Cinemaskope

Cinemateca de Curitiba recebe o Festival de Cinema de Futebol

7 de julho de 2014

IMG_6375

De 9 a 12 de julho, a Cinemateca de Curitiba recebe a 5ª edição do CINEfoot – único festival de cinema do Brasil e da América Latina exclusivamente dedicado à exibição de filmes sobre futebol. Além da exibição de produções do Brasil, França, Uruguai, Alemanha e Espanha, a edição curitibana do festival prestará, antes das sessões, homenagens aos ex-jogadores Dirceu Krügger (9) e Sicupira (10), ao técnico Caio Junior (11) e ao cronista esportivo Edgar Felipe (12). 



Entre os destaques da programação está o curta paranaense “VILA DAS TORRES 2014”. O documentário revela um bate-bola em torno da Copa do Mundo de Futebol de 2014 visto a partir do ponto de vista de moradores da Vila das Torres em Curitiba. Outro filme aguardado é “GAÚCHOS CANARINHOS”, do cineasta Renê Goya Filho. O documentário conta a história do surgimento da camisa canarinho através do seu criador, Aldyr Garcia Schlee. Esta camisa, que se tornou um símbolo nacional, teve a sua estreia em 1954 e completa 60 anos em 2014.





Já a produção “MAURO SHAMPOO – JOGADOR, CABELEIREIRO E HOMEM”, aborda a trajetória rica em humor e superação de Mauro Shampoo, craque daquele que é considerado o pior time do Mundo, o Íbis Sport Club, de Pernambuco.

O curta-metragem espanhol “PORQUE HÁ COISAS QUE NUNCA SÃO ESQUECIDAS”, de Lucas Figueroa, é considerado o filme mais premiado da história do cinema, tendo recebido mais de 320 láureas em festivais pelo mundo.



Rebeldia

No campo dos longa-metragens, destaque para a estreia em Curitiba do documentário francês “LOOKING FOR RIO”. No filme dirigido por Emmanuel Besnard e Gilles Perez, o ex-craque Eric Cantona volta no tempo e na lenda do futebol carioca. Ele sonda o espírito de uma cidade onde o futebol é mais do que um componente: é um modo de vida. “LOOKING FOR RIO” faz a sua estreia no Brasil através do Cinefoot.



O ex-jogador francês também está presente no filme “REBELDES DO FUTEBOL”, de Gilles Perez e Gilles Rof. Sempre muito bem recebido pelo público, o documentário apresenta cinco histórias de gênios do futebol que foram além das suas funções de atletas e lutaram por causas sociais em seus países. 



Programação:



09/07/2014 – QUARTA – 20h – CINEMATECA DE CURITIBA

GAÚCHOS CANARINHOS (Brasil) – Dir. Renê Goya Filho 15 min

O documentário conta a história do criador e de sua maior criação: a camisa amarela da Seleção Brasileira de futebol, criada pelo gaúcho Aldyr Schlee.

1958 O ANO EM QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL (Brasil) Dir. José Carlos Asbeg 85 min

Homenagem aos jogadores que conquistaram o primeiro título mundial de futebol para o Brasil.



10/07/2014 – QUINTA – 18h15min – CINEMATECA DE CURITIBA



MAURO SHAMPOO – JOGADOR, CABELEIREIRO E HOMEM (Brasil)

Direção: Leonardo Cunha Lima e Paulo Henrique Fontenelle 20 min Mauro Shampoo, cabeleireiro, ex-jogador de futebol, ficou famoso por jogar no Ibís Esporte Clube

conhecido como o pior time de futebol do mundo.



MUNDIALITO (Uruguai), Dir. Sebastián Bednarik 75 min

Na década de 1980, a ditadura militar uruguaia organizou um plebiscito constitucional para se perpetuar no poder e se tornar legalmente respeitada, mas seu objetivo não foi alcançado. O torneio ‘MUNDIALITO’, organizado para celebrar os 50 anos da primeira Copa do Mundo, fazia parte desta estratégia.



10/07/2014 – QUINTA – 20h – CINEMATECA DE CURITIBA



PORQUE HÁ COISAS QUE NUNCA SÃO ESQUECIDAS (Espanha), Dir. Lucas Figueroa 13 min

Nápoles, 1950. Quatro amigos jogam futebol na rua. De repente, a bola cai na casa da “velha mala”. Provavelmente nunca mais poderão jogar com aquela bola, mas a vingança será terrível.



