Cinemaskope

CROSSROADS CELEBRA O ROCK EM DOSE DUPLA

17 de julho de 2017

BLINDAGEM

 

Abraskadabra

Lenhadores da Antártida

Wild Child

 

Banda Hillbilly Rawhide

 

“No sábado, dia 22 de julho, o bar de rock mais tradicional de Curitiba comemora o Dia Mundial do Rock e vinte anos de história em um mega evento na Live Curitiba. 15 atrações divididas em dois palcos com 10 horas de música ao vivo. Bandas como Blindagem, Hillbilly Rawhide e Electric Mob formam o line-up dessa grande festa”.

Julho é sinônimo de comemorar o Dia Mundial do Rock e as duas décadas de história do Crossroads, o bar mais rock’n’roll da capital paranaense. Este ano a tradicional festa que celebra o ritmo mais democrático do planeta está marcada para este sábado, dia 22 de julho, na Live Curitiba (R: Itajubá, 143), a partir das 22horas. Serão dois palcos, 15 atrações, parcerias inéditas e mais de 10 horas de muita música e diversão para celebrar os 20 anos do bar referência no segmento. Além disso, terá um espaço reservado para praça de alimentação com food truck, que remete aos eventos de gastronomia realizados mensalmente na casa.

Para a celebração em dose dupla, o Crossroads vai homenagear os grandes ícones do rock e valorizar os trabalhos autorais das bandas locais. Os amantes do rock vão curtir BLINDAGEM – banda que se apresentou por quatro anos na casa e é um dos grandes legados do rock curitibano, AFOOSTIC – que faz tributo a Foo Fighters, considerado um dos melhores do país,  ELECTRIC MOB e TN/SHE – um dos maiores nomes do hard rock mundial, o AC/DC ganha um cover só de mulheres, tornando-se um dos projetos revelação da capital paranaense. A programação ainda conta com show da VÁLVULA VAPOR – Rock Brazuca, das bandas CRACKERJACK e BACKSTAGE, juntas no palco pela primeira vez, além da LENHADORES DA ANTÁRTIDA e THE ELDER REVIVAL, que foi a atração das quintas no bar durante 16 anos e se reúne novamente com sua formação original especialmente em comemoração aos 20 anos do Crossroads.  Para completar o elenco, os cantores Zé RodrigoAline Mota, da Milk´N Blues, e André Emer, da banda F4T, farão participações especiais.

Uma das novidades da festa deste ano é palco autoral e o destaque da cena local fica por conta dos shows da MACUMBAZILLA, da ABRASKADABRA, da WILD CHILD, com seu hard rock e rock progressivo, do inconfundível heavy metal e rock pesado da BRAVE HEART, da mistura de rock, samba e rap da MACHETE BOMB e da HILLBILLY RAWHIDE, com seu country rock alternativo. “Esse palco é uma pequena mostra do projeto que existe há dois anos no Crossroads para incentivar o cenário local. Nas Quintas Autorais abrimos o palco do bar para que as bandas curitibanas mostrem suas produções próprias e independentes. Mais de 40 grupo já participaram do projeto”, explica Alessandro Reis, entusiasta do rock e proprietário do Crossroads.

Completar duas décadas na noite curitibana é um orgulho para Alessandro Reis. Muita coisa mudou ao longo desses 20 anos, mas a essência do Crossroads, de ser o ponto de encontro dos roqueiros, com som ao vivo de rock, blues, metal, pop rock  e outras vertentes, sempre no mesmo endereço, mantém os fiéis frequentadores do bar. Apesar de sempre valorizar os clássicos dos anos 60 e 70, a casa não se fechou a novos artistas e tendências desses ritmos, como o rock indie.

