Cinemaskope

PROJETO REPÚBLICA MUSICAL FEDERATIVA DO BRASIL

29 de julho de 2015

Trio Quintina fotografia de Christian Schwartz bx

 Christian Schwartz

Nesta semana se realizam em Curitiba uma série de apresentações do Projeto República Musical Federativa do Brasil, o Trio Quintina convida Richard Serraria e Kleber Albuquerque para os três shows.

Esta série de apresentações é uma iniciativa do Selo Sete Sóis e visa a conexão musical entre artistas de diferentes partes do Brasil. A ideia principal do projeto é mostrar ao público o trabalho autoral produzido pelos compositores numa grande apresentação, em que cada grupo terá seu momento individual, fazendo também um intercâmbio entre todos no palco, como uma BIG JAM SESSION.

 

Em Curitiba, o Trio Quintina recebe os músicos e compositores Richard Serraria, de Porto Alegre, e Kleber Albuquerque, de São Paulo. Outros shows acontecerão nas cidades dos convidados.

 

Uma ótima oportunidade para o público local conhecer e curtir novos sons e diferentes culturas do nosso país!

 

O primeiro espetáculo será no dia 31 de Julho, sexta-feira, no Teatro Paiol, os outros dois com formatos diferenciados acontecem no sábado, dia 1º de Agosto, as 14 e às 19 horas; – sendo um no Paço da Liberdade e outro na Livraria da Vila, no Pátio Batel.

 

Sobre os Artistas:

Trio Quintina

O Grupo surgiu em 1997, formado pelos Músicos Gabriel Schwartz, Gustavo Schwartz e Fabiano Silveira e estreou nos palcos de Curitiba em 1998. Com o propósito de fazer música brasileira, misturando ritmos e timbres e criando novas sonoridades, ao longo destes anos o Trio já realizou turnês pelo Brasil e por países como Alemanha, Espanha, França, Holanda, Suíça, Itália, Inglaterra, Uruguai, Argentina e Chile.

Essencialmente o nome “Trio Quintina” significa: Cinco elementos musicais (violão, guitarra, flauta, percussão e voz) executados por apenas três músicos. Assim nasceu o grupo, sempre buscando a multiplicidade de sons e valorizando a verdadeira Música Popular Brasileira. Aceda a  www.trioquintina.com.br

 

Richard Serraria

É músico, compositor, poeta, ex-professor universitário e agitador cultural com atuação na cena porto alegrense há mais de 15 anos.

Apresenta um apanhado de sua carreira de 20 anos com sua peculiar mescla de poesia no formato canção, juntando a negritude afro gaúcha com a peculiaridade da música do Pampa.

 

O show atual do cantor porto alegrense já vem sendo realizado no Brasil (Maranhão, Bahia, PE, RN, RS), Uruguai e Argentina. O disco-objeto em formato de caixa de fósforos com a safra mais recente de canções de Richard Serraria será lançado em 2015 em ação conjunta com o Selo Sete Sóis. Em Curitiba o compositor gaúcho apresentará grande parte desse repertório novo.  Conheça mais em www.richardserraria.blogspot.com.br

 

Kleber Albuquerque

Natural de Santo André, SP e lançou seu primeiro CD em 1997.

Pelo Selo Sete Sóis, em 2006 lançou o seu quarto CD, Desvio, que traz uma parceria inédita com Zeca Baleiro. Neste ano também gravou participação nos programas “Bem Brasil” e “Sr. Brasil”, da TV Cultura; e no programa “Talentos”, especial da TV Câmara. Com Ceumar, Rubi, Tata Fernandes e Eliana Printes participou do Festival de Inverno de Paranapiacaba. Também foi convidado de Zeca Baleiro em uma das edições do Baile do Baleiro e abriu o show de Rita Lee para 20 mil pessoas em Santo André.

