Tag

museu da moda ney souza

Browsing

Will Cordeiro usa figurinos do Museu da Moda Ney Souza

texto e fotos matheus de la palm

À medida que venho aprofundando meus estudos e trabalho, tenho gostado cada vez mais de trazer elementos de épocas passadas para ambientar as cenas que crio, seja na fotografia ou no audiovisual.
.
Para esse momento do ensaio, escolhi alguns exemplares do primeiro periódico brasileiro sobre cinema, “A Scena Muda”, que circulou no país de 1921 até 1955 – vários deles conservados no acervo de Tiomkim que foi fundamental para essa produção.
.
Na capa, Bebe Daniels, atriz e produtora estadunidense que ficou famosa em Hollywood quando criança, nos anos 10 e 20. Posteriormente fez sucesso no rádio e na TV inglesa. Estampou diversas capas de “A Scena Muda”, inclusive a primeira em 31 de março de 1921.

fotos matheus de la palm

Se Hoagy Carmichael tivesse composto unicamente “Star Dust” já teria seu lugar garantido no panteão dos músicos imortais. Criada em 1927 a canção tornou-se um sucesso imediato agradando a tribo do Jazz e dos intérpretes populares. É talvez uma das canções mais gravadas do século XX. Foi sucesso na voz de Frank Sinatra e Ella Fitzgerald. Encantou músicos como Duke Ellington, Miles Davis e Chet Baker. As orquestras de Ray Conniff, Percy Faith, Mantovani e outras renderam-se também a sua musicalidade. Nos bailes e casamentos das décadas de 50 e 60 não havia quem não pedisse a música.

Carmichael compôs até os anos 60 e criou outras obras primas como “Geórgia of My Mind”, “Skylark”, “Heart and Soul”, entre outras. E agora mais de 40 anos após sua morte o fotógrafo Matheus de La Palm presta uma homenagem à suas canções criando um ensaio que dá o nome de “Star Dust” e que traz o modelo Will Cordeiro como protagonista central, vestindo figurinos exclusivos do Museu da Moda Ney Souza (Lapa-PR). Uma produção que assinamos com muita dedicação e carinho.

A Prefeitura da Lapa e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico através do Museu da Moda Ney Souza promovem o lançamento do livro de Adriana Sydor ” Sete Confissões Capitais e Outros Pecados”, com mostra fotográfica de Victor Sálvaro. Fotos de Lu Salvaro. Beleza de Wagner Stope e Arte de Eduardo Milek. O evento acontece neste sábado às 16 hs no Museu da Moda Ney Souza, no calçadão do Centro Histórico, na tradicional e histórica Lapa-PR. Citada pelo jornalista Aroldo Murá “O livro de Sydor revelou-se-me, antes de tudo, confissões de uma mulher inteligente, dominando bom texto’. Eu tenho pouco a acrescentar sobre essa mulher tímida, de rosto anguloso que lembra a atriz Lauren Bacall. Ela esconde um vulcão literário dentro do peito que merece ser implodido. E hoje vamos celebrar seu talento e sua prosa e também seu mistério que cerca seus olhos sedutores, com uma pitada de melancolia.

A escritora Adriana Sydor e o advogado Alexandre Zipperer no ensaio “Palavras ao Vento”, com figurinos do Museu da Moda Ney Souza, jóias Rodrigo Alarcon e produção visual de Raul  Kruger . Lente de Matheus de La Palm