Com o nome inspirado na canção homônima do cantor e compositor Eric Clapton, lá em 1997 o Crossroads comportava apenas 80 pessoas. O bar passou por diversas reformas e em 2016 houve um alto investimento em som, luz e principalmente de estrutura para o conforto do público. Hoje é o único bar no Brasil que tem uma área exclusiva Heineken, com uma chopeira de guitarra, que veio diretamente do Rock in Rio. Foi um longo caminho, de muita luta e aprendizado para chegarmos até aqui. A festa é uma comemoração a tudo que já vivemos e virou um marco no calendário da cidade. Todo mundo entra no clima para celebrar o rock e tenho certeza que vai ter rock’n roll para todos os gostos. Estão todos convidados para esta grande festa, diz Alessandro.

Sobre o Dia Mundial do Rock – A data foi instituída Organização das Nações Unidas (ONU), em homenagem ao Live Aid, espetáculo criado com o objetivo de arrecadar fundos para combater a fome na África e realizado simultaneamente em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos, no dia13 de julho de 1985. O show teve a presença de grandes nomes do rock – dentre eles, David Bowie, Neil Young, Queen, The Who e U2.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$130,00 (inteira), de acordo com o setor. Pista DMR – R$100,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada) / Área Vip Crossroads DMR – R$130,00 (inteira) e R$65,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Crossroads e portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e possuem 50% na compra do bilhete. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.  ***Valores sujeitos a alterações sem aviso prévio. Os ingressos podem ser adquiridos no Crossroads  e através do Disk-Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, –  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), pelo portal www.diskingressos.com.b r). É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do evento.

Mais sobre as atrações:

PALCO 1

 

BLINDAGEM – Formada pelo vocalista Rodriggo Vivazs (que assumiu os vocais após a morte de Ivo Rodrigues, em 2010), Paulo Teixeira (guitarra), Alberto Rodriguez (guitarra), Paulo Juk (baixo) e Rubén “Pato” Romero (bateria), a banda Blindagem promete um show especial com algumas novidades, entre elas, músicas inéditas com composições de Ivo Rodrigues e de Paulo Leminski, que farão parte do novo disco do grupo, que deve ser lançado em breve. Novas canções como “De Geléia”, “Furos do Vício” e “O Equilibrista”, música de trabalho que está disponível no SPOTIFY, dividem espaço com outros sucessos da banda como, “Loba da Estepa”, “Oração de um Suicida”, “Miragem”, “Se Eu Tivesse”, “ Coração de Bicho” e “Blindagem”. “O público pode esperar um show com energia positiva e muito alto astral para celebrar o rock”, revela Rodriggo Vivazs. Fundada no final dos anos 70, foi a primeira do Estado a conseguir destaque nacional. Com sua própria linguagem e estilo, o grupo conquistou fãs de várias gerações.

 

TN/SHE – Um dos maiores nomes do hard rock mundial ganha um cover só de mulheres. A banda TN’She reúne seis musicistas conhecidas da cena curitibana tocando os sucessos do AC/DC, um dos projetos revelação da capital paranaense. Formada em fevereiro de 2016, a TN’She foi idealizada por Lely Quinn, uma das vocalistas do projeto. Ela reuniu outras artistas de peso para homenagear o AC/DC e seus mais de quarenta anos de sucesso. Os fãs do grupo australiano costumam dividir a carreira em suas fases: com o vocal de Bon Scott e com o de Brian Johnson, mas as mulheres do TN’She reúnem destaques de ambos os momentos do AC/DC em seus shows. ” Thunderstruck”, “Highway to Hell” e “Jailbreak” são algumas das canções mais conhecidas que não podem faltar nas apresentações, que contam ainda com grandes surpresas, especialmente para os fãs. TN’She conta com, além de Lely, Jordana Soletti (vocal), Esprila (guitarra), Nay Krug (guitarra), Carol Massambani (baixo) e Lucy Peart (bateria).

