Tag

cinemateca de curitiba

Browsing

 

GELADEIRA

Os filmes foram produzidos por alunos do Curso de Cinema do Centro Europeu e selecionados para diversos festivais

     Nesta sexta-feira, dia 6 de abril, a Cinemateca de Curitiba vai fazer uma exibição especial de três produções realizadas por jovens diretores formados pelo Curso de Cinema do Centro Europeu. Os filmes são do gênero ficção, e foram selecionados e exibidos com sucesso em diversos festivais de cinema nacionais e internacionais. “Geladeira” teve sua estreia nacional no Festival Olhar de Cinema e estreia internacional no Portland Film Festival, um dos mais importantes dos Estados Unidos. “Quando Desaba” foi exibido no Festival de Cinema da Lapa e tem como destaque em seu elenco Giuly Biancato, atriz premiada no Festival de Cinema de Brasília. “O Homem Sem Fim” participou dos festivais Hollywood Screenings Film Festival, Los Angeles Cinefest, Puerto Madero International Film Festival (Argentina),  Brics Echo Film Festival (Rússia) e Delhi Shorts International Film Festival (Índia), onde foi premiado com Menção Especial do Júri. A sessão tem entrada gratuita e começa às 19h30. Após a exibição dos filmes vai haver um bate-papo com os diretores.

Filmes, diretores e sinopses:
 

Quando Desaba (21min.) – direção de Tiago Campetti 

Duas irmãs muito próximas aguardam a resposta de uma promessa, enquanto sentem aos poucos os efeitos que a adolescência gera em suas vidas. 

Geladeira (18 min.) – direção de Fernando Moreira
O apartamento de Hugo é uma geladeira. Lá fora faz calor. As gavetas congeladas estão cheias. Morno, Hugo decide abrir as gavetas e descongelar uma vontade. 
 
O Homem Sem Fim (22 min.) – direção de Rodrigo Almeida Leite
Entre problemas cotidianos e uma crise existencial, Ramon tenta superar sua incapacidade de completar qualquer tipo de atividade. 
Serviço:
 
Sessão de filmes de alunos do Curso de Cinema Centro Europeu
Data e horário: 6 de abril às 19h30 
Local: Cinemateca de Curitiba
           Rua Carlos Cavalcanti, 1174
Classificação indicativa: 10 anos
Entrada gratuita


 

O programa Cinemaskope, A Maravilhosa Música do Cinema traz na edição deste domingo (15 ) às 22 h na FM 97.1 E-PARANÁ uma entrevista exclusiva com Antonio Cava escritor e curador da mostra “L’ Oro di Argento” – Retrospectiva de filmes do diretor italiano Dario Argento que terá exibição na Cinemateca de Curitiba – De 17 a 21 de outubro 2017. Ele vai dar um panorama sobre a carreira do diretor italiano e comentar sobre os três filmes que serão exibidos na mostra :  A Trilogia Zoonômica ou Trilogia dos Animais, “O pássaro das plumas de Cristal” (1969) “O gato de nove caudas” (1970) e “Quatro moscas sobre veludo cinza” (1971). O programa ainda traz as trilhas sonoras que embalaram os filmes.

 

Serviço:

Entrevista com Antonio Cava

Curador da Mostra  “L’ Oro di Argento” – Retrospectiva de filmes do diretor italiano Dario Argento

Data : 15 de outubro  (domingo ) de 2017

Hor: 22 hs

Local: FM 97.1 E-PARANÁ

Produção: Tiomkim

Edição: Joaci Santos

 

 

 

  Neste domingo, 8 de outubro, na Cinemateca de Curitiba, acontece a estreia de cinco novos videoclipes realizados por alunos do Curso de Cinema do Centro Europeu. Os trabalhos refletem a ótima qualidade e a diversidade de estilos que caracteriza a cena musical curitibana, e foram realizados sob a supervisão dos professores das diversas disciplinas ministradas no curso. A exibição tem início às 15h30 e tem entrada franca.

