Cinemaskope

LinkedIn é aliado nos negócios

Pinterest LinkedIn Tumblr

foto Adelaide Giacomazzi

“O LinkedIn como um aliado nos negócios” foi o tema do seminário on-line promovido pela BPW Curitiba – Business Professional Women no dia 8 de abril. Organizado pela integrante da Comissão de Educação e Cultura da entidade, Maria Garcia, o evento teve como convidadas a gerente de Relacionamentos do LinkedIn no Brasil, Jacqueline Ferrarezi, e a gerente de Contas Interprise do LinkedIn no Brasil, Letícia Mendonça Costa. O seminário on-line teve a participação de 30 mulheres e foi aberto presidente da BPW Curitiba, Birgit Keller Marsili.

A gerente de Relacionamentos do LinkedIn avaliou que o momento é muito desafiador por causa da pandemia que assola o mundo e também de muitas incertezas, mas acredita que essa situação vai passar e o perfil nesta rede social sairá fortalecido. O LinkedIn tem atualmente 660 milhões de usuários no mundo e no Brasil, mais de 40 milhões. O Brasil é o 4.º maior país em número  de usuários e fica atrás somente dos EUA, Índia e China; os brasileiros são 14% mais ativos nessa plataforma do que os outros no mundo. Segundo Jacqueline, as pessoas estão nesta plataforma  mais para consumir do que para procurar emprego, ao contrário do que muita gente acredita. Dados do LinkedIn apontam que os usuários passam 15 mais vezes procurando conteúdo do que emprego.

Jacqueline dá oito dicas para o perfil no LinkedIn:  adicionar uma foto profissional (da pessoa ou do negócio); adicionar o setor (área de atuação do negócio); escrever um resumo atrativo (área de atuação profissional ou do negócio, pois com este perfil recebe até nove vezes mais visitas); detalhes da experiência profissional (esses detalhes têm em média 10 vezes mais mensagens respondidas ou proativas e oito vezes mais visitas); adição de exemplos do seu trabalho (com upload de vídeos, fotos, etc, relacionadas ao negócios e conquistas); adição de informações de trabalho voluntário (com essa informação tem seis vezes mais atualização do perfil em comparação a quem não tem trabalho voluntário); e adição da competência e de recomendações por terceiros. A gerente de Relacionamentos do LinkedIn orienta também para pedir recomendações para serem inseridas nesta rede , pois ajuda a construir credibilidade e dá visibilidade ao perfil.

Segundo a gerente de Contas Interprise, Letícia Mendonça Costa, o isolamento social vai acelerar as tendências de digitalização que estão ocorrendo no mundo e no caso do empresário, o LinkedIn poderá ser usado cada vez mais para atrair mais clientes, entre outros benefícios. Letícia falou como ampliar a marca pessoal e da empresa durante o seminário on-line e disse que os usuários são os embaixadores de suas marcas. Segundo ela, a jornada de compra e venda hoje é mais complexa o LinkedIn ajuda a chegar nesta fase do negócio. Letícia faz algumas recomendações para ampliar a marca na plataforma, entre elas, convidar profissionais que estão alinhados com seu objetivo; compartilhar publicações, links, imagens  e publicar artigos, aprofundando-se no tema e tornando isso parte de seu perfil; seguir empresas e influenciadores dentro do próprio negócio; e adquirir conhecimento e insights.

Ciclo de Palestras on-line

A BPW Curitiba também realizou seu primeiro Ciclo de Palestras on-line e o segundo de 2020, abordando os temas “Mindset produtivo – empreendendo na era digital” e “Como fazer seu tempo caber em 24 horas”, no dia 7 de abril, com palestras das associadas da entidade, Adelaide Giacomazzi e Deborah Dzierwa. A presidente da BPW Curitiba, Birgit Keller Marsili, abriu o evento e destacou a importância do mindset (mente configurada, aperfeiçoada, mudança de visão) que está cada vez mais presente em nossas vidas e da necessidade de atualização deste conceito, reiventando-se nesse momento que é um grande desafio para todos, seja na vida familiar ou nos negócios. O evento teve a participação de 25 mulheres, entre elas a presidente da BPW Brasil, Margarida Yassuda.

A empresária, coach, mentora de produtividade, professora e escritora Adelaide Giacomazzi destacou quatro pontos importantes para a mudança no mindset que vai do físico e emocional ao mental e espiritual.  Segundo Adelaide, a disciplina e o autocontrole são fundamentais para conseguir a mudança seja na vida ou nos negócios. “Trabalhei com a implantação de sistemas e vi que as pessoas tinham resistência às mudanças”, constata Adelaide, que também tem Mestrado em Educação e Novas Tecnologias, além de sua formação em Ciência da Computação. Ela destaca ainda que neste momento as pessoas têm que se preparar para o novo mundo que se apresentará depois da pandemia. “A única certeza é que esse novo mundo não será igual como antes”, acredita a empresária.

A mentora e CEO da KDZ Alimentos e da Padó, indústria de panificação, Deborah Dzierwa, ressaltou a importância de cuidar do nosso tempo para conseguir realizar tudo o que planejou no dia, na semana ou no mês. “Se você não sabe o que quer para a sua vida não vai conseguir fazer o dia caber em 24 horas”, afirma. Ela diz ainda  que para se organizar no tempo é importante saber diferenciar o que é uma tarefa, uma atividade e um compromisso.  A orientação de Deborah é que as pessoas se mantenham focadas no que querem e não no que não querem. Segundo Deborah, é preciso também treinar as palavras para o dia caber em 24 horas, como eliminar frases e pensamentos negativos. “O maior desafio é as pessoas terem foco, porque hoje temos muita informação. E nesse momento difícil que passamos, as pessoas têm que se reinventar”, disse Deborah destacando a frase “Luxo hoje em dia é viver o presente”.

  

Comentários estão fechados.