Cinemaskope

Produções de Samuel Fuller na programação no Cineclube Sesi de abril

30 de março de 2015

A Dama de Preto

Cineasta é a atração do mês no clube de cinema, com a exibição de cinco filmes

 

 

Para o mês de abril, o Cineclube Sesi apresenta os longas do cineasta Samuel Fuller. Roteirista, produtor e diretor de cinema norte-americano, Fuller também trabalhou como jornalista, policial e soldado na Segunda Guerra Mundial – profissões que resultaram em inspirações para as suas produções. As exibições começam com “A Dama de Preto” (no dia 02/04), e seguem com “No Umbral da China” (09); “Dragões da Violência” (16); “Paixões que Alucinam” (23); e “Cão Branco” (30), sempre às 19h30, na Sala Multiartes do Centro Cultural Sistema Fiep. A entrada é franca.

 

“Fuller começou a trabalhar com cinema depois de realizar diversas atividades profissionais, e essas experiências foram despejadas em seus filmes. Ele é considerado um dos mais subversivos do cinema, pois produziu longas esteticamente inovadores e corajosos”, relata Miguel Haoni, curador do Cineclube Sesi e integrante do Coletivo Atalante.

 

O filme “A Dama de Preto” abre as exibições do ciclo de Samuel Fuller, no dia 02 de abril. O longa contado no final do século 19, traz um jornalista esforçado que consegue abrir seu próprio jornal, que logo se transforma num grande sucesso. A herdeira de um dos maiores jornais da cidade começa uma forte oposição contra ele. Já no dia 9, é a vez de “No Umbral da China”, que apresenta um grupo de mercenários que precisa atravessar o território inimigo durante a guerra do Vietnã para destruir um depósito de armas.

 

“Dragões da Violência” é o filme em cartaz do dia 16, exibindo a história do western em tempos de mudança. Dizem que foi inventado para Fuller filmar aquela longa cavalgada de Barbara Stanwyck à frente dos seus 40 cavaleiros num dos mais estarrecedores planos-sequência jamais filmados. No dia 23, o clube de cinema exibe “Paixões que Alucinam”, com a história de um jornalista que se infiltra em um hospício passando-se por louco para descobrir o autor de um assassinato.

 

E encerrando o ciclo de abril com Samuel Fuller, no dia 30, será transmitido “Cão Branco”, baseado no romance de Ronald F. Maxwell, que conta a estória de um cão que foi treinado a vida toda para atacar pessoas negras, se tornando um retrato dos famosos 'cães brancos' da África do Sul.

 

As exibições dos filmes acontecem na Sala Multiartes do Centro Cultural Sistema Fiep (Av. Cândido de Abreu, 200, Centro – Curitiba – PR) e são seguidas de debates. A entrada é franca com vagas limitadas por ordem de chegada. Mais informações pelo site www.sesipr.org.br/cultura.

 

Serviço:

Cineclube Sesi – Ciclo Samuel Fuller

Local: Centro Cultural Sistema Fiep – Sala Multiartes – Av. Cândido de Abreu, 200 – Centro Cívico – Curitiba/PR

Datas e horários: quintas-feiras, às 19h30

Ingresso: gratuito

 

02/04 – “A Dama de Preto”, de Samuel Fuller (1952, 83 minutos). Classificação indicativa: 16 anos.

09/04 – “No Umbral da China”, de Samuel Fuller (1957, 97 minutos). Classificação indicativa: 16 anos.

16/04 – “Dragões da Violência”, de Samuel Fuller (1957, 76 minutos). Classificação indicativa: 16 anos.

23/04 – “Paixões que Alucinam”, de Samuel Fuller (1963, 101 minutos). Classificação indicativa: 16 anos.

30/04 – “Cão Branco”, de Samuel Fuller (1982, 89 minutos). Classificação indicativa: 16 anos.

 

 

Você pode gostar também