     

     As músicas, intérpretes e respectivos diretores dos videoclipes são:
5 minutos – Bernando Bravo
Direção: Lucas Teixeira

No caos da cidade, pessoas passam umas pelas outras e se apaixonam instantaneamente, a ponto de se imaginar construindo sua vida ao lado delas.

 

Mês a Mês – Killing the Kid
Direção: Edu Baggio
Um trabalhador se vê sufocado por sua rotina de trabalho ao mesmo tempo em que é assombrado por uma forte depressão. Desesperado, ele busca uma forma de acabar com sua dor, seja pela morte ou pelo consumismo.
 
 
Felicidade – Radiophonics
Direção: Cilanda Monteiro
A procura pela sua própria felicidade, ser feliz da sua forma. Viver e encontrar o que lhe faz feliz. 
 

Porque não tem paquita preta – Simone Magalhães
Direção: Pretícia Jerônimo
Crítica à mídia institucional. 
 

Sobre Mim – Skayfa
Direção: Cristiano Vaz
Ele, mágico. Ela, sua assistente. No picadeiro, no entanto, a verdadeira mágica é esconder os problemas em seu relacionamento.
 
 

Serviço:
Estreia de Videoclipes do Curso de Cinema do Centro Europeu
Data e horário: 8 de outubro (domingo) às 15h30
Local: Cinemateca de Curitiba
Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174
Entrada gratuita
Classificação indicativa: 12 anos

Revelando os mistérios da arte da animação, “História Antes de Uma História” chega à Cinemateca de Curitiba. A estreia é no dia 13 de junho, com sessões sempre às 16h.

Este é o primeiro longa-metragem de Wilson Lazaretti – que há mais de 40 anos se dedica à arte da animação – e levou 13 anos para ser concluído. Com distribuição Polifilmes e codistribuição da Spcine (empresa de desenvolvimento do audiovisual da Prefeitura de São Paulo), a animação mostra a trajetória de Dr. K, um velho senhor que gosta muito de caminhar. No decorrer de uma de suas andanças, ele acaba encontrando vários objetos que o ajudarão a desvendar os grandes mistérios da técnica da animação: como um desenho animado aprende a ‘andar’? O que acontece quando uma personagem é criada sem um coração? O que animar primeiro: um ovo ou uma galinha?

Em 78 minutos, Dr. K mergulha no mágico mundo da animação, ao lado do menino Matias, da menina Laurinha e da galinha Melodia, que vão conhecer e experimentar na prática as diversas etapas e instrumentos necessários para dar vida a uma história. A trilha traz canções nas vozes de Elza Soares, que interpreta duas músicas da ‘Feiticeira’, Ná Ozetti, que faz a voz da ‘Folha Branca’, e inúmeras referências a grandes compositores clássicos como Bizet, Bach, Carlos Gomes, entre outros.

Concluído em 2014, o filme de Lazaretti já passou por vários festivais internacionais antes de estrear oficialmente no Brasil, em países como Portugal, Croácia, Grécia, Argentina, França e Cuba, conquistando o público por onde passou e mostrando que a magia da animação é mesmo universal.

A Cinemateca de Curitiba fica na Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174, no bairro São Francisco. As sessões acontecem de 13 a 28 de junho, sempre às 16h.  Os ingressos custam R$10 (inteira)e R$5,00 (meia).

Conheça o Diretor

Cofundador do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas ao lado de Maurício Squarisi, Wilson Lazaretti é autodidata e iniciou sua relação com o desenho animado aos 20 anos de idade, dando aulas para crianças no Conservatório Musical Carlos Gomes, em Campinas/SP. Já realizou mais de 2500 oficinas de animação para crianças, jovens e adultos em quase todo o território brasileiro, além de países como Argentina, Portugal, Dinamarca, Suécia e Estados Unidos. Fabrica materiais de apoio didático e brinquedos ópticos para o aprendizado das técnicas de animação desde 1999 e, há mais de 23 anos, leciona na Universidade Estadual de Campinas, no Instituto de Artes, Departamento de Artes Plásticas. Com mais de 40 anos de atuação e mais de 300 filmes produzidos, o Núcleo é uma entidade sem fins lucrativos que desenvolve diversas atividades relacionadas ao ensino, pesquisa e divulgação de técnicas de animação. São duas linhas de produção de filmes de animação: os trabalhos autorais, realizados individualmente pelos diretores, e filmes realizados em oficinas, desenvolvidos com o objetivo de proporcionar aprendizado aos participantes.

