Cinemaskope

Como utilizar a internet para atrair clientes

22 de Janeiro de 2014

Trabalhar de forma personalizada com cada rede social e ter o público alvo bem definido são duas características importantes para o sucesso.

A internet é um ambiente propício para a captação de novos clientes. A popularização da banda larga, assim como o aumento dos acessos via celulares e tablets e a grande disseminação do uso das redes sociais, afeta de maneira significativa o comportamento dos consumidores no meio digital – e, consequentemente, a forma como as empresas utilizam a internet para conquistar novos clientes (ou pelo menos deveriam).
O foco está cada vez mais no cliente. Os consumidores já ocupam um grande espaço de mídia, e para se valer dele positivamente, é necessário que o negócio seja atrativo, atualizado, criativo e dinâmico. “É preciso que a organização, seja uma loja, uma empresa, ou estabelecimento de qualquer outro ramo, se mostre aberto a opiniões, próximo dos clientes, disposto a entendê-los e a interagir de forma humana – eles não querem mais respostas automáticas”, explica Felipe Pereira, mestre em administração e especialista em negócios digitais que criou o Digaí.
Para atrair novos clientes, uma importante estratégia é o investimento em marketing de busca, que pode ser feito por meio de links patrocinados ou busca orgânica. “É ali que o seu potencial cliente vai procurar pelo seu serviço/produto. Se o seu produto é inovador e pouco conhecido, é recomendável também a promoção nas mídias sociais, local em que poderá se espalhar rapidamente e também por meio de campanhas de e-mail marketing segmentadas, com foco no seu público alvo”, comenta Pereira.
Para isso, também é preciso escolher de forma ponderada quais mídias sociais serão parte do seu negócio – afinal, cada uma exige uma forma diferente de interação com o público. Algumas dessas plataformas são gerais e podem ser aproveitadas por um grande número de empresas, como o Twitter e Facebook, por exemplo. ”O Twitter tem um poder ímpar em espalhar o conteúdo, fazendo com que seja uma importante fonte de tráfego para empresas que trabalha bem com Marketing Digital. Outra característica importante é ser um canal simplificado e extremamente rápido de interação, feedback ou mesmo de atendimento ao cliente, o chamado SAC 2.0”, exalta o Pereira, que também ministra palestras e cursos nas áreas de Marketing, Empreendedorismo e Negócios Digitais.
O Facebook já é há algum tempo a rede social mais utilizada no mundo e desde janeiro/2012 também ganhou este status aqui no Brasil. É bem recomendada para a grande maioria dos negócios, e de indiscutível importância para quem vende para o consumidor final. “O ideal é criar uma página específica para a sua empresa, e não um perfil – o Facebook oferece esse recurso. Criando uma fan page, ficamos dentro das regras do Facebook, podemos ter um número ilimitado de fãs, personalizar abas e acessar vários relatórios demográficos e de acesso, recursos indisponíveis para perfis comuns,” exalta.
Outras formas de comunicação que podem ser utilizadas são o Youtube, maior site de vídeos do mundo, o Slideshare, ideal para compartilhamento de apresentações diversas, como PPTs e PDFs, o LinkedIn, bastante usado para discussões com foco profissional, e as mídias para compartilhamento de imagens, como o Instagram, Flickr e o Pinterest.
“Escolher em que plataformas a empresa vai estar presente é um importante ponto do planejamento. Antes de mais nada, é importante saber onde o público está para se fazer presente lá. Além disso, cada mídia social possui características próprias e devemos compreendê-las para extrair o melhor de cada uma. O Twitter, por exemplo, praticamente exige o uso de ferramentas de monitoramento e mensuração de resultados como o Scup para fazer um bom trabalho. No caso do Facebook, podemos começar usando apenas os recursos da própria plataforma”.
Adapte as postagens para cada canal, entendendo o conteúdo, dias e horários que funcionam melhor para o seu público. E o mais importante de tudo: você precisa ter um bom produto antes de investir nas redes. Não existe marketing bom que venda produtos de má qualidade de modo sustentável em longo prazo.
Felipe Augusto Pereira – Diretor
felipe.pereira@digai.com.br | @felipeunu
Digaí – www.digai.com.br
Fones: +55 81 3242.6449 / 81 8713.4275 (OI) / 81 9735.0797 (TIM)

 

Você pode gostar também