Cinemaskope

Com auditório lotado, Eloi D’Avila de Oliveira palestra para agentes de viagens no 21º Salão Paranaense de Turismo

8 de março de 2015

Foto: Ernesto Vaconcelos - CRÉDITO OBRIGATÓRIO

Lições de vida do empresário emocionam participantes e dão perspectivas ao setor e à classe dos agentes de viagens

 

 

Nesta manhã do dia 7 de março os participantes do 21° Salão Paranaense de Turismo acompanharam a palestra principal do evento, ministrada pelo empresário e fundador do Grupo Flytour, Eloi D’Avila de Oliveira. Com o tema “EmpreVendedor de Turismo”, o bem-sucedido empresário falou sobre a sua emocionante trajetória de vida, desde o início de seu trabalho até a criação da Flytour, uma das principais operadoras de turismo do país, hoje com 40 anos de atuação.

Durante a palestra, Eloi traçou um paralelo entre sua história de vida e evolução profissional. De vendedor de pastéis, guardador de carros, vendedor de malas, a CEO do Grupo Flytour, Eloi mostrou como a busca de oportunidades e ações positivas são fundamentais para crescer dentro da profissão. “A vida é feita de oportunidades e as dificuldades indicam caminhos”, destacou.

Em especial sobre o setor turístico, Eloi acredita que a indústria ainda está em franco crescimento no país e que o agente de viagem deve se valorizar e valorizar seu produto. “Qual o meu nicho? Ou eu sou um bom generalista? É preciso fazer o que o concorrente não faz – agregar valor à prestação de serviços. O cliente quer comprar conosco e por isso precisamos cuidar dele”. O Grupo Flytour possui 220 unidades de negócio e até 2019 e espera obter R$ 9,4 bi de faturamento e passar de 2,7 mil funcionários para 5 mil. 

 

A carreira do empresário Elói D’Ávila de Oliveira começou na Stella Barros Turismo como office-boy. Após os outros trabalhos, Elói, aos 23 anos, lançou a EDO Representações que representava companhias aéreas, inclusive a LAP. Passou a representar outras empresas como Ibéria, LAB (Linhas Aéreas Bolivianas), Aerolineas Argentinas, Lan Chile, entre outras, como GSA (General Sales Agents).  Continuou investindo no setor de turismo, aproveitando as oportunidades de expansão e transformando a Flytour em um grupo com cinco canais de vendas: Flytour American Express Serviços de Viagens (atendimento a viagens de negócios); Flytour Travel Solution (atendimento aos agentes de viagens), Flytour Franchising (licenciamento e suporte a franquias), Flytour Viagens (responsável pela operação).

O 21º Salão Paranaense de Turismo acontece no Expo Unimed, na capital paranaense, e conta com o patrocínio da Holding Higiserv / BWT Operadora de ‘’Turismo / Serra Verde Express; Grupo BRT; CNC – Fecomércio-PR, FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação – SEHA, ABIH-PR; Itaipu Binacional; GOL; TAM; e, Vital Card; parceria estratégica da Abrasel-PR; Centro Histórico de Curitiba; Feijão Amigo; Governo do Paraná – Paraná Turismo; Infraero; Núcleo de Turismo Receptivo; Procerva – Associação das Microcervejarias do Paraná; Rede Slaviero; Sebrae/PR; Transtupi; e apoio da ABOTTC; CCVB; FC&VB/PR; Identificare; Instituto Municipal de Curitiba; Ministério do Turismo; Sindetur-PR.

Lições de vida do empresário emocionam participantes e dão perspectivas ao setor e à classe dos agentes de viagens

Nesta manhã do dia 7 de março os participantes do 21° Salão Paranaense de Turismo acompanharam a palestra principal do evento, ministrada pelo empresário e fundador do Grupo Flytour, Eloi D’Avila de Oliveira. Com o tema “EmpreVendedor de Turismo”, o bem-sucedido empresário falou sobre a sua emocionante trajetória de vida, desde o início de seu trabalho até a criação da Flytour, uma das principais operadoras de turismo do país, hoje com 40 anos de atuação.

Durante a palestra, Eloi traçou um paralelo entre sua história de vida e evolução profissional. De vendedor de pastéis, guardador de carros, vendedor de malas, a CEO do Grupo Flytour, Eloi mostrou como a busca de oportunidades e ações positivas são fundamentais para crescer dentro da profissão. “A vida é feita de oportunidades e as dificuldades indicam caminhos”, destacou.

Em especial sobre o setor turístico, Eloi acredita que a indústria ainda está em franco crescimento no país e que o agente de viagem deve se valorizar e valorizar seu produto. “Qual o meu nicho? Ou eu sou um bom generalista? É preciso fazer o que o concorrente não faz – agregar valor à prestação de serviços. O cliente quer comprar conosco e por isso precisamos cuidar dele”. O Grupo Flytour possui 220 unidades de negócio e até 2019 e espera obter R$ 9,4 bi de faturamento e passar de 2,7 mil funcionários para 5 mil.  

A carreira do empresário Elói D’Ávila de Oliveira começou na Stella Barros Turismo como office-boy. Após os outros trabalhos, Elói, aos 23 anos, lançou a EDO Representações que representava companhias aéreas, inclusive a LAP. Passou a representar outras empresas como Ibéria, LAB (Linhas Aéreas Bolivianas), Aerolineas Argentinas, Lan Chile, entre outras, como GSA (General Sales Agents).  Continuou investindo no setor de turismo, aproveitando as oportunidades de expansão e transformando a Flytour em um grupo com cinco canais de vendas: Flytour American Express Serviços de Viagens (atendimento a viagens de negócios); Flytour Travel Solution (atendimento aos agentes de viagens), Flytour Franchising (licenciamento e suporte a franquias), Flytour Viagens (responsável pela operação).

O 21º Salão Paranaense de Turismo acontece no Expo Unimed, na capital paranaense, e conta com o patrocínio da Holding Higiserv / BWT Operadora de ‘’Turismo / Serra Verde Express; Grupo BRT; CNC – Fecomércio-PR, FBHA – Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação – SEHA, ABIH-PR; Itaipu Binacional; GOL; TAM; e, Vital Card; parceria estratégica da Abrasel-PR; Centro Histórico de Curitiba; Feijão Amigo; Governo do Paraná – Paraná Turismo; Infraero; Núcleo de Turismo Receptivo; Procerva – Associação das Microcervejarias do Paraná; Rede Slaviero; Sebrae/PR; Transtupi; e apoio da ABOTTC; CCVB; FC&VB/PR; Identificare; Instituto Municipal de Curitiba; Ministério do Turismo; Sindetur-PR.

 

Você pode gostar também