 

LENHADORES DA ANTÁRTIDA – Formada em 2011, a banda Lenhadores da Antártida logo começou a esquentar o polo com suas composições de cunho sensual e, muitas vezes, dançante. A banda se conhece desde o colegial e mantém também uma parte em família, o que permite a sintonia e a mescla de diferentes estilos. A Lenhadores da Antárdida é formada por Ricardo Passos (voz), Mauricio Escher (baixo acústico e elétrico), Felipe Amaral (bateria), Renato Rigon (teclados) e Thomas Kösser (guitarra). Com covers de bandas como Mumford and Sons e Black Keys, o grupo tem no folk rock autoral em português sua principal identidade. Em 2015, lançaram o disco “Eudaimonia” e em 2016, o clipe para a música “Espartilho”. O material está disponível para audição em diversos canais de streaming como YouTube e Spotify.

THE ELDER REVIVAL – No final de 1998, Rodriggo Vivazs (vocais) e André Hernandes ( guitarra), dão início ao projeto The Elder. Convidam Marcos Oxy Ditter (baixo), Mario Oliver (bateria) e Claudinho Taffnes (teclado, flauta transversa e backing vocals) para integrar-se ao grupo e dar início as apresentações. Sua primeira aparição foi no bar Crossroads, onde se apresentam todas as quintas durante14 anos, e sempre com público cativo. Em seu repertório o The Elder apresenta alguns dos melhores clássicos do rock dos anos 70, passando pelo grunge e também dando destaque ao som pesado de bandas de heavy metal. A banda preza por timbres pesados, sendo isso sua principal característica. Depois de passar por algumas reformulações, a banda hoje conta com:Marcos Oxy Nascimento (baixo)André Hernandes (guitarra)Jefferson Dombrowski (guitarra) e Felipe Souzza (bateria e backing vocals)O The Elder é formado por músicos profissionais, alguns deles com mais de 20 anos de carreira e se reúnem agora para um show inédito exclusivo para celebrar as duas décadas do Crossroads e o Dia Mundial do Rock.

CRACKERJACK + BACKSTAGE – SHOW INÉDITO!

Crackerjack Band e a Backstage apresentam seus repertórios que visitam os grandes clássicos do rock. A Crackerjack vai realizar uma apresentação especial com os grandes clássicos do rock dos anos 60, 70 e 80. No setlist constam nomes como Jimi Hendrix, Led Zeppelin e Rolling Stones. A CrackerJack Band é um grupo de blues e rock’n’roll que surgiu no final da década de 80. Composta por integrantes com vasta experiência, a banda foi convidada, nos anos 90, pelo guitarrista Celso Blues Boys, para acompanhar sua turnê pelo Brasil. Dois anos depois, a banda voltou para Curitiba para se apresentar em bares e casas noturnas dedicadas ao rock e também ao blues. Atualmente, o grupo é formado por Claudio Thompson (bateria e vocal), Jordi Moro (guitarra e vocal), Gerson Marçal (baixo) e Claudio Wagner (teclado), e ainda demonstra no palco as fortes influências que carrega desde o início da carreira: o blues e o country.

Já a Backstage é formada por Beto Ferreira (vocal), Gus Piasecki (guitarra e voz), Claudio Viana (teclado e voz), Marlon Martins (baixo e voz) e Marcelo Cruz (bateria), a banda se tornou conhecida por fazer tributos com releituras inéditas para sucessos de Bon Jovi, Aerosmith, Queen e Guns ’N Roses. Para o show especial do feriado, devem fazer parte do set list hits como, “Crazy”, “I Don´t Wanna Miss A Thing”, “Always”, “Livin´On A Prayer”, “Misunderstood” e “Don’t stop me now” , “We will rock you” e “I want to break free”.

 

ELETRIC MOB – Traz na bagagem um set que vai do rock clássico ao contemporâneo. A banda curitibana é fruto da miscelânea de influências de quatro músicos. Renan Zonta (vocal) com o poder e psicodelia dos 70’s, Ben Hur (guitarra) com os drives e riffs poderosos dos 80’s, Yuri Elero (baixo) e André Leister (bateria) com o groove pesado desenvolvido nos 90’s. Traduzindo seu show com o slogan “do clássico ao contemporâneo”, a banda vem com a proposta de acabar com a ideia saudosista de que rock bom é rock velho. Além dos gigantes – como Beatles, Led Zeppelin e AC/DC -, constam também Audioslave, Pearl Jam e Foo Fighters. Tudo isso com pegada e mística próprias.

