Cinemaskope

EM SÃO PAULO, ABIMÓVEL REALIZA SUA PRIMEIRA REUNIÃO OFICIAL COM A NOVA DIRETORIA

27 de fevereiro de 2019

Presidente da entidade reforça o compromisso com a competitividade da indústria brasileira de móveis, com sustentabilidade e design, sob a bandeira

“MÓVEIS, NOSSO NEGÓCIO”

Entidade criará frente parlamentar do setor para atuar em Brasília, abrindo novas frentes e intensificando o diálogo com o governo federal

Durante a semana de realização da feira de alta decoração ABIMAD’27, entre 5 e 8 de fevereiro em São Paulo, a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL realizou a primeira Reunião do Grupo Executivo para a gestão 2019-2021, presidida pela empresária Maristela Cusin Longhi. Diretora da empresa Multimóveis, entre as maiores fabricantes de móveis do país, Maristela Longhi é a primeira mulher a ser eleita presidente da entidade, que representa o setor de móveis no cenário brasileiro e mundial. A reunião, realizada em 6 de fevereiro no Hotel Meliá Ibirapuera, abordou tanto a apresentação de resultados e dos projetos da entidade quanto alinhamentos estratégicos focados na atuação competitiva e sustentável da indústria de móveis brasileira.

Em 12 tópicos, foram expostos os diversos projetos em curso, geridos e executados de forma interativa e multidisciplinar, contemplando questões que vão desde normas de segurança até inteligência comercial e de mercado e design aplicado à indústria.

ABIMÓVEL NA ONU

Entre estes tópicos, foram discutidas as estratégias de desenvolvimento do Programa de Sustentabilidade da Indústria do Mobiliário (SIMB), da entidade junto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – APEX-BRASIL, em conformidade com as diretrizes do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Em uma estratégia competitiva em sinergia com a gestão sustentável, a ABIMÓVEL foi primeira entidade setorial a aderir, em novembro de 2018, à Rede Brasil do Pacto Global da ONU, alinhando-se, junto com a Apex-Brasil, com a nova estratégia 2020, guiada pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), cujo posicionamento está fundamentado em um novo modelo de negócio e uma proposta de valor orientados para as empresas.

O Programa, em implementação inicialmente com as empresas participantes do projeto de exportação Brazilian Furniture, fruto de parceria estabelecida entre a ABIMÓVEL e a APEX-BRASIL, produzirá um documentário sobre o setor de móveis, mostrando o trabalho desenvolvido na cadeia produtiva, desde as florestas até a exportação do mobiliário, dando ênfase à sustentabilidade da indústria e à riqueza das madeiras brasileiras, entre outras ações. O referido documentário será apresentado pela presidente da entidade na Assembleia Geral da ONU em setembro de 2020 em Nova York. “Nosso objetivo é de promover e apoiar iniciativas que visem a aproximar os elos da cadeia produtiva, gerando sinergias, potencializando as vantagens comparativas nacionais relacionadas ao setor de base florestal e promovendo maior consumo de madeira certificada de manejo florestal sustentável, o que vai contribuir para a maior inserção da indústria brasileira no mercado mundial”, explica Maristela Longhi. O documentário também será apresentado pela ABIMÓVEL pela APEX-BRASIL durante a Expo 2020, em Dubai.

BRAZILIAN FURNITURE

Mais um projeto em curso, iniciativa da ABIMÓVEL e da APEX-BRASIL, que vem se tornando um modelo para os demais setores é o Brazilian Furniture. Com o objetivo de incrementar a competitividade da indústria brasileira no mercado internacional, por meio de um conjunto de ações estratégicas de internacionalização, o Projeto conta com a participação de cerca de 130 empresas do setor de móveis brasileiro, que têm acesso a informações de Inteligência Comercial e Competitiva, Feiras e Missões Internacionais, Projetos Comprador e Vendedor, entre outras atividades no exterior, mostrando ao mundo o diferencial do móvel brasileiro.

“Nosso objetivo é de incrementar a competitividade e fomentar as exportações da indústria brasileira no mercado internacional, através de um conjunto de ações estratégicas de internacionalização e exportação”, assinala a diretora-executiva da ABIMÓVEL, Cândida Cervieri.

O programa, revela Cândida Cervieri, encerrou 2018 com o número recorde de 119 empresas apoiadas, sendo mais de 80 delas exportadoras. O projeto gerou resultados recordes também nas negociações, alcançando US$ 153,16 milhões em 2018, com crescimento de 20,4% em relação a 2017.

ABIMAD’27

Uma das ações estratégicas do Brazilian Furniture ocorreu na ABIMAD’27. A partir de um Acordo de Parceria e Cooperação firmado em novembro passado, a ABIMÓVEL, junto com a APEX-BRASIL, e a Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração – ABIMAD realizaram em conjunto sua primeira ação pactuada, o Projeto Comprador ABIMAD, trazendo ao evento 53 compradores internacionais de 16 países da América do Norte e da América Latina e 3 jornalistas internacionais, representantes de alguns dos principais veículos de comunicação da Itália, entre eles a prestigiada revista Interni.

FRENTE PARLAMENTAR

Durante a Reunião de Diretoria, Maristela Longhi também anunciou uma estratégia de atuação política da entidade, com a criação de uma Frente Parlamentar da Indústria e do Setor de Móveis.

“Trabalharemos uma maior abertura de canais de comunicação com o governo. O Brasil e o setor de móveis compartilham do mesmo foco, que é o fortalecimento da economia e da indústria”, enfatiza a presidente da entidade.