SERVIÇO

Cinemateca de Curitiba apresenta: ‘História Antes de uma História’

Data (s): 13/06/2017 a 28/06/2017 – 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, e domingo.

Horário: 16h.

Ingresso: 10 | 5

Obs.: Não haverá sessões nos dias 17 e 24

Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco

http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/agenda/cinemateca-de-curitiba-historia-antes-de-uma-historia/

 

Saiba Mais:

História Antes de Uma História

Animação de Wilson Antonio Lazaretti

Tempo de duração: 78 min

Classificação indicativa: Livre

Co-distribuição: Spcine e da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Distribuição pela Polifilmes

Site: http://www.ncacampinas.org.br/hauh/

Facebook: @HistoriaAntesDeUmaHistoria

Produção: Núcleo de Cinema de Animação de Campinas

Acompanhe no facebook: @ncacampinas

 

EXODUS

A Cinemateca de Curitiba apresenta a partir desta quinta-feira (1º) a mostra “Olhares sobre o Refúgio”, com exibição até domingo (4), sempre às 19h, de produções sobre o drama de refugiados. A mostra é promovida pela ACNUR – Agência da ONU para Refugiados como parte das comemorações pelo Dia Mundial do Refugiado, celebrado em 20 de junho.

A mostra está sendo exibida em cinco capitais brasileiras. Em Curitiba, serão apresentados quatro documentários: o curta-metragem canadense “Bem-vindo ao Canadá”; o filme “Estou com a Noiva”, uma co-produção da Itália e Palestina; “Exodus – De onde eu vim não existe mais”, realização conjunta de Brasil e Alemanha; e a produção nacional “Era o Hotel Cambridge”. A entrada é franca.

 

Serviço:

Mostra Olhares sobre o Refúgio

Local: Cinemateca de Curitiba – R. Carlos Cavalcanti, 1174

Data: 1º a 4 de junho de 2017 (quinta-feira a domingo)

Horário: 19h

Entrada franca

Informações: (41) 3321-3310

 

 

MOSTRA “OLHARES SOBRE O REFÚGIO”

 

BEM-VINDO AO CANADÁ. Welcome to Canada

Direção: Adam Loften e Mary Fowles. 19 min. Canada, 2016. Documentário

Este curta-metragem conta a história de Mohammed Alsaleh, um jovem refugiado sírio que vive no Canadá desde 2014. Depois de ter sido preso e torturado, Mohammed busca reconstruir a sua vida no Canadá. Ele aconselha famílias sírias recém-chegadas pela mesma ONG de Vancouver que o ajudou durante seu próprio processo de acolhida no país. Como Mohammed, essas famílias deixaram seus entes queridos para trás e estão se esforçando para se adaptar a uma nova terra, encontrando resiliência e esperança para um novo começo.

 

ESTOU COM A NOIVA. Io sto con la sposa.

Direção: Antonio Augugliaro, Gabriele Del Grande e KhaledSoliman Al Nassiry.  89 min. Itália/Palestina. 2014. Documentário

Um poeta palestino e um jornalista italiano conhecem um grupo de sí­rios e palestinos em Milão, que entraram na Europa através da ilha italiana de Lampedusa, com o objetivo de escapar da guerra na Síria. Eles decidem ajudar os refugiados a completarem sua jornada rumo à Suécia por meio de um casamento arranjado e, com sorte, assim evitar que sejam presos como traficantes. Com um dos palestinos vestido de noiva, e sírios e italianos como supostos convidados do casamento, eles cruzam metade da Europa em uma jornada de quatro dias e três mil quilômetros. Inspirado em fatos reais que aconteceram na estrada entre Milão e Estocolmo no ano de 2013.

 

EXODUS – DE ONDE EU VIM NÃO EXISTE MAIS

Direção: Hank Levine. 105 min. Brasil/Alemanha. 2016. Documentário.

