Cinemaskope

21 de março de 2017

Leon Knopfholz e a cachorrinha Nina foto de Cintia Galdamez

Estima-se que há 30 milhões de animais abandonados no Brasil, a maioria cães; e o som de fogos de artifício provoca danos físicos e psicológicos nos animais

 

O empresário e músico curitibano Leon Knopfholz líder da banda Leon & The Knopz encampou a luta em defesa de animais. O site www.apracadojapao.com.br lançado esta semana e que teve a consultoria técnica do empreendedor cultural Marcos Cordiolli, propõe duas ações em favor dos cães – adoção e apoio ao Projeto de Lei Fogos sem Estampidos, defendido também pela vereadora Fabiane Rosa (PSDC – Curitiba) e outros vereadores da capital paranaense. No site é possível assinar a petição em prol do projeto.

Em defesa dos cães, Knopfholz aponta que os novos hábitos da sociedade contemporânea elevaram o status do animal de estimação a membro efetivo das famílias. “Atualmente, estima-se que 30 milhões de mascotes, em sua grande maioria cães, sejam abandonados anualmente por seus donos no Brasil e, além dos maus tratos generalizados, os sons graves emitidos por fogos de artifício geram danos físicos e psicológicos nos animais”. A proposta não é proibir os fogos, mas retirar apenas os sons danosos”, afirma.

O músico compôs uma canção em defesa dos cães e da Praça do Japão, como um local de passeio para cães, tendo como personagem principal a cadela Nina. O vídeo com o clipe da canção está no site. O vídeo tem a produção musical de Rodrigo Grigoletti; direção de fotografia de Ramsés Rezende; maquiagem de Amanda Beatriz; e participações especiais do lutador e professor de artes marciais, Edicarlos Gonçalves (Ed Monstro); da Musa Verão do Brasil 2017, Flávia Anjos; do teólogo e escritor Ale Lacerda; do lutador profissional de artes marciais Thaylon Soeiro; da nutricionista Marcinha Kuritza; do treinador e empresário Rafael Vilha Brazoloto; e da Beagle Nina Churchill McCartney.

Você pode gostar também