Cinemaskope

Bienal de Curitiba realiza Circuito de Ateliês

9 de outubro de 2018

A Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba 2018 | 25 anos conta, entre suas diversas atividades, com um circuito de visitação guiada por ateliês de artistas residentes em Curitiba. A atividade será feita no dia 20 de outubro (sábado), com ponto de encontro às 9h na SOMA Galeria e finalizando às 18h no mesmo local. O roteiro inclui oito ateliês de artistas da cidade, com curadoria de Claudia Lara e mediação de Eduardo Amato.

O objetivo da atividade é a aproximação entre público e artistas, criando um canal de diálogo sobre a atividade artística. Uma oportunidade para conhecer o ambiente de criação e experimentar a vivência desses profissionais. Com duração de aproximadamente 40 minutos para cada visita e com um intervalo livre para almoço, o circuito propõe uma imersão coletiva e de reflexão sobre a arte.

Os ateliês

O ateliê pode ser entendido como um universo criativo do artista e um espaço propício para conhecê-lo e compreender suas obras. Os espaços visitados serão dos e das artistas Leila Alberti e Giovana Casagrande, Juliane Fuganti, Antonio Wolff e André Mendes, Mazé Mendes, ateliê H-AL, Marcelo Conrado, Emerson Persona e Francis Rodrigues e por fim, Teca Sandrini e Jussara Age, grandes nomes do contexto artístico da cidade.

Curadoria e Mediação

A curadoria do circuito é de autoria da artista Claudia Lara e a mediação fica por conta do artista Eduardo Amato. Claudia Lara conta com diversas exposições individuais e coletivas, tanto nacional quanto internacionalmente. Sua mais recente série, chamada “Ninhos” (2015-2018) possui como temática o aconchego, o feminino e um convite à reflexão das memórias e a busca por pertencimento.

Eduardo Amato é um dos dirigentes da galeria SOMA. Seu trabalho é criado por proposições que envolvem instalações, pintura, escultura e performance. Através de abordagens imersivas dentro de contextos culturais e antropológicos, o artista é motivado por questões como legado e tradição, e como a arte pode ser um conservatório e transmissor desses agentes.

O circuito de ateliês acontece no dia 20 de outubro (sábado) a partir das 8h, é gratuito e destinado para o público em geral. O ponto de encontro e de partida do itinerário é a SOMA Galeria, localizada na Rua Brigadeiro Franco, número 2137, no centro de Curitiba. A participação feita mediante inscrição que vão do dia 8 a 11 de outubro, através do e-mail somagaleria@gmail.com. As vagas são limitadas. Para mais informações, entre em contato com a galeria por e-mail ou telefone (41) 99600-3733.

Para saber mais sobre as atividades propostas nesta edição comemorativa da Bienal de Curitiba, basta acompanhar a página oficial do evento no Facebook(/bienaldecuritiba) e Instagram(@bienaldecuritiba).

Serviço

O circuito de ateliê é atividade integrante da edição comemorativa de 25 anos da Bienal Internacional de Curitiba: 20 de outubro de 2018, das 9h às 18h.  Evento gratuito.

Realização: Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Museu Oscar Niemeyer, Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Paraná, Ministério da Cultura do Governo Federal.

Obra em tinta acrílica sobre prédio de André Mendes,  no Circuito de Ateliês da Bienal de Curitiba 2018

Você pode gostar também