NÚMEROS DO SETOR

A produção da indústria brasileira de móveis e colchões, segundo números preliminares do IEMI – Inteligência de Mercado, atingiu R$ 68,9 bilhões em 2018, considerando também móveis corporativos, institucionais e exportações. No ano, foram 438,3 milhões de peças produzidas no país. Ainda segundo o IEMI, o Brasil é o quinto maior mercado de móveis do mundo.

O setor de móveis brasileiro encerrou 2018 com 19 mil indústrias e 265,6 mil funcionários. As exportações atingiram US$ 607 milhões, com um saldo positivo na balança comercial de US$ 407,2 milhões. Para 2019, as expectativas são de crescimento, conforme quadro:

Indústria Brasileira de Móveis

Dados Preliminares 2018 e

Estimativas 2019

2018

Variação %

2019

Variação %

Produção (% dos volumes)

+1,5%

2,6%

Produção (% dos valores)

+10,9%

5,8%

Importação (em % dos valores em US$)

+8,9%

11,5%

Exportação (em % dos valores em US$)

+10,2%

14,1%

Varejo móveis e colchões (% dos volumes)

0,9%

2,7%

Varejo móveis e colchões (% dos valores)

3,9%

4,6%

Fonte: IEMI – Fev.2019

Destacam-se também sinais de retomada de investimentos da indústria, que chegaram a R$ 1,4 bilhão em 2018, ante R$ 1,1 bilhão em 2017. No período de 2013 a 2017, os investimentos de móveis caíram 24%, em uma queda média de 5,5% ao ano.

SOBRE MARISTELA LONGHI

Maristela Cusin Longhi é diretora da empresa Multimóveis, juntamente com os sócios Euclides Longhi e Ivo Cusin, desde 1995. Cursou Ciências Econômicas e realizou cursos de Especialização na área Financeira e de Gestão Empresarial. Maristela Longhi foi diretora do Sindmóveis do polo de Bento Gonçalves, gestão 1999-2001; diretora Administrativo-Financeira da Movergs, gestão 2001-2003; vice-presidente da Movergs, gestão 2003-2005; vice-presidente da Movergs, gestão 2005-2007; presidente da feira FIMMA Brasil 2007; presidente da Movergs, gestão 2007-2009; diretora da Fiergs, gestão 2008-2011; vice-presidente regional do Ciergs, gestão 2011-2014; vice-presidente do Ciergs, gestão 2014-2017; 1ª vice-presidente da ABIMÓVEL, gestão 2016-2018. Além de presidente da ABIMÓVEL, gestão 2019-2021, é vice-presidente do Ciergs, gestão 2017-2020, e membro dos Conselhos do SESI-RS, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), da Sociedade de Previdência Privada do Rio Grande do Sul (Indusprevi) e do Hospital Tacchini.

SOBRE A ABIMÓVEL

A Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário – ABIMÓVEL, entidade nacional do setor, está há mais de duas décadas trabalhando na defesa, desenvolvimento e fortalecimento dos interesses da indústria. A instituição promove uma agenda positiva para o setor, beneficiando um universo de 19 mil empresas, que geram 265,6 mil empregos – diretos e indiretos –, com produção estimada de 438,3 milhões de peças, exportações que ultrapassam a marca de US$ 607 milhões e investimentos de R$ 1,4 bilhão (dados de 2018). Esses números, que refletem a importância da indústria de móveis para o Brasil, são indicadores da atuação da ABIMÓVEL no sentido de fortalecer o ambiente favorável aos negócios no mercado interno e externo. O compromisso da ABIMÓVEL é com o desenvolvimento do setor de mobiliário e da indústria.

BOX

Diretoria Abimóvel 2019-2021

Cargo

Nome

Presidente

Maristela Cusin Longhi (Multimóveis)

1º Vice-Presidente

Irineu Munhoz (Caemmun)

Vice-Presidente

José Agnelo Seger (Herval)

Vice-Presidente

Sérgio Luiz Braga (Artesofas do Brasil)

Vice-Presidente

Edgar Bhene (Marel Indústria de Móveis)

Vice-Presidente

Nereu Conzatti (Todeschini)

Vice-Presidente

André Guerra (Tramontina)

Vice-Presidente

Ademilse Guidini (Cimol)

Vice-Presidente

Michel Otte (Butzke)

Vice-Presidente

Márcio José Froehner (3 Irmãos)

Vice-Presidente

Celso Theisen (Móveis K1)

Vice-Presidente

Mauro Pereira Scharwstburd (Decormade)

Vice-Presidente

Esther Cuten Schattan (Ornare)

Vice-Presidente

Iara Gomes Abade (Art Decor)

Vice-Presidente

Claudio Muzi (Flexform)

Diretora-Executiva

Cândida Maria Cervieri

Diretor-Tesoureiro

Nereu Conzatti (Todeschini)

Diretor-Secretário

Iara Gomes Abade (Art Decor)

Conselho Fiscal

Alvaro Weiss (Artefama)

Conselho Fiscal

Luiz Attilio Troes (Móveis Tremarin)

Conselho Fiscal

Luiz Rigoni (Rimo)

Conselho Administrativo

Claudio Muzi (Flexform)

Conselho Administrativo

Jaime Pfutzenreuter (Móveis James)

Presidente do Conselho Administrativo

Daniel Lutz (Móveis Serraltense)

Você pode gostar também