Tag

artestil

Browsing

O artista visual Kenji Fukuda inaugura, no próximo dia 19 de outubro, sábado, às 11 horas, na galeria de arte Artestil, em Curitiba, uma exposição de seus mais recentes trabalhos. São 22 telas em tinta acrílica sobre tela, de grandes e médias dimensões.

Fukuda tem uma carreira artística consistente iniciada nos anos 1960, em São Paulo. Desde então, diversos cursos de arte, viagens e uma intensa produção com diferentes experimentações de materiais em bases bi e tridimensionais colaboraram para consolidar uma obra muito característica.

 A elegância e harmonia das cores e o uso cuidadoso de texturas fazem de sua arte uma agradável experiência atemporal. Suas origens orientais transparecem na atenção milimétrica que já se antecipa à obra nos estudos – produzidos em cartonagem e armazenados envoltos em papel manteiga.

A união de formas geométricas e estruturas indefinidas, aliada ao uso de tonalidades, são características das telas do artista, que proporcionam encontros entre técnicas e sensações. O abstracionismo de suas obras, normalmente em grandes formatos, agrada e instiga de forma sutil o espectador.

Para Carlos Von Schmidt, Fukuda é um “artista que sem alarde, exibicionismo e espalhafato, reformula com seu abstracionismo lírico, com sua geometria sensível, conceitos abstratos há muito arraigados, estratificados. Sua contribuição à pintura abstrata contemporânea é como lufada de ar fresco em tarde de verão”.

Para Liliana Cabral, que representa o artista e realiza a exposição, as obras de sua mais recente produção “tem uma poética tocante e grande delicadeza”, nas nuances de cinzas e azuis que convidam o visitante a refletir e relaxar. A mostra fica em cartaz até o dia 14 de novembro. A Artestil fica na Rua Padre Germano Mayer, 1230.

Serviço:

Exposição do artista Kenji Fukuda

Data de abertura: 19 de outubro, às 11 horas

Período expositivo: até 14 de novembro de 2019

Visitação: segunda à sexta-feira, das 10 às 19 horas; e sábado, das 10 às 14 horas

Local: Galeria de arte Artestil, Rua Padre Germano Mayer, 1.230, Cristo Rei, Curitiba

Juarez Machado inaugura no próximo dia 29 de novembro, às 19 horas, no Museu Guido Viaro, a exposição “Estive e estou Curitiba”. São 23 obras selecionadas pelo artista, que retratam períodos diversos de sua carreira recente, após uma longa temporada sem expor na capital paranaense. A exposição vai até o dia 17 de dezembro.

A marchand Liliana Cabral, da Artestil Galeria de Arte, que promove a exposição, conta que há trabalhos da mostra comemorativa dos 70 anos de Juarez, em 2011, outros realizados após esta mostra e seis telas da coleção “Tangos”. O traço e as cores características do artista estão presentes em todas as obras. “Esta é uma exposição muito interessante, pois tem a impressão digital do Juarez. Ele escolheu pessoal e afetuosamente as 23 obras que vamos expor, pois há tempos não voltava a Curitiba, onde tem muitos admiradores”, conta Liliana.

O catálogo da exposição traz um texto delicioso da jornalista Marina Colasanti e a apresentação do crítico de arte Fernando Bini. Amiga de Juarez Machado desde os anos 1970, Marina lembra da pluralidade artística do amigo que desde as cadeiras da Faculdade de Belas Artes, em Curitiba, na década de 1960, foi cenógrafo, decorador, desenhista, escultor, caricaturista, ilustrador, cartunista, jornalista, ator e até mímico.

Atualmente, Juarez divide seu tempo entre os ateliês de Paris, Rio de Janeiro e Joinville, onde ao lado da mulher Melina, comanda o Instituto Internacional Juarez Machado.

Exposição “Estive e estou Curitiba – Juarez Machado”

Vernissage: 29/11 às 19 horas

Local: Museu Guido Viaro (Rua XV de Novembro 1348)

Horários de visitação: De terça a sábado, das 14 às 18 horas até o dia 17 de dezembro

Entrada gratuita