disk Ingressos. Criança a partir de dois anos precisa de ingresso. Mais informações pelo 41 3315 0808.

Serviço

O que: Masha e o Urso Live Show

Quando: dia 3 de junho às 15h

Onde: Teatro Guaíra

Quanto: R$ 40 a meia entrada. A meia entrada é válida para doadores de sangue, estudantes, idosos, PNE´s, professores, portadores de câncer e cartão fidelidade Disk Ingressos. Criança a partir de dois anos precisa de ingresso. Mais informações pelo 41 3315 0808.

Quarteto italiano apresenta “A Night With the Best of Il Divo”, quinta-feira, dia 5 de outubro, às 21h, no Guairão

Mundialmente conhecido por ser o primeiro grupo de Crossover Clássico no mundo e também o de maior sucesso, o quarteto internacional Il Divo apresenta sua nova turnê pelas Américas passando por mais de 20 cidades, e chega ao Brasil para cinco shows, a estreia acontece em Curitiba.

Il Divo – que já vendeu mais de 30 milhões de álbuns pelo mundo – vai apresentar seus maiores sucessos para o público. A turnê segue para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. O grupo é formado pelo tenor suíço Urs Buhler, pelo barítono Espanhol Carlos Marin, o artista pop Frances Sébastien Izambard e pelo tenor Americano David Miller.

Durante mais de uma década o grupo vendeu mais de 30 milhões de álbuns pelo mundo, atingiu 50 vezes o top dos charts de vendas, recebeu 160 discos de ouro e platina em mais de 33 países diferentes e já apresentou quatro turnês mundiais.

Serviço:
Il Divo – A Night With the Best of Il Divo
Dia 5 de outubro, às 21h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão
Ingressos: PLATEIA VERMELHA (filas A a F): R$ 650,00; PLATEIA AZUL (filas G a N): R$ 600,00; PLATEIA LARANJA (filas O a Q – poltronas 10 a 48); PLATEIA LARANJA (filas R a S – poltronas 11 a 49); PLATEIA LARANJA (filas T e U – poltronas 12 a 50); PLATEIA LARANJA (fila V – poltronas 10 a 28): R$ 550,00; PLATEIA AMARELA (filas O a Q – poltronas 1 a 9 e 49 a 57); PLATEIA AMARELA (filas R a S – poltronas 1 a 10 e 50 a 59); PLATEIA AMARELA (fila T e U – poltronas 1 a 11 e 51 a 61); PLATEIA AMARELA (fila V – poltronas 1 a 9 e 33 q 37): R$ 450,00; 1º BALCÃO ROXO (filas A a E): R$ 400,00; 1º BALCÃO VERDE (filas F a I): R$ 350,00; 2º BALCÃO AZUL (filas A a D): R$ 300,00; 2º BALCÃO LARANJA (fila E a I) R$ 200,00 + R$ 6,00 Taxa Administrativa. Desconto de 40% para o Cartão Teatro Guaira e Cartão do Assinante da Gazeta do Povo até 02 ingressos por cartão. Desconto não cumulativo com outros benefícios previstos em lei.
Classificação indicativa: Livre.

Em única apresentação no Teatro Guaíra, a cantora traz à cidade no próximo sábado a sua nova turnê nacional recheada de novidades

No próximo dia 25 de março (sábado), Paula Fernandes estará novamente em Curitiba para apresentar a sua nova turnê aclamada pelo público, “Amanhecer”. Com realização da Prime (www.maisumadaprime.com.br), a cantora sertaneja fará única apresentação no palco do Teatro Guaíra (Rua XV de Novembro, 971), a partir das 21h15.

O espetáculo promete transportar os fãs por um repertório de músicas inéditas e sucessos do passado minunciosamente pensados para o DVD que dá nome à turnê, gravado em São Paulo. Músicas como “Não Precisa”, “A Paz Desse Amor”, “Olhos de Céu”, “Amanhecer”, “Piração” e outros sucessos estão entre as escolhas do repertório.

