Cinemaskope

Secretário Douglas Fabrício recebe presidente da FUMTUR de Paranaguá

17 de fevereiro de 2015

Rafael_Guttierris_e_Dep_Douglas_Fabrício

Deputado estadual Douglas Fabrício, secretário de Esportes e Turismo do Paraná e Rafael Guttierris Júnior, Presidente da Fundação Muncipal de Turismo de Paranaguá (FUMTUR) foto paulo mosimann

O deputado estadual licenciado e secretário de Esportes e Turismo do Governo do Paraná, Douglas Fabrício, e Jacó Gimennes, Presidente da Paraná Turismo, receberam na manhã desta quinta (dia 12 de fevereiro) a visita de Rafael Guttierris Júnior, Presidente da Fundação Municipal de Turismo de Paranaguá (FUMTUR). Acompanhado da diretora de Ação Turística, Dayanny Feitoza, Guttierris apresentou o Plano Master de Turismo de Paranaguá 2013/2020 e relatou as expectativas e prioridades do município com a visão de um destino indutor turístico do Litoral.

"É com grande prazer que recebemos Paranaguá nesta nossa primeira audiência, marcando o nosso respeito de como vemos Paranaguá na história paranaense e um dos referenciais do nosso turismo". disse Douglas Fabrício. Para Jacó Gimennes, "as parcerias darão a dinâmica da gestão compartilhada, aproximando o trade, Instâncias de Governança Regionais (IGR's) e governanças municipais, sendo fundamental Paranaguá e Litoral para o nosso Paraná Turístico".

Na ocasião, foi apresentado que a Associação Brasileira de Ilhas Turísticas (ABITUR) tem na presidência Paranaguá pela importância e significado da  Ilha do Mel. Fazem parte da referida entidade entre outros Ilha Bela (SP), Angra dos Reis (RJ), Fernando de Noronha (PE) e a Ilha de Marajó (PA).

A FUMTUR passa a contar com  a cooperação do Governo estadual  nos seus vários projetos para impulsionar o turismo em Paranaguá, com visão regionalizada.  Entre as  estatégias está a utilização da Lei Rouanet, em parcerias com Copel e Sanepar. A prioridade será revitalizar e preparar a Ilha da Cotinga como uma excelente alternativa de turismo diferenciado, resgatando o processo de colonização.

 

A Ilha da Cotinga

Situada na baía de Paranaguá, a Ilha da Cotinga quando do início da ocupação do Paraná, teve influência de colonizadores vindos de São Paulo. Com a intenção de chegar em Paranaguá, eles ali se estabeleceram com receio dos índios Carijós que dominavam a região. A ilha é hoje fonte de mistério, onde são encontradas inscrições em ruínas e vestígios do início da civilização paranaense. Os nativos são índios carijós, que até hoje habitam no cenário onde seus ancestrais nasceram .

Em 1677 foi construída uma capela destinada ao culto de Nossa Senhora das Mercês, demolida em 1699 para se erigir a Igreja de São Benedito no continente. Em 1955 foi pedida a reconstrução da antiga ermida, e em 17 de março do mesmo ano realizou-se uma procissão marítima de retorno da antiga imagem de Nossa Senhora das Mercês, esculpida em pedra vinda de Portugal. No ano de 1993 a ermida foi finalmente reconstruída e inaugurada no dia 25 de abril. O acesso ao templo é feito através de rústica escada de pedra, formada por aproximadamente 365 degraus, proporcionando uma bela vista da cidade e do mar. "Com toda esta singularidade incorporada no processo turístico – segundo Rafael Guttierris, haverá oportunização da prestação de serviços em transporte, condução de turistas, visitação e venda de produtos artesanais".

Fotos –

1. Jacó Gimennes, Presidente da Paraná Turismo, Rafael Guttierris Júnior – Presidente da FUMTUR Paranaguá, Deputado Douglas Fabrício, secretário de Esportes e Turismo do Paraná, e Dayanny Feitoza (FUMTUR), quando da entrega do Plano Master de Turismo, na Paran´á Turismo, em Curitiba.

Você pode gostar também