VÁLVULA VAPOR – Há três anos na estrada, a banda curitibana Válvula Vapor vai apresentar um show inédito com a participação de uma dupla de metais destilando o melhor do rock nacional. No repertório, músicas de grandes nomes do rock nacional que fizeram história na década de 80, tais como Barão Vermelho, Cazuza, Legião Urbana, Plebe Rude, Ira!, Capital Inicial, Paralamas do Sucesso, entre outros ícones que marcaram época. O primeiro disco, intitulado “O Inimigo Combustível”, lançado em 2014, contou com a co-produção e participação de Rubên Cabrera, pianista do RPM.   O grupo é composto por Vinicius Melo (Voz e Guitarra), Alexandre Melo (Voz e Guitarra), Zé Marques (Baixo) e Felipe Souza (Bateria).

AFOOSTIC – Reconhecido como um dos melhores tributos do Foo Fighters no Brasil, a banda, formada em 2008, conta na formação com Hermes Bruchmann (voz e guitarra), Marcello Stancati (guitarra), Thiago Rosiak (guitarra), Gustavo Slonk (baixo) e Bruno Zotto (bateria), ganha uma nova integrante, Lilian Nacahodo (teclados). A intenção é transmitir a mesma energia de palco e reproduzir o som com a mesma pegada do Foo Fighters, promovendo uma verdadeira homenagem aos fãs e a essa grande banda de rock. Farão parte do repertório, músicas do último disco do Foo Fighters,  Sonic Highways, como “Something from nothing” e “Congretion”, além dos clássicos “Everlong”, “Best of you” e “Learn to fly”.

PALCO 2 ( Shows Autorais)

 

WILD CHILD – A banda foi fundada em 2007 pelos amigos Marcelo Gelbcke (guitarra) e Felipe Souzza (bateria), com o intuito de tocar Hard Rock internacional. Mas em 2010, com a entrada do baixista Thiago Forbeci, a banda resolveu mudar o seu posicionamento e se dedicar às próprias composições. No início de 2011 gravaram o primeiro álbum. O experiente vocalista Erik Fillies entrou para a banda no fim de 2011, e finalmente em março de 2012 o álbum foi lançado gratuitamente na internet. O terceiro disco, lançado em 2017, é diferente de todos os trabalhos anteriores da banda, com músicas mais curtas e numa linha mais rádio, traz novamente o Hard Rock ao som da banda. Misturado com elementos do AOR, sem deixar a veia progressiva tanto explorada na banda.

 

ABRASKADABRA – Atuante no meio independente desde a sua formação em 2003 e sendo grande difusora do ska-core no sul do País, Augusto “Mamão” (trombone), Eduardo “Maka” (bateria), Eduardo “Du” (guitarra e vocal), “JP” Branco (trompete),  Rafael “Buga” (guitarra e vocal),  Rodrigo “Japa” (baixo) e Thiago “Trosso” (sax e vocal) já tocaram em diversos estados brasileiros (grande maioria estados do sul e sudeste), e teve sua primeira ida aos EUA recentemente.  Não são apenas os 15 anos de estrada ou o extenso currículo de shows que tem no histórico (a destacar os shows com o Bad Religion e Less Than Jake) que firmam a solidez do Abraskadabra, mas também o humor e a paixão incondicional que impõem na música que criam, utilizando do DIY (do it yourself) como ideologia até os dias de hoje.

