Cinemaskope

Comissão da Mulher do Codesul define realização de seminário no Paraná

3 de novembro de 2016

"]O governador Beto Richa e a Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, recebem os governadores do Rio Grande do Sul e Santa Catarina para reunião do Codesul  - Foto: Rogério Machado/SECS 

 

A  secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, participou da reunião plenária do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), realizada nesta segunda-feira (31), no Palácio Iguaçu, em Curitiba. Durante o encontro, que contou com a presença dos governadores da região Sul e do Mato Grosso do Sul, a Comissão Permanente de Políticas para Mulheres do Codesul, a qual é presidida com Fernanda, comunicou que o Paraná sediará em 2017 um evento para discutir políticas públicas para as mulheres.

O I Seminário Codesul – Políticas Públicas para Mulheres: a Mulher no Século XXI será realizado na primeira semana de junho. O evento terá como eixos temáticos: o impacto da participação das mulheres nas políticas públicas, que será tratado pelos representantes de Santa Catarina; empoderamento e empreendedorismo feminino, tema de responsabilidade do Mato Grosso do Sul; intersetorialidade entre as políticas públicas, pelo Rio Grande do Sul; e enfrentamento à violência contra a mulher, tema tratado pelo Paraná.

O evento deverá reunir aproximadamente 500 pessoas, entre representantes dos quatro estados que compõem o Codesul e participantes estrangeitos.

REUNIÃO – Os governadores dos Estados que compõem o Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) querem incentivar a formação de grandes corredores rodoviários entre Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. A ideia é ligar os quatro estados, formando um corredor de rodovias federais para melhorar o transporte e o escoamento de produção na região.

O governador Beto Richa, que preside o Codesul, e os governadores Raimundo Colombo (SC) e José Ivo Sartori (RS) anunciaram que a intenção é identificar esses principais corredores rodoviários e ferroviários e detectar quais os pontos (regiões) necessitam de investimentos federais na infraestrutura.

“Esse encontro foi importante para afinarmos o discurso e nos unir em torno de mudanças que protejam o interesse dos Estados”, disse Richa. “O foco é a ampliação do porcentual de investimentos em infraestrutura no orçamento federal. Com aumento de investimentos em infraestrutura vamos ajudar não só o Sul, mas o País, a encontrar o caminho de desenvolvimento e de geração de empregos”, afirmou.

A ideia é reunir a informação de cada Estado e criar um caderno com cronograma de ações e valores para ser entregue pelos governadores em Brasília. Alguns exemplos de possíveis corredores rodoviários que fazem parte da proposta são: BR-163, BR-158, BR-153, BR-101, BR-280.

ZICOSUR – Durante a reunião do Codesul também foi assinado um termo de cooperação com a Zona de Integração do Centro-Oeste da América do Sul (Zicosur), com objetivo de criar uma política de cooperação entre os dois blocos na área de infraestrutura.

O termo de compromisso foi assinado pelo governador do Paraná e presidente do Codesul, Beto Richa, e o presidente da Zicosur, Valentín Volta Valencia. A Zicosur é uma associação que reúne 43 governos locais de seis países: um estado do Brasil (Mato Grosso do Sul), 17 do Paraguai, oito da Bolívia, quatro do Peru e quatro do Chile e nove da Argentina. A região reúne uma população de cerca de 30 milhões de habitantes em uma área de 3,6 milhões de quilômetros quadrados.

O termo assinado hoje estabelece a criação de uma comissão conjunta de infraestrutura, com igual número de representantes, com objetivo de elaborar diagnósticos e soluções para a área. A coordenação e a relatoria da comissão serão exercidas em sistema de rodízio anual.

PARCERIA BRDE – Richa Filho também anunciou o lançamento oficial do programa de financiamento Modelagem de Informação da Construção, em parceria com o BRDE, para compra de equipamentos e sistemas de informática por empresas de engenharia e arquitetura da região sul que pretendam implantar a ferramenta BIM em seus processos de trabalho.

 

Você pode gostar também