Acompanhando as jornadas de seis refugiados, Napuli, Tarcha, Bruno, Dana, Nizar e Lahtow, esta é uma observação sobre o estado do mundo frente à crise dos refugiados que se espalhou por todo o planeta, visto que cada vez mais pessoas deixam seus lares para fugirem de motivos diversos como guerras e epidemias, buscando um porto seguro para recomeçar suas vidas.

 

ERA O HOTEL CAMBRIDGE

Direção: Eliane Caffé. 93 min. Brasil. 2017. Ficção Documental.

Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Agora são duas sessões mensais, uma no centro e outra no bairro Portão

No segundo ano de exibições do Cineclube Aliança Francesa, projeto da instituição de ensino com a Cinemateca de Curitiba, os parceiros aumentaram a abrangência com sessões também no Cine Guarani do Portão Cultural.

“Nosso objetivo é disseminar a cultura francesa em Curitiba, dentro e fora da Aliança, e o cinema é uma forma atrativa e democrática de fazer isso”, comenta Bertrand Lacour, diretor da AF Curitiba.

Neste sábado (29/04), está em cartaz o longa-metragem “La Cérémonie” traduzido como “Mulheres Diabólicas” do diretor Claude Chabrol. Às 16h, começa a sessão do suspense de 1995, que conta a história de Sophie (Sandrine Bonnaire) contratada por Catherine Lelièvre (Jacqueline Bisset) para cuidar da rica mansão de sua família, no interior da França. Silenciosa e eficiente, Sophie logo faz amizade com Jeanne (Isabelle Huppert), responsável pelo correio local. O patriarca da família Lelièvre, Georges (Jean-Pierre Cassel), não aprova esta proximidade e quando Melinda (Virginie Ledoyen), a filha mais velha, descobre o segredo de Sophie o relacionamento cordial entre patrões e empregada acaba de vez.

O Cine Guarani fica no espaço Portão Cultural, na Avenida República Argentina, 3430, no bairro Portão.

A entrada é gratuita e aberta ao público. Mais informações sobre os eventos da Aliança Francesa Curitiba no site www.afcuritiba.com.br.

Serviço

Cineclube Aliança Francesa;

Quando: 29 de abril – sábado, 16h;

Quanto: gratuito;

Onde: Cine Guarani/ Portão Cultural – Avenida República Argentina, 3430 – Portão;

Informações no telefone 41 3223 4457.

Imagem: divulgação.

Cinema Europeu - O casamento  silencioso

 A Cinemateca de Curitiba apresenta, de 14 a 19 de junho, o Festival de Cinema Europeu, com a exibição de 15 filmes de países diferentes – Romênia, Países Baixos, Polônia, Portugal, Alemanha, Suécia, Espanha, Dinamarca, Itália, França, República Tcheca, Eslováquia, Eslovênia, Hungria e Áustria. Produzidos na última década, os filmes apresentam um panorama atual da produção cinematográfica do continente. A entrada é franca.

 

Programação:

 

 

Dia 14/06/16 às 16hs

O CASAMENTO SILIENCIOSO (Romênia/2008, 16 anos, 87’)

Sinopse: Em uma pequena aldeia isolada, em 1953, um casamento é interrompido pela notícia sobre a morte de Stalin. Porque qualquer celebração pública é proibida, eles decidem transformar este evento feliz em um casamento em silêncio. Mas, quando os convidados bebem e se sentem bem, eles esquecem o voto de silêncio que fizeram e o “casamento silencioso” torna-se uma verdadeira festa em seu próprio direito, com consequências trágicas.

Um filme sobre o absurdo da história e como destinos individuais podem ser destruídos pela cegueira coletiva, sobre como a comédia animada pode degenerar em tragédia.

 

Dia 14/06/16 às 18hs

SÓ O MELHOR PARA O NOSSO FILHO (Países Baixos/2014, Livre, 87’)

Sinopse: Kees tem 49 anos, é autista e ainda mora com seus pais. O amor deles dá a Kees a possibilidade de se desenvolver como um adulto relativamente independente. Mas o que acontecerá quando os pais de Kees, agora com 80 e 83 anos, não puderem mais cuidar dele? A cineasta Monique Nolte acompanha as tentativas dos pais de Kees de criar um futuro perfeito para seu filho autista. 

