Cinemaskope

ABRH-PR realiza bate-papo sobre o eSocial

15 de outubro de 2014

Novo sistema unifica envio de informações fiscais,

tributárias, previdenciárias e trabalhistas pelas empresas

 

Até 2015, todas as empresas brasileiras deverão estar adequadas às exigências do eSocial, novo sistema eletrônico que unifica o envio de informações das obrigações fiscais, tributárias, previdenciárias e trabalhistas. 

 

Para ampliar o conhecimento sobre os desafios, impactos, resultados e desdobramentos do procedimento, a ABRH-PR – Associação Brasileira de Recursos Humanos do Paraná promoverá, no próximo dia 29 de outubro, o bate-papo especial sobre gestão de mudança para o eSocial, das 19 às 21h30, em Curitiba.

 

Debate

 

O evento, que acontece no Conselho Regional de Contabilidade – CRC, será realizado no formato talk show e contará com a participação de diferentes especialistas sobre o tema nas áreas de comunicação, jurídica, recursos humanos, contábil e medicina do trabalho.

 

Atuarão como debatedores Adriane Pasa, coordenadora de marketing do Sistema Fiep; Marcelo Wanderley Guimarães, advogado e professor universitário; Carlos Ogliari, diretor de recursos humanos do Grupo Volvo na América Latina; Elizangela de Paula Khun, contadora e advogada, vice-presidente da Câmara de Desenvolvimento Profissional do CRC-PR; e Eline Terezinha Troian, médica do trabalho e coordenadora médica do Grupo HSBC. Os debates serão moderados por Dorgival Lima Pereira, assessor da presidência da FIEP e coordenador do movimento “A Sombra do Imposto”, criado em 2010, com o objetivo principal conscientizar a população sobre o impacto da carga tributária para o desenvolvimento do país.

 

Avaliação

 

“O eSocial é um importante avanço, pois a medida facilitará os processos operacionais porque eliminará o reenvio de uma mesma informação a mais de um órgão e fará com que os envios ocorram de forma automática, sem que seja necessário levantar e apurar documentos físicos mensal ou anualmente”, avalia Dorgival Lima Pereira. Para ele, o sistema também desburocratizará os atuais processos, permitindo às empresas uma maior agilidade nas informações, o que evitará custos de tributação. Ainda dará transparência total para todos os envolvidos.

 

Pereira destaca que a participação das empresas na avaliação e validação do processo, por meio das entidades representativas, possibilitou a flexibilização e adequação à realidade das micro, pequenas e médias empresas do país, uma vez que as necessárias adequações trarão um investimento altamente significativo, como implantação de novos sistemas de informação etc.

 

Benefícios

 

Dentre os benefícios para o segmento corporativo, Pereira cita que o eSocial simplificará as rotinas e os processos de recursos humanos, contabilidade, saúde e segurança no trabalho das empresas, evitando o envio de dados sobrepostos, ou seja, informando o que já havia sido informado em outra declaração já transmitida, uma vez que órgãos como a Receita Federal, Ministério do Trabalho, Caixa Econômica Federal e INSS, estarão interligados no eSocial e, portanto, dispensando o envio individual das várias declarações costumeiras.

 

Pelo menos dez obrigações acessórias serão substituídas pelo eSocial, desburocratizando e até reduzindo os custos de tributação para as empresas e o desestímulo à informalidade. O sistema ainda preservará e garantirá os direitos e deveres trabalhistas e previdenciários e aprimorará a qualidade das informações da seguridade social e das relações de trabalho.

 

O advogado Marcelo Wanderley Guimarães observa que as empresas precisam estar atentas e preparadas para as mudanças que ocorrerão a partir da entrada do eSocial.  “Isso acarretará maior rigor no cumprimento da legislação trabalhista, porque deve facilitar o exercício da fiscalização. Assim, é possível que exista maior incidência de multas aplicadas pelo Ministério do Trabalho”, coloca. De acordo com ele, maior fiscalização da legislação trabalhista, em tese, significa melhores condições de trabalho para os trabalhadores.

 

Serviço

Bate-papo especial da ABRH-PR

Gestão da Mudança para o eSocial

Dia: 29 de outubro (quarta-feira), das 19 às 21h30

Local: Conselho Regional de Contabilidade – CRC (Rua XV de Novembro, 2987 – Alto da Rua XV)

Informações e inscrições: abrh-pr@abrh-pr.org.br, (41) 3262-4317, www.abrh-pr.org.br

 

 

Você pode gostar também