O cenário, formado por um painel de LED, vai projetar uma extensão da cantora no palco, permitindo que as luzes tragam ainda mais vida às três partes do show que vão representar a noite, a madrugada e o amanhecer. O objetivo é fazer com que o público viva cada momento e sinta as mesmas emoções que Paula dentro da magia do espetáculo.

A direção da turnê está a cargo de Raoni Carneiro, que acumula trabalhos como o “Show da Virada”, “Especial Roberto Carlos” e “Criança Esperança”, da Rede Globo, além de produções com Sandy, Capital Inicial, entre outros artistas.

“É sempre uma alegria estar em perto dos meus fãs em Curitiba. São apresentações recheadas de carinho. Estou muito feliz em dar continuidade à turnê agora em 2017. A proposta é a mesma e o público vai poder ver ao vivo um pouco do que foi aquela noite incrível. Espero que todos curtam esse momento comigo”, convida Paula.

Paula Fernandes é uma das principais artistas brasileiras da atualidade, sendo referência dentro do segmento sertanejo, acumulando números importantes e colecionando recordes. São mais de 4,5 milhões de discos vendidos, fez dez turnês internacionais e emplacou 15 músicas em trilhas de novelas e duas em filmes.

Para mais informações sobre Paula Fernandes, acesse:

www.paulafernandes.com.br

www.facebook.com/ OficialPaulaFernandes

www.twitter.com/ PaulaFernandes7
www.instagram.com/ paulafernandes
www.youtube.com/user/ PaulaFernandesVEVO

Segue link com algumas fotos: 

 

 

Serviço: Paula Fernandes em Curitiba

Local: Teatro Guaíra

Data: 25/03/2017

Horário de abertura do evento: 20h15

Horário de início do show: 21h15

Endereço: Rua XV de Novembro, 971 – Centro, Curitiba – PR.

Duração: 1h40

Ingressos: de R$ 96,00 (meia-entrada) a R$ 336,00 (inteira), de acordo com o setor.

Classificação etária: Livre

Vendas: http://www.diskingressos.com. br/evento/5308

Bilheteria do teatro – Call Center Disk Ingressos “receba em casa”: (41) 3315-0808

Link para o evento: http://www.maisumadaprime.com. br/age_det.php?cod=598

Dama da canção americana Dionne Warwick se apresenta no Teatro Guaíra dia 24 de março trazida pelo produtor Manoel Poladian

Um dos nomes mais representativos do cancioneiro americano ,a cantora Dionne Warwick é a homenageada do programa Cinemaskope, A Maravilhosa Música do Cinema, que vai ao ar neste domingo (19) às 22 horas na EDUCATIVA FM 97,1.

Sua carreira foi impulsionada pelos compositores Burt Bacharach e Hal David. Celebrando  50 anos de carreira, estima-se que ela tenha vendido mais de 66 milhões de cópias de seus discos.  Ela é  grande admiradora da música brasileira, e além de uma casa de veraneio na Bahia e outra no bairro do Jardim Botânico no Rio de Janeiro Dionne apresenta-se com certa regularidade ao lado de intérpretes de renome, como Ivan Lins, Simone e Jorge Ben Jor entre outros.

O programa traz canções de Burt Bacharach e Hal David que inclui sucessos como Wives and Lovers, The Look of Love e I Say a Litlle Prayer for You.

Serviço:

Dionne Warwick canta canções de Burt Bacharach e Hal David

EDUCATIVA FM 97,1

Data: 19 de março

Hor: 22 hs.