 

Dia 14/06/16 às 20hs

Palestra sobre Cinema Polonês

 

Dia 15/06/16 às 18hs

ARISTIDES DE SOUSA MENDES – O CÔNSUL DE BORDÉUS (Portugal/2011, 12 anos, 90’)

Sinopse: Com a invasão de França pelas tropas nazistas, milhares de refugiados começam a formar-se junto do consulado português em Bordéus, na esperança de obterem um visto para Portugal. Obrigado a respeitar a circular de Salazar que determinava a proibição expressa de concessão de vistos a quaisquer refugiados judeus, Sousa Mendes viveu, então, um terrível dilema: se concedesse vistos, arriscava a carreira diplomática e o sustento da sua família; se não o fizesse, todas aquelas pessoas teriam como destino os campos de concentração. Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus, revisita a extraordinária história do herói português que salvou mais de 30.000 vidas durante a Segunda Guerra Mundial e desvenda a consciência e coragem de um homem que ousou desafiar Salazar inscrevendo o seu nome na história da humanidade.

 

Dia 15/06/16 às 20hs

OCIDENTE (Alemanha/2013, 12 anos, 102’)

Sinopse: No fim dos anos 1970, na Alemanha Oriental, Wassilij (Carlo Ljubek) é um físico russo que vive com a esposa Nelly Senff (Jördis Triebel) e o filho Alexej (Tristan Göbel). Ele frequentemente viaja para participar de conferências. Desta vez, não será apenas mais uma viagem, como a família pensa. O físico não voltará para casa. Três anos mais tarde, Nelly tem o objetivo de se casar com um homem do lado ocidental para Alexej ter uma vida melhor.

 

Dia 16/06/16 às 18hs

UMA SEPARAÇÃO (Suécia/2014, Livre, 70’)

Sinopse: Tudo bem jogar fora seu velho vestido de casamento? O que fazer com as taças de cristal que ninguém quer? Uma Separação de Karin Ekberg é um documentário tragicômico que explora os últimos atos de um longo casamento. Um filme sobre a tentativa de um recomeço, quando algo – por fim e infelizmente – acaba.

 

Dia 16/06/16 às 20hs

AS OVELHAS NÃO PERDEM O TREM (Espanha/2014, 12 anos, 103’)

Sinopse: Essa é uma comédia otimista sobre como uma turma de amigos, de uns 40 anos, afronta as mudanças da sociedade atual. A falta de trabalho, a necessidade de se reciclar, as histórias de amor que poucas vezes seguem o “para sempre” e a sensação de que as coisas não são como tinham nos falado, cercam os personagens que lutam para reencaminhar as suas vidas, combinando situações do quotidiano com cenas surrealistas nas quais todos podemos nos identificar.

 

Dia 17/06/16 às 18hs

O IDEALISTA (Dinamarca/2015, 10 anos, 114’)

Sinopse: Filme de suspense sobre um capítulo secreto da história dinamarquesa do século XX. Durante a guerra fria, um avião americano contendo bombas de hidrogênio sofre um acidente perto da base americana na Groenlândia. Diversos trabalhadores dinamarqueses são escalados para limpar o local do acidente. Vinte anos depois, um velho trabalhador da base conta a um jovem jornalista sobre doenças estranhas e mortais que afetam seus companheiros e que poderiam estar associadas à carga contida no avião. O jornalista passa a investigar o caso e acaba descobrindo que o assunto tem o envolvimento tanto do governo dinamarquês como do governo americano.

 

Dia 17/06/16 às 20hs

A VARIÁVEL HUMANA (Itália/2009, 14 anos, 83’)

Sinopse: Depois do assassinato, em Milão, de um empresário intimamente ligado à política, um delegado é forçado pelo superior a assumir o caso que logo se tornará muito delicado. Na mesma noite nos quartos da delegacia de polícia também entra Linda, sua filha, presa porque encontrada na posse de sua pistola de serviço.

