Cinemaskope

Lenços Cris Conde para Fabrizio Giannone

10 de junho de 2015

Lenço Cris Conde para Fabrizio Giannone - Tamanho G R$350 Tamanho P R$160,00  (1)

Fabrizio Giannone firma mais uma parceria de sucesso, dessa vez, com a artista plástica Cris Conde. A carioca e o italiano se uniram para criar uma coleção de lenços inspirados nos quadros feitos por Cris. No fim, seis obras foram selecionadas para virar estampas em dois tamanhos diferentes do acessório.

A sinergia entre a dupla é de longa data. Fabrizio já era cliente da artista e via total conexão entre os trabalhos. “Conheço a Cris há anos e inclusive tenho um quadro belíssimo dela na minha casa. Vou aos vernizasses e amostras que ela faz e assim surgiu a ideia de fechar a parceria, a princípio com os lenços”, conta o designer, que não descarta a possibilidade de desenvolver novos projetos no futuro.

A arte de Cris retrata uma mulher sofisticada e elegante, o mesmo tipo de mulher para as quais Fabrizio cria suas peças. Para ele, a pintora carioca consegue retratar mulheres de uma forma moderna e ao mesmo tempo mágica. “É muito fácil imaginar o tipo de mulher que ela cria com as minhas joias. Inclusive, no quadro que tenho em casa a personagem está usando dois brincos muito bonitos que podiam facilmente estar na minha coleção”, confessa.

Todos os lenços são feitos com o tecido tecnológico gloss, que tem toque de seda. Os acessórios em tamanho G saem por R$350 e o tamanho P por R$160. O lançamento da capsulle collection acontece no dia 11 de junho, das 16 às 21 horas,  na loja Fabrizio Giannone do Shopping Mueller. As demais lojas da marca, nos shoppings Crystal e ParkShoppingBarigüi, também receberão os produtos.

 

Coquetel de Lançamento Cris Conde para Fabrizio

Data: 11 de junho – quinta-feira, das 16 às 21 horas

Local: Loja Fabrizio Giannone

Shopping Mueller – piso L2 – Curitiba – PR

41 3014-5556 / Facebook: Fabrizio Giannone Curitiba / Instagram: @fabriziogiannonecuritiba

#CrisCondeparaFabrizio

 

Fabrizio Giannone

Antes de firmar-se no Brasil e tornar-se referência em design de acessórios, Fabrizio Giannone estudou geologia e gemologia na Itália, seu país de nascimento. A sua alma de artista e a natural sensibilidade para a arte agregou ao longo de sua trajetória conhecimentos diversos sobre arquitetura, geometria sagrada, arte visionária e uso apropriado e eco sustentável dos materiais naturais.

Mas foi ao entrar em contato com as pedras brasileiras, sua grande paixão, que seu processo de criação desenvolveria uma grande sintonia com o público feminino, reunindo em suas coleções o melhor da elegância italiana e da feminilidade brasileira. Em lapidações exclusivas, Fabrizio se aprofunda cada dia mais em seus estudos, coleções e no amor pelo design.

Desde 1990, saem de seu atelier em São Paulo para 19 lojas em todo o Brasil e 7 no exterior –  Nova York, Nicarágua, Panamá, México, Venezuela, Colômbia e Aruba, coleções que encantam, seduzem, aprofundam e expandem uma relação com um público elegante e muito especial, que encontra nos acessórios do artista o encanto e complemento essencial para as melhores ocasiões.

 

Cris Conde

Conhecida pelo desenho delicado, a sensualidade nas formas femininas e a economia nos traços, Cris Conde é neta da galerista Duda Conde e parece que não poderia ter seguido outro caminho que não fosse o sucesso artístico.

Desde criança ela já estava envolvida com este meio e costumava brincar com as tintas e pincéis. A diversão virou coisa de gente grande e surtiu um efeito positivo, mostrando que era possível viver de arte. "Percebi que seria o meu caminho quando vendi o primeiro quadro", relembra.

A trajetória foi bastante natural: apenas pintava e seu trabalho ia se espalhando pelas pessoas que compravam. O primeiro grande projeto foi com a Coca-Cola governamental. Depois disso, vários projetos corporativos começaram a procurar suas criações. Podemos destacar o Hotel Copacabana Palace, Hospital das Clinicas de São Paulo e a TAM Linhas Aéreas.

Em 2013 foi convidada para participar da renomada Bienal de Firenze e teve obras vendidas na Itália, França, Estados Unidos, África do Sul e Áustria.

Você pode gostar também