Produção: Tiomkim

Edição: Joaci Santos

IMG_4711

Grupo IOA Dança, de Jundiaí (SP), campeão geral do Prêmio Desterro 2015. CRÉDITO: CRISTIANO PRIM/DIVULGAÇÃO

IMG_1706

Ballet Margô, de Caxias do Sul (RS), melhor balé do Prêmio Desterro 2015. CRISTIANO PRIM/DIVULGAÇÃO

E7D_0218

Escola de Dança Teatro Guaíra, de Curitiba, melhor balé clássico de repertório do Prêmio Desterro 2015. CRÉDITO: CRISTIANO PRIM/DIVULGAÇÃO

Prazo para grupos do Brasil e do exterior termina dia 15 de junho

 

     Seguem abertas as inscrições para o Prêmio Desterro – 7° Festival de Dança de Florianópolis, que ocorrerá de 30 de agosto a 4 de setembro, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Podem participar do processo seletivo bailarinos, grupos, companhias, escolas e academias do Brasil e do exterior, profissionalizados ou não. A premiação total de R$ 22 mil será distribuída entre os melhores bailarino, bailarina e coreógrafo, os vencedores de cada gênero de dança, o destaque do evento e o grande campeão.

     São aceitos trabalhos de balé clássico, balé clássico de repertório, dança contemporânea, dança de salão, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado, que concorrerão em duas categorias: júnior (nascidos entre 2000 e 2004) e adulto (nascidos até 1999). Os subgêneros estão divididos em solo masculino e feminino, duo e conjunto.

IMG_15840006

George Sada, a ex-professora da EDTG, Marlene Tourinho, e o secretário de estado da Cultura, João Luiz Fiani.
 

fotos fernanda castro

IMG_1622004

Monica Rischbieter e Cleverson Cavalheiro (em primeiro plano), com o diretor artístico Cleverson Cavalheiro (alunos ao fundo)

Mostra foi aberta nesta sexta-feira (8) e ficará até o fim do ano no Salão de Exposições do Centro Cultural Teatro Guaíra, em Curitiba. Também foi descerrada placa comemorativa aos 60 anos no saguão do Guairão 

A Escola de Dança Teatro Guaíra comemorou nesta sexta-feira os 60 anos de criação com a abertura da exposição que reúne programas de espetáculos, troféus recebidos pelos alunos, participações com o Balé Teatro Guaíra e Orquestra Sinfônica do Paraná,  figurinos e um vídeo institucional da Escola. No saguão do Guairão foi descerrada placa comemorativa aos 60 anos da EDTG. A exposição ficará aberta ao público até o fim do ano, no Salão de Exposições do Centro Cultural Teatro Guaíra.

Também dentro das atividades de comemorações dos 60 anos será lançado no segundo semestre um livro de memórias da Escola.

Na solenidade de descerramento da placa, o secretário de estado da Cultura, João Luiz Fiani, disse que é emocionante na comemoração dos 60 anos ele ser o representante da pasta.  “Aos 15 anos pisei pela primeira vez no Teatro Guaíra e a Escola de Dança teve um papel importante na minha formação pessoal e profissional. Hoje, 37 anos depois, reencontro antigos colegas e professores, o que me emociona muito. É um orgulho também para o Paraná que uma escola de dança pública complete 60 anos de atividades e com o reconhecimento que tem”, afirmou.

A diretora-presidente do Centro Cultural Teatro Guaíra, Monica Rischbieter, que também foi aluna da EDTG, parabenizou o corpo docente. “A Escola funciona há 60 anos porque tem professores dedicados e prontos para superar qualquer adversidade. O trabalho deste grupo é sério e digno de todo o respeito”, disse.

Histórico – o Curso de Danças Clássicas do Teatro Guaíra foi criado em 1956 para preparar alunos para o Corpo de Baile do Teatro. O curso passou por várias adaptações e chegou a ter 12 níveis, o que incluiu aulas de História da Dança e História da Música.

Antes da inauguração do Guairão (que ocorreu em 1974 e teve participações das alunas mais adiantadas da Escola no espetáculo de inauguração) as apresentações de fim de ano aconteciam no Guairinha.

