Cinemaskope

Com a cara do morador

10 de outubro de 2016

image001

O quarto cheio de estilo, inserido em uma casa projetada pelas arquitetas Clarice Volpi e Simone Volpi, da Volpi Arquitetura, foi elaborado para um menino com uma importante coleção de carrinhos. A robustez de um desenho de mobiliário mais austero, com uma pitada de “aventura” por conta da cama elevada, foi a linha mestra idealizada para inserir os objetos no cômodo. Crédito da foto: Gerson Lima.

image002

O quarto feminino, do mesmo projeto das arquitetas Clarice Volpi e Simone Volpi, foi desenhado em linhas suaves e tons de amarelo e roxo para particularizar a atmosfera delicada. Em destaque, a coleção de bonecas Barbies conservadas ao lado do mobiliário. As arquitetas explicam que, na hora de preparar uma composição com coleções, um lugar é eleito para dispor as coleções, fazendo grupos, de modo não fique espalhado pelo cômodo e evidencie, assim, que é uma coleção. “Colocamos em um lugar de destaque ou aonde os clientes desejarem que a coleção esteja em evidência”, comentam as profissionais. Crédito da foto: Gerson Lima

 

Originais e valorosas, as coleções tornam-se itens de decoração cheios de personalidade.

Espaços com a cara do morador já são tendência entre as escolhas na hora de decorar a casa. Um recurso interessante para dar mais vida ao espaço e, de quebra, ainda personalizar o local, é a inserção de coleções no décor. Lembranças de uma viagem, objetos raros e até mesmo brinquedos estão ganhando um lugar especial no lar, uma vez que proporcionam descontração e identificam o proprietário. Sobre as composições que recebem coleções, a arquiteta Clarice Volpi, da Volpi Arquitetura, comenta: “Apesar de ser um desafio a mais no projeto é sempre vantajoso colocarmos peças que contem as histórias de nossos clientes em seus espaços”.

Você pode gostar também