A pesquisa o levará em contato com um mundo metropolitano decadente e corrupto e com implicações inesperadas que irão forçá-lo a enfrentar a sua vida pessoal e o seu papel de pai que tinha negligenciado após a morte de sua esposa.

 

Dia 18/06/16 às 16hs

HOPE (França/2014, Livre, 86’)

Sinopse: Léonard salva Hope da morte em pleno deserto do Saara. Ele é camaronês, ela nigeriana, e os dois desejam abandonar a África e alcançar a Europa. Defendendo-se dos perigos da área hostil, eles firmam uma parceria que logo evolui para romance. 

 

Dia 18/06/16 às 18hs

FAIR PLAY (República Tcheca/2014, 12 anos, 100’)

Sinopse: Década de 80 na Tchecoslováquia. A talentosa jovem atleta Anna está selecionada para a equipe nacional e começa a treinar para se qualificar para os Jogos Olímpicos. Como parte da preparação, ela é colocada em um “programa médico” secreto onde é dopada com esteroides anabolizantes. Seu desempenho está ficando melhor, mas depois que ela entra em colapso no treinamento, descobre a verdade sobre as drogas. Anna decide continuar sua preparação sem os esteroides, embora sua mãe esteja preocupada que ela não se qualifique para os Jogos, que vê como a única chance da filha escapar da Cortina de Ferro.

 

Dia 18/06/16 às 20hs

O LIMPADOR (Eslováquia/2015, 12 anos, 94’)

Sinopse: Tomás é um jovem não muito sociável. Ele vai ao psiquiatra, que é claramente obrigado a ir, e conta que às vezes sai para tomar cerveja com os amigos. Porém, na realidade, o hobby dele é ficar escondido e observar a rotina dos vizinhos. Até que um dia, Tomás se apaixona em um dos apartamentos em que observa. Kristina é o seu objeto de fascinação, ela mora com o irmão mais velho, e Tomás logo percebe que há algo de errado com esta família.

 

Dia 19/06/16 às 16hs

FELIZ PARA MORRER (Eslovênia/2013, Livre, 100’)

Sinopse: Ivan, um professor da música aposentado, tem 76 anos e está cansado de viver. Por isso, compra uma tumba e entra num lar de idosos, já pronto para morrer. Porém, num curso de informática ele descobre a paixão de viver.

Feliz para morrer é uma comédia dramática, inspirada pela vida real. É uma história de envelhecimento que quebra todos os estereótipos. É uma história que mostra que nunca é demasiado tarde para viver.

 

Dia 19/06/16 às 18hs

AGLAJA (Hungria/2012, 16 anos, 116’)

Sinopse: Baseada em fatos reais, esta é a história da infância e adolescência de Aglaja, filha de uma família de artistas circenses do Leste Europeu. A família foge para a Europa Ocidental após cometer um roubo que os permite começar uma nova vida. Para alcançar o sucesso, sua mãe gasta todo o dinheiro da família para realizar um número perigosíssimo: ficar pendurada pelos cabelos no domo do circo. Toda noite, Aglaja é aterrorizada pelo medo de perder sua mãe.

 

Dia 19/06/16 às 20hs

O VALE SOMBRIO (Áustria/2014, 12 anos, 115’)

Sinopse: Sam Riley é Greider, um forasteiro vindo dos Estados Unidos que se apresenta como um fotógrafo em uma vila. Sua intenção é pedir abrigo durante o inverno rigoroso, algo que consegue somente desembolsando todas as suas economias para Hans Brenner (Tobias Moretti), chefe de um grupo familiar que amedronta os moradores através de ameaças e, em casos mais extremos, violência. Logo comprovamos que Greider não é quem diz ser e há motivações obscuras por trás do seu interesse em visitar um local em que uma maioria é reprimida pelos Brenner. Ao desdobrar este mistério, Andreas Prochaska realça Luzi (Paula Beer), a figura feminina principal do filme, uma opção pouco usual para a narração em off. “O Vale Sombrio” garante autenticidade e tensão.

 

Horário: 16hs, 18hs e 20hs

 

Local: Cinemateca de Curitiba – R. Carlos Cavalcanti, 1174

 

Ingresso: Gratuito