O projeto pré-profissional foi criado em 1983 e as turmas para crianças a partir de sete anos foram abertas em 1984. Em 1990 foram regulamentados os três últimos anos do Curso Profissionalizante de 2º grau na Habilitação de Bailarino para Corpo de Baile. E assim nasceu a Escola de Danças Clássicas que, além das Técnicas da Dança Clássica e Moderna, oferece aulas de Evolução da Dança, Terminologia, Música, Anatomia, Folclore, Repertório e Técnica Teatral, fazendo valer Estágio Supervisionado, a prática junto ao Projeto Pré-Profissional.
Em 1991, o Projeto Pré-Profissional participa do "9º Festival de Dança de Joinville" e recebe a nota mais alta, conquistando o Troféu Transitório, com a coreografia “Dançata”, de Carla Reinecke.

Nos anos seguintes, novos cursos, classes e projetos foram incorporados à EDTG como o pré-balé (para crianças a partir dos cinco anos de idade), o Dança Masculina, Improvisando Eu Crio e Dança Escola.

Foram criados também o Curso Livre, o Curso de Formação do Artista Bailarino e o Curso Técnico em Dança. Em 2013, comemorando 30 anos do Projeto Pré-Profissional, este grupo é unido ao Grupo Juvenil que forma a Companhia Jovem Teatro Guaíra.

Em 2015, a Escola retornou para o prédio sede do Centro Cultural Teatro Guaíra, na Praça Santos Andrade, no centro, em Curitiba.

No fim do ano passado, nos testes seletivos para novos alunos, a EDTG recebeu 525 inscrições para compor as turmas (masculino e feminino) para o primeiro semestre de 2016.

Atualmente a Escola tem 230 alunos no Curso Técnico em Dança, Curso de Formação, Cursos Livres (infantil e juvenil). 

Mais informações sobre a Escola de Dança Teatro Guaíra estão em http://www.teatroguaira.pr.gov.br/

 

Serviço

60 anos Escola de Dança Teatro Guaíra

Até o fim de 2016

Saguão de Exposições Guairão e Sala de Exposições CCTG

Visitas das 13h às 17 horas

Praça Santos Andrade s/n

Curitiba/ PR

 

 

 

Eros Prado - Foto 18

EROS PRADO RISORAMA

 

 

 

TROMBONE  MISH MASH

trombone hamlet_1 credito_ Ismael Monticelli

 

ismael monticelli                                                                                                               HAMLET

A cantora Maria Bethânia abre hoje o Festival de Curitiba com o recital “Bethânia e as Palavras” em que canta e recita textos, no Teatro Guaíra, às 20h.

Os primeiros três espetáculos da Mostra 2016 entram em cartaz amanhã, dia 23, quarta-feira. “Batucada”, trará elenco recrutado em Curitiba; “Hamlet – Processo de Revelação” é um estudo do personagem shakespeariano que conta com a interação do público; e “Mordedores” apresenta a observação do atrito dos corpos.

 

Encontros de crítica
Os Encontros de Crítica fazem parte da Mostra 2016 e reunirão artistas, espectadores e críticos da Questão de Crítica e do Horizonte da Cena para proporcionar um ambiente de conversa e cumplicidade nos teatros logo após os espetáculos. Os encontros acontecerão após Batucada, Fim de Jogo, Cabras, O Confete da Índia, Eles Não Usam Tênis Naique, Caranguejo Overdrive, Mamãe, Nuon, Tebas Land, Grão da Imagem: Vaga Carne, Mó, Processo de Conscerto do Desejo e Quem Tem Medo de Travesti.

 

Minicurso Shakespeare 400 anos
O minicurso Shakespeare 400 anos, que teve todas as suas vagas esgotadas, também começa nesta quarta. Ministrado por Liana de Camargo Leão, Célia Arns de Miranda e Anna Stegh Camati em forma de palestras, o minicurso de três dias comemora o aniversário de quatro séculos do legado do bardo inglês.
Maishttp://festivaldecuritiba.com.br/evento/shakespeare-400-anos-mini-curso/

 