Em 2007 estreou o show "Sambas Transgênicos e Canções Di_gesta_s" com a "Mini Orkestra de Polka Punk" no Teatro Municipal de Santo André, passando pelo SESC Pompéia e pelo Palácio das Artes, em Belo Horizonte. O show recebeu destaque na Veja São Paulo e no Portal da Veja São Paulo.

http://www.kleberalbuquerque.com.br

 

SETE SÓIS – Selo e Produtora

A Sete Sóis nasceu como produtora em 2004 e hoje fazem parte do seu elenco os cantores e compositores como Assis Medeiros, Fred Martins, Kleber Albuquerque e Zé Modesto; o cantor e ator Rubi; a cantora e compositora Eliana Printes e a cantora e pianista Selmma Carvalho, entre outros. Ainda em 2004 entrou em atividade o selo independente Sete Sóis, responsável pelo relançamento do CD “O Centro Está em Todas As Partes” de Kléber Albuquerque, com quem inicia uma parceria e lança o cd “Desvio” em 2006. Neste mesmo ano lança o disco “Infinito Portátil” de Rubi, que chama a atenção por sair com encarte artesanal e caixinha feita em madeira.

2006 marca também a seleção de Kleber Albuquerque pelo Projeto Rumos do Itaú Cultural e a produção de um show para o Festival de Inverno de Paranapiacaba/SP que reuniu Kléber, Rubi, Ceumar, Tata Fernandes, Eliana Printes e uma super banda com 12 músicos. No mesmo dia do show em Paranapiacaba, Kleber e Rubi gravam participação no programa Bem Brasil da TV Cultura, em São Paulo.

A experiência na realização de grandes projetos culmina com a seleção de Rubi para o Projeto Rumos do Itaú Cultural – Mapeamento 2007 e de seu cd “Paisagem Humana” pelo Programa Petrobras Cultural. Com patrocínio Petrobras, “Paisagem Humana” sai em 2007 pelo selo Sete Sóis, proponente do projeto, com a coordenação da Platô Produções e licenciado para a Gravadora Eldorado.

Em 2007 esta experiência também foi a responsável pela realização de shows de Kléber em Fortaleza pelo Projeto BNB de Cultura e pela seleção para o BNB – Programação 2008 dos 5 projetos enviados pela Sete Sóis. Em 2008 foram produzidos espetáculos musicais em Cariri, Fortaleza e Sousa (Nordeste) com Eliana Printes, Fred Martins, Kleber Albuquerque, Rubi e Selmma Carvalho.

Nestes anos de atuação a Sete Sóis tem desenvolvido parcerias com empresas como Petrobras, Tratore, CEF, Rádio e Gravadora Eldorado, Bueno Comunicação, Usina da Criação, Ateliê de Propaganda, Rádio USP, TUSP, Palácio das Artes de Belo Horizonte, Crowne Plaza e SESC, entre outras, e realizado shows por diversos estados brasileiros.

http://www.setesois.com.br/

 

Ficha Técnica:

 

Gabriel Schwartz – Flauta, sax, percussão e voz

Gustavo Schwartz – Guitarra, cavaquinho, percussão e voz

Fabiano Silveira “O Tiziu” – Violão 7 cordas/Voz

Richard Serraria – Violão e sopapinho ( Tambor de mão)

Kleber Albuquerque – Voz, violão, cavaquinho, computador

Josi Forbeci – Produtora

Débora Slompo – Assistente de Produção

 

 

Serviço: Três apresentações do Trio Quintina e convidados

TEATRO PAIOL

Data: 31/07/2015 – Sexta-feira

Horário: 20:00

Ingressos: R$ 20,00 Inteira

                   R$ 10,00 meia entrada

 

Data: 01/08/2015 – Sábado

SESC PAÇO DA LIBERDADE

Horário: 14:00

 

POCKET SHOW – LIVRARIA DA VILA

Horário: 19:00

Entrada Franca.

Você pode gostar também