 

 

MACUMBAZILLA – Há cinco anos na estrada, é uma banda de rock curitibana composta por nomes bem conhecidos e experientes da cena local: André Nisgoski (vocal e guitarras), Carlos “Piu” Schner (baixo) e Fred Duba (bateria). Talvez pelo time de veteranos, que assinam passagens por bandas como AMF e Resist Control, a notícia do surgimento do Macumbazilla foi recebida com grande expectativa pelo público, o que rendeu uma excelente visibilidade ao primeiro single, “The Ritual”. O trabalho obteve mais de 2 mil plays em 2 dias no site soundcloud.com, e resultou no  lançamento do primeiro EP homônimo, em outubro de 2014. Mixado por Mike Supina (A Wilhelm Scream) e masterizado por Roy Z (Bruce Dickinson, Sepultura), o disco apresenta um rock redondo, vigoroso, direto e porrada, com riffs inspirados e vocais acachapantes.

 

BRAVE HEART – Velho conhecido dos fãs curitibanos de heavy metal e rock pesado. Desde a década de 90 produzindo suas próprias músicas, o power trio formado por Michael Bahr (vocal e baixo), Marcos Camillo (guitarra) e Silvio Filho (bateria), conta com um vasto repertório que conquistou seu espaço na cena curitibana. O grupo se destaca pela qualidade de suas apresentações, onde fica evidente o peso de seu som. Devem fazer parte do repertório “Cold Mind”, “Good Fellas” e “Old House”. No currículo, o BraveHeart já dividiu o palco com grandes nomes do rock nacional e internacional, como Deep Purple, Savatage, Sepultura, Andre Matos e Viper e outros.

 

 

MACHETE BOMB – Composta por cinco integrantes, a banda curitibana investe numa mistura de rock, samba e rap. Tem três EP’s em sua discografia, intitulada “O Samba do Sul”.  Já nessas primeiras gravações se manifesta a busca por uma identidade própria e contundente, o que levou a produzir o primeiro clipe brasileiro com o conceito de interatividade em 360 graus. Captado ao vivo, o vídeo mostra a execução em estúdio de uma releitura de um samba da década de 60.

 

HILLBILLY RAWHIDE – Iniciou suas apresentações em 2003 e pode ser considerado o precursor do Country Rock Alternativo no Brasil. A banda formada por Ricardo Huczok – Mutant Cox (vocal, violão e guitarra), Osmar Cavera (baixo), Mark Cleverson (violino, backing vocals), Joe Ferriday (piano) e Juliano Cocktail (bateria) conta com seis álbuns lançados e foi atração de vários festivais e turnês pelo Brasil e Europa. Em 2016 a banda lançou seu primeiro DVD gravado ao vivo no Teatro Guairinha, em Curitiba, “Outlaw Music for Outlaw People”.

SERVIÇO:
20 anos do Crossroads no Dia Mundial do Rock
Local: Live Curitiba (R: Itajubá,143, Portão)
Quando: 22 de julho de 2017 (Sábado)
Horários: Abertura da casa: 21h / Início dos shows: 22h
Ingressos: variam de R$50,00 (meia-entrada) a R$130,00 (inteira), de acordo com o setor.
Pista DMR – R$100,00 (inteira) e R$50,00 (meia-entrada);
Área Vip Crossroads DMR – R$130,00 (inteira) e R$65,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Crossroads e portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos e possuem 50% na compra do bilhete.
Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.
***Valores sujeitos a alterações sem aviso prévio.
 Pontos de Venda: Crossroads Disk-Ingressos (Loja Palladium – de segunda a sexta, das 11hs às 23hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs, –  e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação – de segunda a sábado, das 10hs às 22hs, e aos domingos, das 14hs às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs) e pelo portal www.diskingressos.com.b r), lojas Garage Vintage (Shoppings: Pollo Shopping Alto da XV e Total) e no local.
Forma de pagamento:
 Dinheiro e  cartões Visa/Mastercard (débito e crédito somente para o vencimento)
Censura: 18 anos
Informações p/ o público: 41 33150808 / 41 32433711/ 30242004/ www.crossroads.com.b r

Você pode gostar também