Dragão gigante feito com milhares de balões
Um dragão gigante feito pelo Palhaço Tomate com milhares de balões é uma das atrações do MishMash, a mostra de variedades do Festival de Curitiba para toda a família. Interpretado pelo comediante argentino Victor Tomate Avalos, o palhaço Tomate utiliza sua habilidade de criar personagens com balões para divertir a plateia com uma série de situações inusitadas. A linguagem simples e a interação com o público contribuem para o sucesso entre todas as idades. O MishMash é a mostra de variedades do Festival de Curitiba para toda a família e todas as idades. A curadoria é de Rafael Barreiros, também conhecido como "Palhaço Alípio". O evento acontece no ParkCultural, no último sábado e domingo do Festival de Curitiba, às 20h no dia 2 e às 18h no dia 3.
 

 

Coleção Dramaturgia Cobogó
Celebrando a Coleção Dramaturgia da Editora Cobogó, Marcio Abreu, Pedro Kosovski e Daniele Avila, autores de alguns dos livros da coleção, além da crítica e pesquisadora de teatro Luciana Romagnolli, se encontram no dia 25 às 17h no Ave Lola Espaço de Criação para debater o papel do texto nas peças teatrais. Afinal, o que faz um texto ser dramaturgia? O que faz um texto precisar da encenação ou prescindir dela? Que elementos de uma peça já estão no texto e quais são construídos pelo encenador e pelos atores? A Coleção Dramaturgia, que terá seus títulos lançados após o debate, foi indicada ao Prêmio APTR de Teatro e em 2015 atingiu a marca de 30 livros publicados.
Maishttp://festivaldecuritiba.com.br/evento/debate-colecao-dramaturgia-cobogo/

 

Risorama começa nesta sexta-feira
Restam poucos ingressos para a abertura da mostra de standup comedy do Festival de Curitiba, o Risorama. Com curadoria do comediante Diogo Portugal e apresentação do ator Marcio Ballas, pelo terceiro ano consecutivo, a mostra vai até o dia 30 de março, com até seis humoristas dividindo o palco por noite. A primeira noite do Risorama vai fazer o público se divertir com Falcão, Nando Viana, Fagner Zadra, Rafael Cortez e Jonathan Nemer.
 

 

Patrocinadores
Os eventos do Festival de Curitiba contam com o patrocínio e apoio de diversas empresas e instituições que acreditam na valorização do Teatro. A 25ª edição do Festival é apresentada por Cielo e Prefeitura de Curitiba e tem o patrocínio de Copel Telecom, Petrobras, Renault e UEG Araucária. O Festival tem ainda parceria com o Shopping Mueller, Palladium Shopping Center, Pátio Batel e ParkShoppingBarigüi, locais onde estão instaladas as bilheterias oficiais para venda de ingressos.

Os eventos simultâneos contam com patrocinadores específicos. O Gastronomix é patrocinado por Cielo e Melitta. O evento terá louça oficial da Oxford Porcelanas. Já o Guritiba é apresentado por Parati. O MishMash é apresentado pela Unimed Curitiba e por Ferramentas Worker.

Ingressos

A venda dos ingressos será pelo site www.festivaldecuritiba.com.br e nas bilheterias oficiais do evento, instaladas no Shopping Mueller, no Palladium Shopping Center, no ParkShoppingBarigüi e o Pátio Batel.  Os ingressos para os espetáculos da Mostra custam entre R$ 30,00 e R$ 70,00 (inteira). Os preços para os trabalhos do Fringe variam de gratuitos a R$ 60,00 (inteira), além da taxa administrativa do emissor do bilhete.

Os ingressos para o Risorama custam R$ 70,00 (inteira) e R$ 35,00 (meia-entrada). Para o MishMash e Guritiba, dois eventos simultâneos voltados para as crianças e famílias, o valor é de R$ 40,00 (entrada inteira) e R$ 20,00 (meia entrada). A entrada do Gastronomix é R$ 12 (não consumível).  E cobrada também uma taxa administrativa que varia entre R$1 e R$5, de acordo com os preços de cada espetáculo.