LOOKING FOR RIO (França), Dir. Emmanuel Besnard e Gilles Perez 66 min

Eric Cantona volta no tempo e na lenda do futebol carioca. Ele sonda o espírito de uma cidade onde o futebol é mais do que um componente: é um modo de vida. Rio uma cidade em ebulição no país do futebol, o Brasil, não poderia ser satisfazer unicamente a uma rivalidade.



11/07/2014 – SEXTA – 18h15min – CINEMATECA DE CURITIBA



PARA EXPORTAÇÃO (Uruguai), Dir.Alberto Moratório 9 min

Esta é a incrível história de uma vaca uruguaia que ajudou a sua seleção de futebol para ganhar o Campeonato do Mundo de 1950.



JOÃO (Brasil), Dir. André Iki Siqueira e Beto Macedo 90 min

Jogador, técnico, jornalista e polemista, João Saldanha (1917-1990) sempre foi bom de briga.



11/07/2014 – SEXTA – 20h – CINEMATECA DE CURITIBA



PARTIDA INTERNACIONAL (Alemanha), Dir. Nadine Schrader, Sven Schrader 2 min

Um homem dirige o carro voltando para casa e, nas caixas de som, escuta-se a narração de um jogo da

Alemanha contra a Argentina, mas agora haverá a cobrança de pênaltis.



EL OTRO SUPERCLASICO (Brasil), Dir. Santiago Dulce 7 min

Existem clubes fundados em homenagens a outros maiores. Clubes grandes, como Boca e River, não são exceção. O incrível é que exista uma versão de cada um no mesmo lugar. A mais de 4.000 km de Buenos Aires, se joga “El Otro Superclássico”. Veja até onde foi parar uma rivalidade.



DOSSIÊ 50: COMÍCIO A FAVOR DOS NÁUFRAGOS (Brasil), Dir. Geneton Moraes Neto 80 min

Maracanã, Rio de Janeiro: 16 horas e 39 minutos do dia 16 de julho de 1950. Diante da maior plateia até hoje reunida num estádio de futebol, o ponta-direita do uruguai, Alcides Edgardo Ghiggia, avança para a área do Brasil, na final da copa do mundo, e…



12/07/2014 – SÁBADO – 15h – CINEMATECA DE CURITIBA



ZIMBU (Brasil), Dir. Marcos Strassburger Souza 3 min

Uma bola de futebol aparece em uma tribo africana, isolada do mundo. Ela chega até os pés de um guerreiro africano, que descobre a magia do futebol.



ERNESTO NO PAÍS DO FUTEBOL (Brasil), Dir. André Queiroz, Thaís Bologna 14 min

Em ano da Copa do mundo, o que poderia ser pior para um garoto argentino morar no Brasil?



VILA DAS TORRES 2014 (Brasil), Dir. Willian Coutinho Duarte, Marta Pego dos Santos, Lúcia Pego, Bruno Mancuso 14 min



Um bate-bola bem humorado em torno do megaevento midiático, a “Copa do Mundo de Futebol de 2014” visto a partir do ponto de vista de moradores da Vila das Torres, uma comunidade carente situada na região central de Curitiba.



O PRIMEIRO JOÃO (Brasil), Dir. André Castelão 7 min

Garrincha revela a origem do apelido “João” que ele dava a todos os seus marcadores em campo. Verdade? Ninguém sabe.



VAI PRO GOL (Brasil), Dir. Felipe D’Andrea 22 min

O filme mostra a vida particular e profissional dos jogadores federados do primeiro esporte genuinamente

brasileiro: o futebol de botão. Professores de filosofia, metaleiros e aposentados, todos dividem a mesma paixão e competem pelo mesmo troféu.

12/07/2014 – SÁBADO – 20h – CINEMATECA DE CURITIBA



O PAI DO GOL (Brasil), Dir. Luiz Ferraz 17 min

Emoção pura. É o que os locutores de futebol do rádio nos passam. E nada melhor do que acompanharmos dentro da cabine do pai do gol, José Silvério, a transmissão de um clássico do futebol nacional.



REBELDES DO FUTEBOL (França), Dir. Gilles Perez e Gilles Rof 92 min

Quando o futebol se transforma socialmente consciente! Numa altura em que o negócio do futebol parece estar corrompendo a nossa relação com o desporto, o indomável Eric Cantona desperta consciências através dos caminhos de jogadores que se opuseram ao poder e tornaram-se figuras de resistência.

Você pode gostar também